Dupla Titulação | Fim do Processo Seletivo

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 07 dec 2018 16:32 Data de Atualização: 07 dec 2018 16:43
Dupla Titulação | Fim do Processo Seletivo

Foi concluída a seleção para a 3° turma de alunos do Curso de Engenharia Elétrica do Câmpus Florianópolis, que embarcarão em Fevereiro, para o IPP (Instituto Politécnico do Porto), para participar do programa de Dupla Titulação.

Nesse programa, o IFSC fornece um auxílio financeiro, e através de um acordo entre as duas instituições, envia os alunos, que depois dos 12 meses do programa em Portugal, e também de finalizar o curso de Engenharia Elétrica quando voltarem ao Brasil, recebem ao mesmo tempo o diploma de Graduação em Engenharia Elétrica pelo IFSC e (caso tenham sido aprovados) o de Mestrado em Engenharia Eletrotécnica pelo ISEP/IPP.

Nesta segunda, 3/12, recebemos os 4 alunos aqui na Assessoria Internacional, para uma conversa rápida sobre como iniciar os preparativos para a viagem. Esse é mais um programa desenvolvido graças à boa relação que temos com o IPP, numa parceria que já dura 10 anos.

Na foto, da esquerda, para a direita, estão os alunos:

Fernando Augusto Alves dos Santos;
Victor Hugo Bittencourt;
João Vitor Rosa Machado;
Rafael Alves Porte.

Queremos parabenizá-los por essa conquista, e também desejar nossos votos de sucesso! Aproveitem cada segundo desta oportunidade!

 

Um forte abraço da Equipe da ASSINT,

Guilherme, Raquel, Ricardo e Samuel.

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Conif

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 07 dec 2018 15:34 Data de Atualização: 07 dec 2018 15:56

Olá!

Passei a semana em Brasília participando da última reunião do ano do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif. Na pauta, tratamos de Assistência Estudantil, os jogos nacionais, diretrizes para a Educação Profissional e sobre o mestrado da Rede Federal.

Tivemos a apresentação de um relatório muito importante sobre a Assistência Estudantil na nossa Rede Federal. O documento foi elaborado por um grupo de trabalho do Conif, formado por pró-reitores de instituições da Rede, e ficará à disposição para que as instituições façam ajustes e usem os dados para ver a efetividade de suas ações e o que pode ser melhorado. Compartilho aqui o relatório. Temos trabalhado intensamente para melhorar as ações de assistência estudantil para garantir a permanência e o êxito dos nossos alunos.

Foi decidido que os jogos nacionais dos Institutos Federais do ano que vem serão realizados em Guarapari, no Espírito Santo, no início de outubro. Não teremos etapas regionais e a expectativa é reunir cerca de 4 mil alunos da Rede. Os jogos, que já são uma referência para alunos e servidores, fazem parte da formação integral que os institutos desenvolvem, incluindo esportes como forma de integração e inclusão.

Tivemos a presença da conselheira de Educação Básica Aurina Oliveira Santana, ex-reitora do IFBA, uma das integrantes do Conselho Nacional de Educação, o CNE. Conversamos sobre as diretrizes curriculares para a Educação Profissional e Tecnológica e também sobre as diretrizes aprovadas para o novo Ensino Médio. Ela respondeu a alguns questionamentos dos reitores, enfatizando que o Conselho está disponível para o diálogo permanente. Vamos programar para ano que vem uma agenda com mais alguns conselheiros para que possamos avançar no fortalecimento e atuação dos institutos.

Iniciamos ainda a discussão da matriz orçamentária 2020, buscando já analisar alguns parâmetros, como, por exemplo, a inclusão de alunos dos cursos de qualificação na assistência estudantil. Uma demanda necessária, principalmente para o IFSC, que é um dos institutos que mais possui alunos FIC. Percebemos ao longo dos últimos anos a necessidade do auxílio para que os alunos consigam concluir a sua formação.

Reorganização dos Institutos

Durante a reunião, tivemos a manifestação dos reitores dos Institutos Federais Baiano e de São Paulo, sobre as notícias de reorganização dos institutos desses estados. Já tivemos reuniões na Setec, em abril desse ano, e nos posicionamos que qualquer discussão sobre reordenamento deve envolver nossas comunidades que serão afetadas com essas alterações. O Conif enviou um ofício – que pode ser conferido aqui – para o ministro da Educação Rossieli Soares da Silva e para o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Romero Portella Raposo Filho, solicitando que participemos das discussões e que sejam feitos estudos técnicos e análises dos impactos dessa reorganização na nossa rede. Além disso, precisamos garantir a consolidação dos câmpus já criados, que ainda precisam de infraestrutura básica para seu pleno funcionamento.

Conforme já relatado aqui no blog, sobre essa questão, quando eu e a reitora do IFC fomos chamadas na Setec para tratar dessa reorganização aqui em Santa Catarina, seguimos na defesa de que toda discussão seja feita de modo coletivo.

Nova diretoria

Na quarta-feira, foi eleita a nova diretoria executiva do Conif para 2019. Apenas uma chapa se candidatou para o pleito e o presidente eleito é o reitor Instituto Federal de Goiás (IFG), Jerônimo Rodrigues da Silva, que foi vice-presidente do Conif em 2016.

Entre os planos da nova gestão, estão ampliar o diálogo com outras entidades colegiadas, avaliar a participação do colegiado nos eventos internacionais e definir um calendário de eventos estratégicos para a Rede Federal.

ProfEPT

Durante a reunião do Conif, o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica, o ProfEPT, Rony Freitas, anunciou que o lançamento do próximo edital para o curso de mestrado está previsto para o dia 21 de dezembro, com 950 vagas.

O programa foi lançado em 2017 e iniciou as atividades com 420 mestrandos. Neste ano, registrou 1.235 alunos, com previsão de um total de 1.760 para 2019. Temos servidores participando e está sendo um processo muito rico para a Rede Federal, já que passamos a ter mais pesquisas com foco na educação profissional e tecnológica.

Inclusive, recentemente publicamos no nosso Portal uma reportagem do projeto de uma mestranda do IFSC que desenvolve um curso preparatório para nosso Exame de Classificação – um bom exemplo de como esse programa de mestrado traz resultados práticos e positivos para nossas instituições e para a comunidade de maneira geral.

O ProfEPT está mudando o contexto de pesquisa da Rede Federal. Por isso, precisamos apoiar de maneira forte o programa, que é uma referência e tem papel fundamental na consolidação da EPT.

Outros assuntos:

- Encontro de Estudantes: No sábado passado, participei do primeiro Encontro Catarinense de Escolas Técnicas da União Catarinense dos Estudantes Secundaristas, realizado no nosso Câmpus São José. Agradeço pelo convite e fico muito feliz ao ver a mobilização estudantil e o interesse dos nossos jovens em melhorar as condições sociais do nosso País por meio da educação. Quero parabenizar os estudantes pela organização e ressaltar como nos enche de esperança ver o engajamento de vocês!

