Estudantes do IFSC se preparam para intercâmbio pelo Propicie

 

Em março do próximo ano, 20 alunos do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) desembarcam na Finlândia, na Espanha e em Portugal para atuarem em projetos de pesquisa. Eles foram selecionados de acordo com o desempenho acadêmico em edital do Programa de Cooperação Internacional para Intercâmbio de Estudantes do IFSC (Propicie). Há cerca de cinco anos, o programa beneficia alunos do ensino técnico e superior com bolsas de estudo no exterior.

 

No intercâmbio, o estudante passa três ou quatro meses participando de pesquisa em área do conhecimento ligada ao seu curso. O instituto subsidia parte das despesas do aluno, que apresenta um relatório técnico da pesquisa ao final do período no outro país. Nesta edição do programa, foram selecionados alunos dos câmpus Chapecó, Florianópolis, Florianópolis-Continente, Gaspar, Itajaí, Lages, São José e São Miguel do Oeste.

 

Em 22 de dezembro, uma webconferência reuniu os futuros intercambistas. A assessora de Assuntos Estratégicos e Internacionais, Raquel Matys Cardenuto, coordenou a reunião geral a partir da Reitoria. Os estudantes receberam dicas para a viagem, como a emissão de passaporte e visto para o país de destino e a compra de passagem. Ao final do encontro, os alunos montaram rede de contatos para compartilhar informações.

 

Isadora Paravisi, 17 anos, tem vaga garantida em projeto de pesquisa no Instituto Politécnico de Beja, em Portugal. "Eu nunca pesquisei, mas gosto da área de química analítica", conta a jovem, estudante do curso técnico integrado em Química do Câmpus Florianópolis. Ela está entre os 12 estudantes de ensino técnico aprovados nesse edital.

 

A assessora Raquel Matys está convicta da importância de programas como o Propicie, que também abrangem o ensino técnico. "Quando o estudante do nível técnico tem uma oportunidade de intercâmbio e pesquisa, ele entende que a sua formação é tão importante quanto de nível superior", acredita.

 

A novidade do 11º edital do Propicie foi a parceria com o Departamento de Assuntos Estudantis (DAE). Assim, houve reserva de vagas de acordo com o Índice de Vulnerabilidade Social (IVS); para Pretos, pardos e indígenas (PPI); e para pessoa com deficiência (PcD).

 

Por Coordenadoria de Jornalismo do IFSC

 

AddThis Social Bookmark Button
   
Estude no IFSC - Vagas abertas - Clique aqui
 
 Cadastro de interesse

Observatório de egressos

Carta de serviços ao cidadãoAcesso à informação
Ouvidoria
Desenvolvido em Joomla!