Engenharia de Telecomunicações

A competência central do engenheiro de telecomunicações é projetar e implementar sistemas de telecomunicações, envolvendo software, hardware e processamento de sinais. Esse profissional é capaz de projetar de forma integrada hardware e software de sistemas de telecomunicações, utilizando de metodologias apropriadas; utilizar técnicas formais para o projeto, validação e implementação de novos protocolos de comunicação; projetar e realizar experimentos para avaliação de desempenho de redes de comunicação; e projetar e implementar algoritmos específicos para o processamento de sinais no contexto de sistemas de telecomunicações.

Mercado de trabalho

  • Empresas de telecomunicações
  • Setor público
  • Empresas de consultoria
  • Universidades, institutos federais e centros de pesquisa

Pré-Requisitos

Para ingressar no curso de bacharelado em Engenharia de Telecomunicações, o aluno deve ter concluído o Ensino Médio.


Como entrar nesse curso?

Câmpus São José

Informações

  • Número de Vagas

    32

  • Carga Horária

    3996 horas/aula

  • Turno

    1º semestre (matutino), 2º semestre (vespertino)

  • Duração

    10 semestres

Infraestrutura

As aulas do curso são realizadas nas salas de aulas, laboratórios, auditório e miniauditório do Câmpus São José. O curso dispõe de uma estrutura física constituída de laboratórios específicos para área de Telecomunicações:

  • Laboratórios de Meios de Transmissão;
  • Laboratório de Voz e Imagem;
  • Laboratório de Instrumentação Eletrônica;
  • Laboratório de Eletrônica;
  • Laboratório de Apoio ao Ensino;
  • Laboratórios de Redes I;
  • Laboratórios de Redes II;
  • Laboratório de Programação.

Para o desenvolvimento de atividades de pesquisa e extensão, e também para a realização de trabalhos de TCC, há dois Laboratórios de Iniciação Científica (Labic 1 e Labic 2). No Laboratório de Telecomunicações, os alunos podem desenvolver pesquisas e experimentos requisitando os equipamentos e componentes necessários no Almoxarifado de Telecomunicações. Para consulta bibliográfica, o aluno do IFSC tem acesso ao Portal de Periódicos da Capes e também à biblioteca do Câmpus.

Projetos de Pesquisa e Extensão

As principais linhas de pesquisa do curso são:

  • Redes definidas por software;
  • Redes multimídia;
  • Redes de sensores sem fio e RFID;
  • Rádio definido por software;
  • Reconhecimento de padrões e projeto de filtros digitais;
  • Sistemas embarcados e hardware programável voltados às telecomunicações.

São exemplos de projetos de pesquisa e extensão, já desenvolvidos ou em desenvolvimento:

  • Rede de telefonia colaborativa com VoIP;
  • OpenStack com OpenvSwitch e SDN;
  • Implementação e avaliação de cenário de convergência telefonia-rede integrando serviços de VoIP e video-chamada com o uso de WebRTC;
  • Smart Node – Plataforma de Rádio Definido por Software para segurança de frotas;
  • Dispositivo discriminador de moedas e objetos usando reconhecimento de padrões;
  • Controle de acesso seguro com RFID e rede sem fios;
  • Aumento da capacidade de uma rede mesh IEEE 802.11 com uso de múltiplos canais;
  • Desenvolvimento de um gateway WIFI –Bluetooth 4.0 usando a placa nrf51.

Certificação

Diploma de bacharel em Engenharia de Telecomunicações.

Contato

Coordenador: Volnei Velleda Rodrigues

E-mail: engtelecom@ifsc.edu.br

Telefone: 4833812850

Endereço:

IFSC Câmpus São José
Rua José Lino Kretzer, 608, Praia Comprida, São José - SC, CEP 88103-310
Fone: (48) 3381-2800

Site: www.sj.ifsc.edu.br
E-mail: engtelecom@ifsc.edu.br

 

Página atualizada em: 31 Jan 2018

Todos os câmpus que ofertam o curso

Voltar ao Topo