- Listão dos Aprovados: E hoje sai o listão dos candidatos aprovados nos nossos processos seletivos para os cursos que iniciam em 2019.1. Parabéns aos nossos futuros alunos! Fiquem atentos ao período de matrícula.

Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA

Consup e inauguração de ginásio em Jaraguá

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 30 nov 2018 15:41 Data de Atualização: 30 nov 2018 17:05

Olá!

Nesta semana, tivemos uma reunião extraordinária do Conselho Superior do IFSC, nosso órgão máximo e deliberativo. Referendamos muitas resoluções ad referendum já em andamento em função das necessidades institucionais, mas que estavam travadas no Consup diante de outras pautas. Entre elas, o calendário acadêmico 2019 unificado, que serve de base para que os câmpus estabeleçam o seu calendário.

Destaco a apreciação e aprovação do recredenciamento da Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina, a Feesc, como fundação de apoio ao IFSC. A Feesc já presta apoio ao IFSC desde 2013, mas, a cada ano, precisamos analisar a atuação da fundação e aprovar o recredenciamento, que é feito pelos Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia. Importante apoio que garante articulação do IFSC em projetos com empresas e outras instituições.

Também aprovamos uma alteração na regulamentação do Reconhecimento de Saberes e Competências dos nossos docentes, uma demanda da Controladoria Geral da União que apontou necessidade de melhorar nossa resolução para suprir alguma fragilidade em nossos processos de concessão do RSC. O Consup apreciou e aprovou ainda a resolução que cria o Sistema de Bibliotecas Integradas do IFSC.

Como sempre, a reunião foi transmitida ao vivo pela IFSCTV e a gravação pode ser conferida aqui.

Inauguração do ginásio

Na quarta-feira, viajei para Jaraguá do Sul para participar da solenidade de entrega do ginásio do nosso Câmpus Jaraguá do Sul-Centro. Foi um momento histórico para o nosso câmpus que já tem 24 anos.

O projeto só foi aprovado no ano passado e, mesmo com algumas dificuldades administrativas e orçamentárias, conseguimos entregar a obra agora, o que, com certeza, irá estimular ainda mais a prática de esportes dos nossos alunos, assim como é um espaço de integração de toda comunidade do câmpus.

O evento contou com a linda apresentação da orquestra do câmpus e com um coral da comunidade. Os estudantes estavam muito felizes com o espaço de integração e fiquei muito orgulhosa em fazer parte desse momento. Ressalto o empenho e esforço de todos que tornaram esse sonho possível, pois em tempos de orçamento restrito, priorizamos essa obra no câmpus pela real necessidade de melhorar as condições para nossos estudantes e servidores. 

Assistência Estudantil

Na terça-feira, participei da reunião do nosso Comitê de Assistência Estudantil, composto por gestores, assistentes sociais e com representação dos alunos. O Colégio de Dirigentes indicou para o Comitê que 10% dos recursos orçamentários  da Assistência Estudantil sejam destinados à alimentação no ano que vem. O Comitê, que tem acompanhado com muito cuidado e de modo técnico tanto a distribuição orçamentária como sua execução, também entendeu como fundamental apoiar mais os programas de alimentação. Assim esse recurso permitirá finalizar o projeto-piloto de kit-lanche em quatro câmpus e melhorar a implantação do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE.

Como tenho dito aqui, nossas perspectivas orçamentárias não são boas e, no que diz respeito à assistência estudantil, não teremos nenhum aumento de recursos para 2019. O Comitê definiu que a prioridade do recurso é para o Programa de Atendimento aos Estudantes em Vulnerabilidade Social, o Paevs, mas que é necessário ampliar as ações de alimentação. O caminho encontrado foi incentivar a implantação do PNAE nos câmpus. Assim, os câmpus que implantarem o PNAE vão ter uma contrapartida de recursos para investirem nos programas de alimentação que julgarem prioritários de acordo com o contexto de cada um.

Outra decisão do Comitê foi sobre o edital de auxílio-moradia. Um novo edital será lançado no primeiro semestre de 2019 com novas regras, focando nos alunos dos cursos de graduação que vêm de outras cidades por meio do Sistema de Seleção Unificada, o Sisu. Explicaremos mais detalhes futuramente.

Outros assuntos:

- Compromisso em Lages: Eu tinha na agenda desta semana participar da entrega das chaves da Unidade Didática de Agroecologia do Câmpus Lages, nesta quinta-feira, mas o evento foi cancelado diante do mau tempo. A cerimônia deve ocorrer no início do ano letivo de 2019.

- Estude no IFSC: Terminam neste domingo as inscrições para nossos cursos técnicos e Proeja com seleção por sorteio. São 3.117 vagas em 18 cidades de Santa Catarina. Há cursos disponíveis em Araranguá, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Garopaba, Gaspar, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Palhoça, São Carlos, São José, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste e Tubarão. Todas as informações estão no nosso Portal.

Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA

EIESTEC e viagem a São Carlos

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 23 nov 2018 15:43 Data de Atualização: 23 nov 2018 16:04

Olá!

Retorno esta semana com a publicação regular do blog. Na semana passada, em função do feriadão, não tinha todas as informações para compartilhar com vocês, pois estava em um evento na República Dominicana, de 14 a 16 de novembro. Viajei até aquele país da América Central representando o Conif, para participar do V Encuentro do Espacio Interamericano de Educación Superior Técnica y Tecnológica, EIESTEC, que discutiu o tema "La Formación Técnica Superior Integral, Internacional y Digital". O evento foi realizado pela Organización Universitaria Interamericana, OUI, e teve como anfitrião o Instituto Tecnológico de las Américas, ITLA, na cidade de Punta Cana. Contou com a participação de representantes de 10 países com muitos debates, análises e articulações entre as instituições participantes.

Foi muito bom participar, pois o evento tinha foco em temas que são as finalidades e objetivos dos institutos federais, como educação técnica e tecnológica, inovação, empreendedorismo e articulação com o trabalho, além da formação de trabalhadores para o desenvolvimento regional. Ainda mais que conhecemos melhor instituições interamericanas com esse mesmo foco. Assim podemos nos reconhecer e debater como superarmos desafios e nos articularmos por meio de intercâmbios e projetos.

Participei do Painel Internacional onde apresentei a nossa Rede Federal e a atuação do Conif! Mostrei como estamos capilarizados em todo o país e de que forma construímos a nossa atuação em rede. Ressaltei a importância de nos aproximarmos mais, pois, além da proximidade geográfica, vivenciamos contextos políticos similares e temos atuações semelhantes. Trouxe muitas possibilidades para o IFSC e o Conif estabelecerem mais parcerias e programas internacionais. Também nos colocamos à disposição para organizarmos aqui, durante a Reditec 2019, o VI Encuentro EIESTEC. Serão feitas análises para que essa proposta se concretize. Disponibilizo aqui a apresentação realizada.

