Primeira edição dos Jogos Sedentários reune alunos e servidores


Pierre Boschetto começou a praticar tênis de mesa por influência do pai. Quando criança, disputava competições estudantis e se saía bem. No IFSC Câmpus Tubarão, onde estuda o curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, o jovem de 19 anos pôde voltar a participar de competições.

No começo do mês, participou pela primeira vez dos Jogos do Instituto Federal de Santa Catarina (JIFSC). “O nível de competição foi bem alto. Mas, em comparação com o nível dos atletas, consegui competir de igual para igual”, comemora Pierre, que foi eliminado nas oitavas de final, diante do atleta que seria campeão do JIFSC.

Pierre foi um dos alunos que esteve no Câmpus Tubarão no último sábado, dia 10, para participar dos “Jogos Sedentários” (veja as fotos). Jogando tênis de mesa, é claro. Para o jovem, o evento, realizado pela primeira vez, é uma chance de continuar praticando para chegar em alto nível no próximo JIFSC, além de estimular outros colegas a também treinarem tênis de mesa. “É uma oportunidade para socializar com os colegas e também para surgirem novos atletas no IFSC", diz.

Por iniciativa da Comissão de Ingresso, o Câmpus Tubarão promoveu um sábado de integração entre alunos e servidores em torno de jogos “sedentários” como videogame, programação de computadores, xadrez, canastra e tênis de mesa. “Os Jogos Sedentários vão ao encontro da formação e do eixo tecnológico do Câmpus Tubarão, que é a Tecnologia da Informação. Queremos que nosso Câmpus também seja um espaço de lazer para os alunos e que eles possam fazer a ligação destes jogos com a formação acadêmica”, explica a coordenadora de Relações Externas, Gabriele Mendes da Silva. Cerca de 30 alunos e servidores se inscreveram para participar de pelo menos uma modalidade em disputa.

Centelha

Os estudantes atuaram diretamente na concepção e organização do evento. E o que era para ser apenas um dia de integração se tornou uma centelha de um evento maior que os alunos querem organizar, depois do sucesso da primeira edição.

“Conversamos com os colegas para ouvir as sugestões e definimos as modalidades de jogos que foram mais requeridas. Esse é um teste inicial. Queremos expandir o evento, inclusive trazendo pessoas de fora do Câmpus”, explica Samuel Barbosa, 19 anos, aluno do técnico em Desenvolvimento de Sistemas e do curso superior.

Entre as modalidades em disputa, duas das mais concorridas foram os jogos de videogame Fifa e League of Legends (LOL). Os chamados “e-sports” vem crescendo no Brasil, com grandes eventos e profissionalização de equipes de jogadores.

Gustavo De Piere, de 19 anos, não joga LOL profissionalmente por falta de tempo, mas pratica pelo menos a cada final de semana. “É um jogo que requer inteligência e, principalmente, conhecimento sobre o jogo, por isso é importante ter tempo para treinar”, diz o aluno do IFSC. Ele espera que os Jogos Sedentários possam evoluir para um campeonato de e-sports aberto ao público externo. “Achei o evento da hora. Até hoje só tinha jogando campeonatos on line. Seria legal fazer um campeonato aberto para pessoas de fora, até porque tenho muitos amigos que não são do IFSC e jogam”, afirma Gustavo.

A aluna Geórgia Peçanhuk, 17 anos, que também atuou na organização, diz que o resultado da primeira edição dos Jogos estimula os organizadores a trabalharem para um evento maior no próximo ano. “Este foi o primeiro para ver como funcionaria. Estamos muito satisfeitos com o resultado. Todo mundo quis ajudar de alguma forma, instalando jogos, organizando os espaços e contribuindo para o café solidário. Todo mundo fez alguma coisa”, festeja.

Por Daniel Cassol | Jornalista IFSC

AddThis Social Bookmark Button
   
Estude no IFSC - Vagas abertas - Clique aqui
 
 Cadastro de interesse

Observatório de egressos

Carta de serviços ao cidadãoAcesso à informação
Ouvidoria
Desenvolvido em Joomla!