Codir e Conif

Data de Publicação: 23 fev 2018 12:07 Data de Atualização: 30 mai 2018 14:28

Olá!

Nesta semana, tivemos a primeira reunião do ano do Colégio de Dirigentes do IFSC, o Codir, que reúne os diretores-gerais de todos os câmpus. Fizemos uma breve retrospectiva do nosso ano de 2017 e antecipamos os desafios que teremos neste ano.

Na pauta, tratamos da implantação do nosso Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas, o Sigaa, que virou uma realidade agora em 2018. Temos muito a melhorar ainda, mas o sistema já tem facilitado o dia a dia da instituição nos dando mais segurança e agilidade no tratamento das informações. Como costumo ressaltar, mudar sempre é difícil e crítico, mas o novo sistema vai fazer nossa instituição avançar muito em modernidade e transparência, assim como consolidar nossa identidade.

Os gestores também assistiram a uma apresentação do Anuário Estatístico 2018, que foi publicado pela nossa Diretoria de Estatísticas e Informações Acadêmicas, a Deia. É um material muito rico que traz um panorama da nossa instituição em números e que pode ser acessado por todos. Utilizamos esses dados para refletir sobre nosso desempenho e verificar onde temos que atuar mais fortemente.

Abordamos ainda a questão da distribuição das funções de coordenadores de curso, uma vez que temos necessidade de adequação, e da implantação do Programa Jovem Aprendiz. Também tivemos uma apresentação das normativas da Assistência Estudantil que foram revisadas, das obras em andamento e discutimos sobre o impacto do Decreto nº 9.262/2018 – que trata da extinção de cargos no IFSC. Nossa Diretoria de Gestão de Pessoas apresentou a proposta de o IFSC ter um Serviço de Atenção à Saúde do Servidor (SIASS) próprio, que é uma solução muito boa para melhorar a qualidade de vida e atendimento dos nossos servidores.

Nos informes do Codir, comentei da participação do IFSC na discussão da reforma do Ensino Médio em uma reunião a que fomos convidados pela Secretaria da Educação Básica (SEB/MEC). Estamos acompanhando essa discussão e vendo como podemos contribuir com o que já fazemos e no que podemos melhorar. Temos feito isso de maneira coletiva tanto no Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica - o Conif-, como no IFSC, onde temos, inclusive, um grupo de trabalho constituído para discutir essa questão. Como instituição pública, precisamos observar o que está sendo proposto, para contribuir com a discussão e ver formas de melhorar e avançar, pensando sempre em como oferecer um bom ensino público à população. Somos defensores dos cursos técnicos integrados, não aceitaremos nenhuma proposta de diminuição na formação integral de nossos estudantes!

Como sempre, a reunião foi transmitida ao vivo pela IFSCTV e a gravação pode ser assistida neste link.

Conif

Fui a Brasília na terça e fiquei até ontem para a reunião do Conif. Tivemos a posse da nova diretoria em que o professor e reitor do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), Roberto Gil Rodrigues Almeida, assumiu a presidência. Teremos muitos desafios neste ano e esperamos nos fortalecer ainda mais enquanto entidade em prol da rede federal e da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

Todos os fóruns temáticos do Conif estiveram também em reuniões em Brasília, esta semana. Na terça, participei da reunião do Fórum de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação, em que tratamos do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT) e da proposta de um novo programa em Administração. Tratamos também da necessidade de aumentarmos nossa articulação com as agências de fomento. 

Na reunião do Conif, tivemos a participação da Capes em uma reunião sobre Formação de Formadores em que tratamos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), que continuará atendendo os estudantes da 2ª à 4ª fase. Para os alunos da 5ª fase em diante, será criado o programa de Residência Pedagógica. Estávamos preocupados com a continuidade do Pibid, mas com esse panorama as licenciaturas continuarão tendo apoio necessário para a formação dos professores. Aqui no IFSC, temos cinco cursos de licenciatura e é um foco dos institutos trabalhar com essa formação. Por isso, ter mais apoio nesse sentido é fundamental!

Tivemos uma pauta importante com a Secretaria de Educação Profissional do MEC, a Setec, com as demandas e necessidades da Rede Federal em relação à liberação de código de vagas e de recursos de investimento que não foram contemplados na LOA.

Outros assuntos:

- Reunião de Gestão ampliada: hoje pela manhã tivemos uma reunião com todos os pró-reitores, diretores sistêmicos e chefes de departamentos da Reitoria para conversar sobre os desafios deste ano – que temos colocado como a permanência e o êxito, a implantação dos sistemas e o combate ao preconceito. Tratamos também do papel e da articulação dos gestores e das equipes. Foi a primeira reunião de toda a equipe de gestão e é necessário que todos estejam engajados e comprometidos com as metas do IFSC.

E agora à tarde viajo para o sul do Estado para participar da formatura dos cursos técnicos do Câmpus Tubarão!

Até a próxima semana!