São Carlos

Esta semana fui ao Câmpus São Carlos para tratar, com servidores e alunos, da escolha do diretor geral, tendo em vista que o câmpus completou cinco anos e o nosso Conselho Superior, o Consup, indicou processo de escolha para um diretor pro tempore em uma assembleia geral paritária entre alunos, docentes e técnicos-administrativos. Sempre é muito bom ir aos câmpus e foi especialmente importante conversar com todos e explicar como se deu todo o processo no Consup, abordar questões legais e esclarecer que o câmpus vai escolher quem vai gerenciar aquela unidade nesse período até as eleições gerais do IFSC, previstas para o ano que vem.

Foi uma conversa bem franca e transparente, tendo em vista que, em função de outras pautas e viagens, não tinha conseguido ir a São Carlos antes da reunião do Consup, como fiz em Tubarão. Alguns mal-entendidos foram desfeitos e ficou combinado que no dia 4 de dezembro será realizada a assembleia. Assim, na reunião de 10 de dezembro o Consup vai homologar os dois processos - de São Carlos e de Tubarão. É sempre muito bom estar no câmpus e verificar o desenvolvimento e avanço do IFSC em uma região que tanto precisa de educação pública para transformar vidas.

Codir

Nosso Colégio de Dirigentes, o Codir, teve reunião no dia 12 de novembro, que foi presidida pela nossa diretora-executiva, Silvana Lisboa. As discussões foram sobre POCV, sistema de ingresso, assistência estudantil e propostas de alterações na resolução de movimentações de servidores. A reunião foi transmitida pela IFSCTV e as gravações estão disponíveis aqui e aqui.

Outros assuntos:

- Exame de classificação: Neste domingo, mais de 6 mil candidatos estarão fazendo as provas para os nossos cursos técnicos integrados. Nós sabemos que estudar no IFSC é o projeto de vida de muitos estudantes e que a hora da prova envolve bastante ansiedade. Então o conselho é que preparem-se bem, sigam as orientações do edital e façam uma boa prova! No nosso Portal tem uma notícia com dicas para os candidatos.

Até semana que vem!
 

BLOG DA REITORA

Relato do Lucas Zanete | Intercambista do Propicie 14

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 21 nov 2018 15:53 Data de Atualização: 21 nov 2018 16:05

Com o tempo fica mais fácil lembrar que estou na Alemanha. As coisas vão bem aqui em Neubrandenburg, o clima já mostrou ser mais frio que no Brasil e o outono daqui faz questão de mostrar-se diferente das terras tupiniquins.

Nos programamos para dividir o problema em etapas, no começo a ideia era me familiarizar com os equipamentos do projeto, e com a linguagem de programação decidida para trabalhar. Assim fiz códigos secundários para aprender e praticar. Como fazer uma interface para medições com o instrumento a ser calibrado. E depois fazer uma interface para controlar a mesa que o instrumento será acoplado. 

Estas etapas estão basicamente concluídas. Então podemos começar a atacar o objetivo principal que é integrar tudo. Desde o principio foi me dito que não há a necessidade de concluir todo o projeto, porém vejo o ritmo que estamos tendo e acredito ser possível e assim espero que aconteça.


No dia 21/10, o escritório internacional da Universidade fez uma viagem a Berlim e eu participei. Muitos alunos de outros países e muita troca de cultura, esta começou muito antes de chegar a Berlim, saímos de trem e na conversa com os outros percebi muitas coisas que não havia antes. Como o fato de quase não ser usado postes para a transmissão de energia elétrica e quantos lugares dedicados a energia solar e eólica, coisas que teriam uma eficacia muito melhor no brasil do que na Alemanha devido ao índice de insolação, porém é difícil de ver um painel.


Na chegada, já percebemos o quanto a cidade tem de cultura e de história, na saída da estação de trem um pedaço do Muro na calçada e diversos grafites nele. Fomos visitar o museu da espionagem, pois a cidade é conhecida como a capital dos espiões. É um lugar muito interessante, com soluções de espionagem que deixaria James Bond com inveja. Depois disso a visita a cidade estava liberada. Nos dividimos em grupos de acordo com os bilhetes de trem, de 5 em 5, e visitamos a cidade. São tantos museus e tão grandes.

É uma cidade incrível e foi muito bom poder conhecer um pouquinho dela. Fomos até a linda Catedral de Berlim (Berliner Dom) e podemos ver a cidade do alto no topo da mesma, ir até a Alexanderplatz também, e algumas fotos no Portão de Brandenburg (Brandenburger Tor).

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Consup e Conif

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 09 nov 2018 11:48 Data de Atualização: 13 nov 2018 10:41

Olá!

Começamos a semana com uma reunião do nosso Conselho Superior, o órgão máximo e deliberativo do IFSC. A maior parte da reunião foi fechada e, por orientação da Procuradoria Geral-Federal, não pode ser transmitida em função da pauta tratar da análise de recursos de dois processos administrativos.

Os processos seguem os trâmites institucionais, regulamentados pelo Consup a partir de orientações do Ministério da Educação e da PGF por meio da portaria nº 451/2010. Pelo documento, o ministro da Educação subdelega aos reitores das universidades e institutos federais o julgamento de processos administrativos disciplinares, bem como a aplicação de penalidades.

Esta é uma situação que tem gerado constrangimento nos conselheiros e dificultando o trabalho. A análise de recursos é uma delegação do ministro da Educação e que, na minha opinião e na da própria PGF, não deveria ser atribuição do Consup, pois são sempre situações difíceis e complexas. Entendemos que quem deveria analisar o recurso seria o próprio MEC por meio da sua Consultoria Jurídica, a Conjur.

Escolha de diretores

Outro ponto de pauta do Consup foi a decisão sobre a escolha dos diretores-gerais dos câmpus São Carlos e Tubarão. Os câmpus completaram cinco anos em outubro e, segundo a legislação, devem escolher o seu dirigente a partir de agora. 

Como teremos eleições gerais no ano que vem, o diretor eleito neste momento, se fosse o caso, teria um mandato muito curto. Além disso, um processo eleitoral sempre demanda energia e organização de muitos servidores.

Conversando com os servidores do Câmpus Tubarão na semana passada, eles preferiram manter a direção pro tempore e fazer a eleição no ano que vem. Assim, esta possibilidade foi trazida para apreciação dos conselheiros, bem como a situação semelhante que teremos no Câmpus São Carlos. Foi aprovado então que, até as eleições do ano que vem, os diretores-gerais desses dois câmpus serão por tempore e deverão ser aprovados em uma assembleia geral a ser realizada em cada câmpus com participação paritária entre alunos, técnicos administrativos e docentes.

Irei para São Carlos em 20 de novembro para conversar com os servidores do câmpus sobre a questão, assim como estive em Tubarão. Já está marcada uma reunião extraordinária do Consup em 26 de novembro para homologar as decisões dos câmpus, assim como analisar as resoluções ad referendum e outras pautas que ficaram acumuladas em função da análise dos recursos.

