Cia de Dança do IFSC estreia no Festival de Dança de Joinville


Com uma coreografia aprovada para a Mostra Competitiva e duas para apresentação em Palcos Abertos, a Cia de Dança do IFSC – Câmpus Joinville estreia no Festival de Dança de Joinville, o maior do mundo, um mês antes de seu primeiro aniversário. O grupo do IFSC vai competir na modalidade danças urbanas com um solo masculino sênior, com a coreografia "Meu mundo nerd", e apresentar os duos "Wild City" e "Desmadre" em locais públicos, como praças, bairros, shoppings, fábricas e hospitais.

Em sua 35ª edição, o Festival de Dança de Joinville acontece de 18 a 29 de julho. Neste ano, a organização recebeu 3.226 inscrições, das quais 256 coreografias foram aprovadas para a Mostra Competitiva e 1.498 para os palcos abertos, abrangendo os gêneros Balé Clássico de Repertório, Balé Neoclássico, Dança Contemporânea, Danças Populares, Danças Urbanas, Jazz e Sapateado.

Fundada em agosto do ano passado como projeto de extensão pela servidora Daniela Cristina Viana, a Cia de Dança do IFSC - Câmpus Joinville conta hoje com cerca de 25 participantes, dentre eles alunos do IFSC e da comunidade. Além de Daniela, o projeto conta com mais três professores, que se revezam em estilos diferentes: o aluno do curso superior de Engenharia Elétrica, Honasses Guardiola David, e Alexandra Luchetta e Patrick Jimenez, da comunidade externa.

E vai caber a Patrick a responsabilidade de representar o IFSC na mostra competitiva. "A expectativa é grande, mas estou tranquilo. Ansioso, é claro, mas tranquilo. Não tento pensar em ganhar, mas vou subir e dar o meu melhor", afirma. A apresentação de Patrick será no dia 25 de julho, a partir das 19h, no Centreventos Cau Hansen.

Estudante do 3º ano da Escola de Educação Básica Dom Pio de Freitas, Patrick tem 17 anos e dança desde os sete, sempre danças urbanas. "É um estilo alegre, que tem um ritmo forte e que chama a atenção." Sua parceria com a coordenadora do projeto começou em 2014, quando Daniela Viana trabalhava em outro grupo. Foi com este outro grupo que Patrick se apresentou pela primeira vez no Festival de Dança, em 2015, nos palcos abertos.

"Subir no palco principal é diferente. É enorme. Vou ficar uma formiga", brinca Patrick, que também assina a coreografia "Meu mundo nerd", que conta a história de um menino tímido, que não consegue se expressar e esconde um segredo: sua paixão pela dança. "Ele esconde um talento enorme. E é isso que eu mostro, sua loucura pela dança. Ele é um pouco eu", explica.

Palcos abertos

As outras duas coreografias da Cia de Dança do IFSC – Câmpus Joinville aprovadas pelo Festival de Dança serão apresentadas em palcos abertos, sem caráter competitivo. O duo "Wild City" é coreografado e estrelado pela aluna da comunidade, Giovanna Araújo Gonçalves, e por Larissa Jaques Correia, do curso técnico integrado em Mecânica. "Wild City" fala sobre a música nas cidades e nosso lado animal.


Já o duo "Desmadre" fala sobre duas mexicanas e uma relação entre a amizade e um bandolim. A coreografia é da própria servidora e coordenadora do projeto da Cia de Dança, Daniela Viana, e da professora convidada do projeto, Alexandra Luchetta.


Para mais informações sobre programação e ingressos, consulte o portal do Festival de Dança de Joinville.


Por Liane Dani | Jornalista IFSC


Fotos: Liane Dani e arquivo pessoal dos bailarinos

AddThis Social Bookmark Button
   
Estude no IFSC - Vagas abertas - Clique aqui
 
 Cadastro de interesse

Observatório de egressos

Carta de serviços ao cidadãoAcesso à informação
Ouvidoria
Desenvolvido em Joomla!