Pular para o conteúdo

Notícias

Semana do Contestado reúne atividades que valorizam a cultura e a história da região

EVENTOS Data de Publicação: 28 set 2018 09:28 Data de Atualização: 28 set 2018 09:32
Semana do Contestado reúne atividades que valorizam a cultura e a história da região

Resgatar a memória da região, valorizar a história local e democratizar o acesso da população à cultura, ciência e tecnologia, levando entretenimento, informação e conhecimento para a comunidade. Essa é a proposta do projeto “Semana do Contestado: Um Olhar Científico na História de um Povo”, que reunirá diversas atividades em Caçador e nos municípios vizinhos entre os dias 15 e 27 de outubro. Toda a programação será gratuita e aberta ao público.

Segundo o coordenador de Relações Externas do IFSC em Caçador, William Peres, a Semana do Contestado é uma oportunidade para democratizar o acesso à arte, à ciência, à tecnologia e, também, para empoderar as pessoas da região. “Boa parte da população não tem acesso à cultura, noções de ciência e tecnologia, nunca sequer assistiu a uma peça teatral ou visitou algum museu. Por isso organizamos um evento para promover tecnologias regionais, a ciência popular e fomentar possibilidades de melhoria do dia-a-dia dos cidadãos, especialmente os mais carentes”, afirma.

A programação da Semana começa no dia 15, com uma exposição que retratará a memória de Caçador e da região. Do dia 19 até o dia 27 de outubro serão realizadas mostras de vídeo, apresentações culturais, oficinas, homenagens, palestras e mesas-redondas, sempre com acesso gratuito para a população. “Queremos construir a primeira semana acadêmica do Contestado, mas integrada a um viés popular que permita aos participantes tanto o diálogo científico até a descoberta de uma nova fonte de renda, por meio por exemplo de oficinas sobre fabricação de sabão, hortas verticais e produtos artesanais”, destaca Peres.

A festa de abertura oficial da Semana do Contestado está marcada para o dia 21 de outubro, num domingo. Naquele dia ocorrerão cortejos a partir das 10h, um cortejo caboclo a partir das 15h com saída na praça da Carroça, inauguração do Cenário e Hasteamento da Bandeira do Contestado no Mirante da Estação e, a partir das 16h, no Parque Central de Caçador, apresentações de bandas e grupos de dança. Clique aqui e confira a programação completa.

O projeto “Semana do Contestado: Um Olhar Científico na História de um Povo” é organizado em conjunto pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), pela prefeitura de Caçador e pelo Museu Histórico e Antropológico da Região do Contestado, com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A região do Contestado

Ocorrida entre 1912 e 1916, a Guerra do Contestado marcou a história do meio-oeste catarinense. O desenrolar dos quatro anos de batalhas campais e também as disputas nos tribunais acabaram formatando as estruturas sociais, políticas e financeiras da região.

O município de Caçador, bem como os municípios Irani, Lebon Régis, Calmon, Matos Costa, Curitibanos, Campos Novos, Rio das Antas, Santa Cecília e Timbó Grande, são localizados no meio-oeste catarinense e fazem parte da região do Contestado, região que historicamente foi palco de um conflito que quase dizimou a população local e concentrou a riqueza na mão de poucos. Como consequência, algumas dessas cidades estão entre as mais pobres do estado.

Mesmo 100 anos depois dos conflitos, os traços dos combates ficaram nas práticas de sociabilidade atuais das populações das cidades que hoje compõem a região do Contestado, já que é notório que grande parte da população de Caçador é de famílias carentes que tem como principal fonte de renda o trabalho assalariado nas indústrias da cidade. 

Assim, realizar a “Semana do Contestado: um olhar científico para a história de um povo” é uma forma de democratizar o acesso à arte, a cultura, a ciência, a tecnologia e empoderar as pessoas da região, promovendo a inclusão social e econômica da comunidade.

EVENTOS