Esta última parte da reunião do Consup foi transmitida e a gravação pode ser conferida aqui.

Conif

Viajei na terça para Brasília onde passei a semana em mais uma reunião do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif. Definimos um grupo que atuará na apresentação e defesa da Rede Federal à equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro, assim achamos necessário apresentar um panorama da nossa Rede Federal para o futuro ministro da Casa Civil do governo eleito, Onyx Lorenzoni, e para as equipes de transição ligadas aos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia.

Outro destaque dessa reunião foi a presença do diretor de Desenvolvimento da Rede Federal, Paulo Henrique Leão. Segundo o diretor, uma das agendas prioritárias da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica é a inclusão de um panorama da Rede Federal na apresentação dos gestores do MEC à equipe de transição do governo eleito. Ele também ressaltou as reuniões para tratar dos Polos de Inovação da Rede Federal, no que diz respeito à sustentabilidade e à manutenção das unidades para que as mesmas continuem a atrair projetos e recursos – o que pra gente é bem importante consideramos que temos um polo no Câmpus Florianópolis. Relato mais abaixo o encontro que participei, tratando desse tema. 

E mais um ponto que destaco foi a fala do representante do Conif na Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, Sérgio Francisco Loss, de como a Rede Federal pode implantar as metas definidas pela ONU com a finalidade de erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade. O IFSC já está comprometido com os ODS há cerca de cinco anos. 

Outros assuntos:

- Polos de Inovação: Continuei em Brasília, participando do 2º Encontro dos Polos de Inovação da Setec/MEC. O workshop tem a participação de consultores externos e da Embrapii. Tivemos apresentação de todos os nove polos dos institutos, assim como debates e discussões sobre os avanços e desafios que temos. Nosso polo, que ainda está em estruturação, foi apresentado pelo professor Rubipiara Fernandes, diretor do polo e que tem feito um trabalho fundamental para nossa inserção em projetos de inovacao na área de sistemas inteligentes de energia. 

- Ingresso 2019.1: Nesta quinta-feira, tivemos a abertura de inscrições para nossos cursos técnicos integrados, concomitantes e subsequentes com seleção por sorteio, além dos cursos voltados à educação de jovens e adultos, Temos 3,1 mil vagas em 18 cidades de SC. Vejam todos os cursos disponíveis no nosso Portal e nos ajudem a divulgar essas oportunidades de estudo gratuito e de qualidade.

E neste domingo temos o último dia de provas do Enem. Temos muitos alunos fazendo o exame, além dos interessados em fazer nossos cursos de graduação. Desejo boa sorte aos candidatos!

Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA

Visitas e defesa da liberdade de expressão

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 01 nov 2018 18:23 Data de Atualização: 13 nov 2018 10:40


Olá,

A semana foi curta, mas foi bem produtiva. Consegui participar de várias reuniões e atividades. É sempre muito bom conversar e participar da vida de nossos câmpus. Um deles é o Campus Tubarão, que completou cinco anos. Fizemos uma reunião ontem (31) para tratar dos desafios que nos esperam e das perspectivas neste momento de mudanças em nosso país. Tratamos da questão da escolha do diretor-geral, tendo em vista que o Decreto 6.986/2009 prevê a realização de consulta à comunidade quando o câmpus cumpre a fase de implantação (cinco anos).

Os servidores ponderaram o pouco tempo que teremos para eleição geral no IFSC, que já ocorre ano que vem, e o mandato curto que um novo diretor-geral teria. Assim, solicitaram que o Conselho Superior (Consup) deliberasse por um mandato pró-tempore, sem trocas nesse momento. Com isso, me comprometi em defender a posição dos servidores pela permanência da atual diretora Consuelo Sielski. Essa é a mesma situação do Câmpus São Carlos e estamos organizando uma ida ao câmpus para conversar com os servidores também.

Já nesta quinta-feira (1), recebemos a visita dos professores Joni Kukkamäki e Vesa Salminen da HAMK University of Applied Sciences, da Finlândia. Foi um prazer recebê-los. Nós somos o único Instituto Federal que tem parceria com a instituição. É a primeira vez deles na América Latina e a visita começou em Lages, na quarta (31) onde estiveram com o diretor-geral Thiago Meneghel, o chefe do departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão, Vilson Heck Júnior, e professores da área de Tecnologia da Informação. Além disso, aproveitaram a oportunidade para encontrar alunos nossos que foram orientados por eles na Finlândia, visitaram laboratórios e o parque tecnológico Órion.

Nesta quinta, a agenda iniciou na Reitoria e no Câmpus Continente, em que Kukkamäki e Salminen se reuniram comigo e com o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Clodoaldo Machado, o Chefe do Departamento de Inovação, Luiz Henrique Castelan Carlson e a assessora de Assuntos Estratégicos e Internacionais do IFSC, Raquel Matys Cardenuto.

Em seguida, alunos da turma do Superior de Gastronomia e do curso técnico em Restaurante e Bar do IFSC prepararam e serviram o almoço para a comitiva. À tarde, os professores visitaram o Câmpus Florianópolis para conhecer os laboratórios de pesquisa na área de TI e o Polo de Inovação Embrapii, polo de pesquisa e inovação em Sistemas Inteligentes de Energia vinculado à Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial. Eles retornam para a Finlândia nesta sexta-feira, 2. Parabenizo à Raquel pela iniciativa e organização da visita. É sempre bom essa aproximação com outros países e outros modelos de ensino. Há muito aprendizado para fazer uma instituição cada vez melhor.

Apoio à liberdade nas escolas e universidades

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por unanimidade suspender os efeitos das ações policiais nas universidades na última semana, por entender que ferem a liberdade de expressão e tentam impedir a propagação de ideologias ou pensamento dentro dos estabelecimentos de ensino. Na mesma linha, fomos surpreendidos com manifestações nesta semana de incentivo ao controle e fiscalização de falas ideológicas em sala de aula por parte de uma parlamentar recém-eleita. Ambas as situações visavam atingir diretamente fundamentos que eu, como dirigente máxima de uma instituição de ensino democrática, plural, participativa e livre, considero indispensáveis ao processo educativo e à formação cidadã.

Desta forma, condeno atitudes como essa de cerceamento ao direito de livre expressão e liberdade, tanto catedrática por parte dos professores, como de manifestação e organização por parte dos alunos e servidores. O IFSC é uma instituição de ensino profissional e que tem como missão formar para o exercício pleno não apenas do trabalho, mas para que os alunos aqui formados exerçam a cidadania em sua plenitude. E isso só é possível pelo debate livre de ideias e em respeito aos direitos humanos.

Outros assuntos

Na terça-feira (30) participei da reunião do Comitê Gestor da Assistência Estudantil, onde discutimos a distribuição dos recursos nos programas. Como nosso orçamento de 2019 será o mesmo de 2018 e, ainda sem sabermos sobre o contingenciamento, decidimos priorizar o Programa de Atendimento aos Estudantes em Vulnerabilidade Social (Paevs) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). O PNAE está sendo implantado nos câmpus e tendo um resultado positivo para os alunos. Assim, queremos fortalecer e ampliar essa ação.

Também recebi a visita do Eduardo e do Luiz Otávio da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes). Eles estiverem aqui pedindo apoio para a realização do Encontro Nacional dos Estudantes do Ensino Técnico (Enet). Foi uma boa conversa, é sempre bom receber as representações estudantis. Combinei com eles que na medida do possível iremos dar apoio ao evento.

Ensino Médio Técnico - Termina na próxima semana as inscrições para o Exame de Classificação para concorrer a umas vagas para o Ensino Médio Técnico (integrado) do IFSC. Estão disponíveis 1.111 vagas em Araranguá, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Garopaba, Gaspar, Jaraguá do Sul, Joinville, São José, São Miguel do Oeste e Xanxerê. As aulas começarão no primeiro semestre de 2019.

Encontro de Comunicadores - Também esta semana foi realizado o Encontro de Comunicadores do IFSC, que reúne jornalistas, programadores visuais, técnicos e tecnólogos em audiovisual e coordenadores de Relações Externas do IFSC. Participei da abertura e pude parabenizar pelo trabalho que vem sendo realizado em rede na construção da imagem institucional e pela manutenção dos canais durante o período eleitoral. A programação foi variada e condizente com as novas tendências em comunicação.

Até a próxima semana. Um abraço.

BLOG DA REITORA

Visita dos Parceiros da HAMK University of Applied Sciences

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 09 nov 2018 15:18 Data de Atualização: 09 nov 2018 15:21

Nossos parceiros da Universidade HAMK, da Finlândia, Sr. Vesa Salminen and Sr. Joni Kukkamäki visitaram o IFSC nessa semana! Essa parceria iniciou há cerca de 4 anos, com a visita de um professor do IFSC à HAMK.

A partir daí a HAMK começou a receber nossos alunos para projetos de pesquisa. Foi a primeira vez que eles vieram para o Brasil e América do Sul. E eles só tem pareceria com 2 instituições neste continente. A motivação da visita foi conhecer a instituição de onde vem tantos bons alunos.

É nisso que eu acredito, o que a literatura mostra e que também foi destacado por eles: que as parcerias internacionais surgem e se fortalecem com o relacionamento entre discentes, docentes e pesquisadores, e não com a simples assinatura de Memorandos.

Os projetos iniciam com a mobilidade dos alunos, depois com a mobilidade de professores, e posteriormente, com as instituições já se conhecendo melhor, podem avançar para outros projetos! 

Foi um enorme prazer recebê-los, eles que tem acolhido tão bem nossos alunos, e perceber que os finlandeses não são tão “fechados” como muitos acreditam!

 

Texto de Raquel Matys Cardenuto,

Assessora da ASSINT - Assessoria de Assuntos Estratégicos e Internacionais.

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

BRASA - Brazilian Student Association

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 29 out 2018 15:01 Data de Atualização: 29 out 2018 15:27
BRASA - Brazilian Student Association

Nosso aluno de Engenharia Elétrica do Campus Florianópolis, Roger Schemes, foi enviado para o Porto, em Portugal, pelo edital de Dupla Titulação, e lá encontrou uma pessoa que participa ativamente num programa que ajuda estudantes interessados em fazer intercâmbios, além de propor palestras no Brasil e na Europa referentes a inovação, empreendedorismo e intercâmbios: a BRASA (Brazilian Student Association)

A BRASA é uma organização sem fins lucrativos que busca conectar estudantes brasileiros que já estudam fora do país, e dar uma mãozinha a alunos do Brasil que têm interesse em estudar fora, por meio de bolsas e auxílios, tanto para intercâmbios quanto para testes de proficiência em línguas estrangeiras.

No dia 17 de Novembro, em Paris, ocorrerá o EuroLeads - o Brasa European Leadership Summit, para falar sobre o "jeitinho brasileiro" de inovar, quebrar estigmas e ressignificar esse tema da cultura popular brasileira. Os que tiverem interesse e possibilidade, (inclusive nossos alunos que estão em intercâmbio na Europa!), podem se inscrever neste link.

Este ano o evento contará com a presença de Guilherme Junqueira como palestrante  para falar sobre o mercado de trabalho do futuro. Além de outros nomes de peso como Drauzio Varela, JoutJout e Joice Toyota!

Uma experiência de intercâmbio pode ser incrível para o desenvolvimento de um estudante, e nosso sonho é que essa experiência seja acessível para todos!

Trabalhamos muito para criar oportunidades como estas para nossos alunos, mas também acreditamos que divulgar outras instuições e parcerias seja também uma forma de ajudá-los a buscar outras oportunidades de crescimento acadêmico e profissional.

Para os alunos que tiverem interesse e quiserem saber mais sobre a BRASA, suas oportunidades e parcerias, entrem neste link. Por email, podem entrar em contato com a Giuliana Menezes no giuliana.menezes@gobrasa.org.

Nossos agradecimentos e um forte abraço ao aluno Roger Schemes e a Giuliana Menezes!

Texto de Guilherme David - ASSINT / Nucli - Assessoria de Assuntos Estratégicos e Internacionais / Núcleo de Línguas ISF

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Evento de Gestão Universitária

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 26 out 2018 16:11 Data de Atualização: 26 out 2018 16:29

Olá!

Passei a semana fora do país participando do XVIII Colóquio Internacional de Gestão Universitária, que neste ano foi realizado na Universidad Técnica Particular de Loja, a UTPL, no Equador. A nossa Universidade Federal de Santa Catarina participa da organização do evento por meio do Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária, o INPEAU.

O diretor do Instituto, professor Pedro Antônio de Melo, me convidou para participar do painel  Gestão da Governança e do Compromisso Social Universitário, em que dividi mesa com os professores Raúl Alinas Morel (UTC), Paulo Ivo Koehntopp (Acafe), Rosario de Rivas Manzano (UTPL) e Mariana Foutel (UnMdp).

Na minha apresentação, expus um panorama do Sistema de Educação Superior Brasileiro e destaquei o papel dos Institutos Federais. Comentei sobre a gestão das nossas instituições, por meio de colegiados e conselhos com a participação da comunidade interna e externa, e como ocorre a escolha dos direta dos dirigentes. Ressaltei o nosso sistema de ingresso democratizado, com as cotas de escolas públicas e reserva de vagas de acordo com raça e renda.

Apresentei o IFSC, nossa interiorização e articulação regional com a população e salientei que o único caminho para um país superar as suas dificuldades e diferenças é a Educação e, nesse sentido, as instituições de ensino superior devem assumir cada vez mais o papel disseminadoras de conhecimento e valores humanitários. Nossa gestão deve estar comprometida com a comunidade, com a transformação e com visão de futuro para romper com a reprodução e a acomodação.

Foi uma viagem cansativa, mas foi uma experiência muito boa para conhecermos outras realidades da gestão do ensino superior. Encontrei, inclusive, alunos e docentes da nossa Rede Federal, do curso de Administração do Câmpus Piripiri do Instituto Federal do Piauí. Fiquei bem impressionada também com o país organizado e seguro. 

Assinamos um convênio com a UTPL e, em fevereiro, o reitor Jose Barbosa Corbacho vem a Florianópolis para tratarmos de mais detalhes e de possíveis parcerias.

Em 2019, o colóquio internacional será na nossa capital catarinense e nos colocamos à disposição para organizarmos juntos.

Outros assuntos

- CGU: Recebemos documentos da Controladoria Geral da União - Certificado de Auditoria, Parecer do Dirigente da CGU e Relatório Final, encaminhados também para o Tribunal de Contas da União, em que foram auditadas as contas do IFSC de 2017. Foram feitas muitas análises e recomendações de ajustes da flexibilização de jornada dos nossos servidores, pois foram  constatadas irregularidades. Todo esse processo resultou na nova instrução normativa sobre a questão, publicada recentemente, e na revisão dos processos de concessão. Disponibilizo os documentos nos links acima, para conhecimento da comunidade. 

Desejo boa eleição a todos no domingo. Que a nossa democracia possa sair fortalecida desse momento difícil e complexo que estamos atravessando, na esperança de um país melhor, mais justo e mais igualitário. O Comitê Permanente de Direitos Humanos do IFSC lançou hoje um manifesto em defesa da democracia e dos direitos humanos, convido todos a lerem no nosso Portal.

Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA

Viagem de estudos à Feira de Intercâmbios EDUEXPO, em Porto Alegre

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 23 out 2018 16:26 Data de Atualização: 23 out 2018 16:42

A EDUEXPO é uma das maiores feiras de intercâmbio do mundo, acontece no Brasil em algumas capitais - como Recife, Salvador, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre - e congrega representantes de instituições de ensino de diversos países. Durante a feira, os visitantes têm a oportunidade de conversar diretamente com os representantes das instituições e saber mais sobre os programas, bem como assistir a palestras sobre oportunidades de estudo e trabalho, a realidade dos países, trâmites burocráticos e outros. Esse ano o foco da feira em Porto Alegre foi o Canadá.

A viagem foi organizada pelas professoras de inglês do Campus Lages, Ana Maria Roeber e Luciane Bittencourte, como parte das atividades do Centro de Línguas, e teve como objetivo proporcionar aos estudantes o contato com as instituições estrangeiras, promover a cultura do intercâmbio e, dessa forma, contribuir para o processo de internacionalização do IFSC. Participaram da atividade alunos/as dos cursos FIC de inglês, bem como de outros cursos regulares do campus, como Biotecnologia e Analises Químicas.

 

Texto de Ana Maria Martins Roeber, adaptado por Guilherme David.

ASSINT - Assessoria de Assuntos Estratégicos e Internacionais.

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Conif e Jogos Nacionais

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 19 out 2018 15:28 Data de Atualização: 19 out 2018 17:39

Olá!

Nesta semana, viajei para Fortaleza para participar da reunião do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Conif. A reunião foi realizada na cidade onde também está sendo realizada a etapa nacional dos Jogos dos Institutos Federais, organizada pelo Instituto Federal do Ceará.

Enquanto dirigentes da Rede Federal, muito nos preocupa o atual cenário de disputa eleitoral que o País vem atravessando. Diante disso, publicamos um manifesto em defesa da democracia e da educação. Compartilhamos a mensagem no nosso Portal. Leiam aqui.

Na reunião, tivemos a presença do secretário da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, a Setec, Romero Raposo, que falou sobre as questões orçamentárias e do compromisso em colocar no orçamento 2019 recursos para investimento. Esse recurso deve ser de R$ 100 milhões, que serão distribuídos conforme critérios de índice de eficiência acadêmica, relação aluno/professor e percentual de matrículas dos cursos técnicos no total de cada instituto.

Aprovamos um documento com as diretrizes indutoras para a oferta de cursos técnicos integrados ao Ensino Médio na Rede Federal. O documento, que pode ser lido aqui, é resultado de um trabalho que começou no ano passado. Agora as diretrizes precisam ser discutidas em todas as instituições e, para que tenham validade e eficácia, essas diretrizes precisam também ser regulamentadas pelos Conselhos Superiores de cada instituição da Rede. Aqui no IFSC, daremos início a esse processo com a capacitação no Colégio de Dirigentes no dia 13 de novembro, convocando também os diretores de Ensino dos câmpus.

Também reunimos as Câmaras, com encaminhamentos relativos ao ProfEPT, Mobilidade nacional. Participamos da inauguração do Câmpus Horizonte do Instituto Federal do Ceará e da abertura oficial da Etapa Nacional dos Jogos dos Institutos Federais 2018.

JIFs 2018

O IFSC está com uma delegação de 48 pessoas, sendo 42 alunos, nesta etapa nacional dos Jogos dos Institutos Federais, que seguem até domingo. Temos representantes no judô, na natação, no voleibol, no tênis de mesa, no atletismo e no xadrez. Foi muito bom poder encontrar nossos estudantes e ver a animação deles em nos representar.

Entendemos que o esporte traz muitos dos valores que achamos importante na formação cidadã dos nossos alunos, como companheirismo, espírito de equipe e integração. Já temos conquistas nos jogos e seguimos na torcida.

Outros assuntos

- SNCT: Nesta semana, diversos câmpus promoveram atividades para integrar a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que, neste ano, teve como tema Ciência para a redução das desigualdades. É mais um momento que temos para mostrar para a comunidade o que fazemos e como temos projetos relevantes. 

- Inauguração no Câmpus Joinville: ontem tivemos a cerimônia de inauguração do Bloco 6 do Câmpus Joinville, com a presença do ministro da Educação, Rossieli Soares. Com oito salas de aulas e um andar exclusivo para a biblioteca, o novo bloco incrementou em 1.250 metros quadrados a estrutura física do câmpus. Não pude estar presente em função da reunião do Conif, mas acompanhei a distância mais esse momento importante de conquista do câmpus.

- Dia do Professor: E nesta segunda-feira que passou celebramos o Dia do Professor. Este profissional que é importante na vida de de todo mundo e que, aqui no IFSC, é fundamental para que consigamos cumprir a nossa missão. Tenho muito orgulho de ser professora por formação e de trabalhar em uma instituição que não só possui professores muito competentes, como também forma futuros professores. Necessário que haja mais valorização dos docentes no nosso País que tanto precisa da educação para superar as desigualdades e se desenvolver com mais justiça social. 

- Outubro Rosa: Estamos juntos na conscientização pela prevenção ao câncer de mama. Temos realizado diversas ações nos nossos câmpus e na Reitoria. Hoje, convidamos os servidores da Reitoria a vestirem roupas rosas para mostrar nosso engajamento nesta luta.

Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA

Relato da Thalia Farinon | Intercambista do Propicie 14

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 15 out 2018 14:18 Data de Atualização: 15 out 2018 14:39

Em seu primeiro relato, a aluna Thalia Farinon do curso Técnico em Informática - Câmpus Caçador, conta como está sendo sua experiência como intercâmbista. Ela foi selecionada para participar do projeto "The Route" no Instituto Politécnico de Porto (IPP). 

 

------------------------------------------------------------------------------

 

Este é o meu primeiro relato, convém falar não somente sobre as descobertas no novo continente, mas também sobre as expectativas antes de chegar até ele. Dentre as tantas frustrações vividas durante o processo de seleção, posso dizer que todos os esforços aplicados para chegar até aqui valeram a pena. O programa de intercâmbio oferecido pelo IFSC sempre foi um grande sonho para mim, logo no primeiro ano em que entrei na instituição tive conhecimento do mesmo, porém, devido às regras dos editais, somente pude me inscrever no meu último ano como aluna do nível médio técnico, ou seja, era agora ou nunca… e por incrível que pareça, a vida disse que era agora!

 

O voo do Brasil até Madrid, onde fiz minha imigração, foi tranquilo e cansativo, o processo de imigração foi rápido e sem perguntas, de início até achei estranho, mas agradeci por ter ocorrido tudo muito bem, a chegada em Porto também foi como o esperado, tudo acabou saindo como o planejado.

 

As expectativas eram muitas e não sei descrever ao certo tudo o que se passa em nossa cabeça antes de uma viagem como essa, tudo foi muito novo para mim, nunca havia saído do país, nem entrado em um avião, quem dirá passar 10 horas dentro dele. Sendo assim, as experiências não começaram aqui em Portugal mas sim no Brasil, e a ficha só foi cair mesmo quando eu cheguei na casa onde irei passar esses 3 meses, foi o primeiro momento em que eu realmente tive certeza de que tudo isso era real.

 

A primeira impressão que Porto me proporcionou foi a da grande diversidade cultural presente em um só lugar, logo de início, no local onde moro, tive contato com pessoas vindas da França, Lituânia, Singapura e Chéquia, além dos brasileiros é claro! E a nossa colega de pesquisa no ISEP veio também do Estado de Bangladesh.

 

Ter contato com pessoas que possuem hábitos um tanto quanto diferentes dos nossos é fantástico, pois são nesses momentos que compreendemos o quão forte e notável é a cultura na nossa criação, observando o outro conseguimos perceber aquilo que esteve presente conosco durante toda a nossa vida. Acredito que esse contato proporciona momentos inesquecíveis em nossas histórias, pois partilhamos com pessoas diferentes um pouco daquilo que fez de nós, nós.

 

Sobre o Porto, desde a minha chegada, só consigo resumir este lugar em uma única palavra: Incrível. Cada novo lugar que conheço, um novo sentimento é despertado, partes de mim que eu nem sabia que existiam, é uma viagem no tempo sem precedentes, com tantos monumentos históricos neste lugar, acabo me sentindo dentro de um livro didático, principalmente com a grande quantidade de veteranos usando o famoso traje que inspirou a escritora dos livros do Harry Potter. Até o momento, conheci a Avenida dos Aliados, a Praça da Liberdade, Capela de Santa Catarina, Praça de Mouzinho de Albuquerque, o Jardim do Morro e a Ponte D.Luis I. Meu lugar preferido até o momento é o Cais da Ribeira, a sensação de paz que esse lugar traz faz com que você não queira sair de lá nunca mais.

 

Sobre a chegada e o projeto no ISEP, fomos muito bem recebidos pela instituição, tivemos uma semana de boas-vindas, onde nos foi dada a oportunidade de conhecer novos estudantes, vindos também de diversos locais no mundo, a adaptação com os novos horários ainda está se estabelecendo, mas sem dificuldades. Em relação ao meu projeto, foi dado início às reuniões na semana passada (24 de setembro) e neste momento nos encontramos em adaptação com as tecnologias utilizadas e com o método de trabalho aplicado, acredito que isso seja normal neste período.

 

Hoje me sinto grata e lisonjeada pela vida e também pelo IFSC, que me proporcionou tantas oportunidades extraordinárias, como essa que estou vivendo, pois sei o quão longe esse sonho estaria de ser realizado se não fosse por essa instituição.

 

 

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Permanência e êxito

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 11 out 2018 19:04 Data de Atualização: 11 out 2018 21:36
Olá!
 
Nesta semana, tivemos um importante acontecimento na nossa instituição: o primeiro Encontro de Permanência e Êxito. O evento realizado durante toda esta quinta-feira é resultado de um esforço coletivo e marca o lançamento do nosso Plano Estratégico de Permanência e Êxito dos Estudantes. Recebemos convidados como a professora da UFMG, Rosemary Dore, o pró-reitor de Ensino do IFMS, Delmir da Costa Felipe, e a nossa pedagoga Nilva Schroeder, que atualmente está cedida para o IFB. 
 
O combate à evasão e a necessidade de buscarmos a permanência e o êxito dos nossos estudantes é uma das prioridades que temos na nossa Gestão. Mais do que estar no nosso Plano de Desenvolvimento Institucional, o PDI, é uma preocupação diária que nos leva a refletir e procurar formas de melhorar o cenário que temos hoje com altas taxas de evasão. Ver nosso auditório da Reitoria lotado de servidores de todos os câmpus, além de vários que acompanharam a transmissão do evento pela IFSCTV, nos da força para acreditar que estamos juntos em prol de um objetivo comum.
 
Destaquei na abertura do evento a importância de pensarmos em uma inclusão efetiva, que não seja só na forma de ingresso. Entendo que, no momento em que o aluno entra no IFSC, suas dificuldades  na formação também são nossos e precisamos saber acolhê-los para que isso não os desestimule a parar de estudar. Buscamos por meio do nosso programa de Assistência Estudantil apoiar os alunos para que possam se focar apenas em estudar. Neste ano, estamos conseguindo implantar o Programa Nacional de Alimentação Estudantil, que também é fundamental para o bem-estar dos nossos estudantes. Temos outro desafio que é a inclusão dos alunos de deficiência num contexto em que ainda não temos recursos humanos suficientes para atendê-los.
 
Sabemos das dificuldades, mas acredito que o nosso coletivo de servidores e educadores pode encontrar saídas. Num momento político delicado como o que estamos vivendo, precisamos destacar que a educação pública é a única possibilidade de termos um país melhor. Ao agirmos para trazer quem mais precisa para nossos câmpus e para mantê-los estudando até se formarem, estamos contribuindo para o desenvolvimento social e econômico do Brasil e, mais do que isso, gerando transformação na vida das pessoas.
 
Parabenizo a todos os envolvidos na realização do evento de hoje e convido todos os servidores a conhecerem nosso Plano Estratégico de Permanência e Êxito dos Estudantes e a internalizarem que é responsabilidade de todos combater a evasão.
 
Colégio de Dirigentes
 
Na quarta-feira, tivemos mais uma reunião do nosso Colégio de Dirigentes, o Codir, que reúne os diretores-gerais de todos os nossos câmpus. Na pauta, tratamos de assuntos como soluções de telefonia IP e videoconferência, uso dos recursos da fonte 250, que são de arrecadação própria, a campanha de ingresso, os indicadores de Pesquisa e Extensão, a matriz orçamentária e o nosso PDI.
 
Em relação ao nosso orçamento, tomamos uma importante decisão de realizar os jogos do IFSC, o JIFSC, e o nosso Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação, o Sepei, do ano que vem com recursos do IFSC Rede ao invés de utilizar um apoio da Assistência Estudantil. Isso vai permitir que possamos atender mais alunos com auxílio financeiro, uma demanda que tem crescido a partir do momento que temos ampliado a nossa atuação. 
 
Como sempre, a reunião foi transmitida ao vivo pela IFSCTV a a gravação pode ser conferida neste link.
 
Videoconferência
 
Na semana passada, começamos a fazer videoconferências com nossos alunos por meio das representações estudantis. Nesta semana, fizemos novamente com estudantes dos câmpus Chapecó, Jaraguá do Sul-Rau e Lages e está sendo bem bacana. Na oportunidade, conversamos de pautas trazidas pelos alunos. Desta vez, falamos da alimentação estudantil e tiramos dúvidas administrativas como a questão da flexibilização de jornada.
 
Tentaremos fazer essas conversas pelo menos uma vez por mês. Os estudantes que tiverem interesse podem procurar as representações estudantis dos seus câmpus e pedir que agendem horários por meio da nossa Diretoria de Assuntos Estudantes.
 
Outros assuntos:
 
- Ambientação: Na terça, participei da ambientação de 11 novos servidores de diversos câmpus, realizada no nosso Câmpus Florianópolis-Continente. Ficamos sempre contentes por receber novos docentes e técnicos administrativos para somar na nossa equipe. Conversamos sobre nossos desafios e nossa missão de inclusão social e destaquei a importância dos servidores na atuação com seu trabalho e compromisso com a educação pública. 
BLOG DA REITORA

Consup e viagem a Urupema

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 05 out 2018 17:03 Data de Atualização: 08 out 2018 11:51

Olá!

Começamos a semana com mais uma reunião do Conselho Superior, o Consup, nosso órgão máximo e deliberativo. Foi uma reunião especial com a posse dos novos conselheiros para o mandato de 29 de agosto de 2018 a 28 de agosto de 2020. Damos boas-vindas aos novos integrantes que assumem uma grande responsabilidade ao representarem suas categorias e nos ajudarem a fazer a gestão do IFSC. Os nomes dos conselheiros, assim como fotos da posse, podem ser conferidos na notícia publicada no nosso Portal.

Na cerimônia, o nosso procurador-geral, Roberto Ritter Von Jelita, explanou sobre as atribuições e responsabilidades do Consup, que é observar as leis e tomar decisões de acordo com as atividades-fim da instituição. Contamos com a dedicação dos conselheiros para apreciarmos assuntos essenciais para nossa instituição e para discutirmos os melhores caminhos para o IFSC, sempre tendo como foco a nossa missão, a nossa visão e os nossos valores e pensando na nossa razão de existir que são os alunos. Que possamos juntos avançar ainda mais!

Na reunião, também tivemos a aprovação para a criação de quatro novos cursos, que serão ofertados a partir do primeiro semestre de 2019. Os cursos aprovados foram os técnicos subsequentes em Eletrotécnica, no Câmpus Tubarão, em Agropecuária, no Câmpus São Carlos, e em Desenvolvimento de Sistemas, no Câmpus Florianópolis. Para o Câmpus Palhoça Bilíngue, foi aprovado o curso de pós-graduação, em nível de especialização, em Tradução e Interpretação de Libras/Português. 

Outros encaminhamentos do Consup foram a aprovação da Política de Línguas, da Política de Qualidade de vida no Trabalho, o credenciamento do Nead do Câmpus Urupema e a apreciação de resoluções ad referendum, como a Politica de Sustentabilidade do IFSC. Também foi autorizada minha viagem ao Equador, onde irei participar como palestrante do 18º Colóquio Internacional de Gestão Universitária. 

A reunião, como sempre, foi transmitida pela IFSCTV e a gravação pode ser conferida neste link.

Viagem a Urupema

Na quinta-feira viajei a Urupema, onde fiquei até a tarde de hoje, para participar do terceiro Seminário Desis, com o tema Vocações Regionais e Desenvolvimento Econômico Sustentável. O evento é promovido pelo Núcleo de Inovação Social e Empreendedorismo do nosso Câmpus Urupema em parceria com o Núcleo de Estudos para Desenvolvimento Econômico Sustentável e Inovação Social da UFSC. Foi um excelente evento nesses dois dias!

O Câmpus Urupema  tem feito muitas articulações e a inserção na região tem sido muito efetiva com resultado no aumento do número de alunos, o que vem mudando o cenário regional. Fico muito feliz ao ver isso, pois a implantação desse câmpus é muito difícil e complexa, uma vez que está na  região mais fria do Brasil e com um Índice de Desenvolvimento Humano muito baixo.

Hoje verificamos os resultados do trabalho e dedicação de todos. Parabéns aos servidores do câmpus em especial, porque o que temos hoje está acontecendo por causa do esforço de vocês. 

É muito bacana ver a integração entre nossos câmpus. Nesse seminário, tivemos a participação de alunos do nosso Câmpus Florianópolis-Continente que,  junto com a professora Alice, prepararam o café da tarde com produtos da região e também fizeram uma oficina com várias comunidades para o uso dos produtos regionais.

Outros assuntos:

- Encontro EPE: Nesta semana, tivemos mais um encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão do IFSC. Este é um evento que já fazemos todo semestre em que reunimos os servidores que atuam nessas áreas em todos os câmpus e na Reitoria. Nesta edição, cerca de 70 servidores participaram de dois dias de programação intensa na Reitoria. Na abertura do evento, ressaltei a oportunidade que temos nesses momentos de pensarmos na instituição como um todo, conforme nossa visão de indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. E eu fico muito feliz quando vejo essa indissociabilidade concretizada no Sepei, por exemplo, com os alunos como protagonistas. Comentei ainda sobre o início de discussão do nosso Plano de Desenvolvimento Institucional e sobre pensarmos no nosso compromisso social por sermos uma instituição pública. Nesse sentido de transformação, ressaltei o crescimento da nossa Educação a Distância que nos permite levar oportunidades a quem nunca imaginava ter acesso. Tenho a certeza que esses momentos de reflexão e troca de conhecimento entre nossos servidores só nos fortalecem e nos fazem melhorar.

Boa eleição no domingo, pensando que nossas escolhas vão refletir no país que queremos, mais justo, igualitário, respeitando a diversidade e com oportunidades a todos! 

Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA

Relato do Ernani Jr. | Intercambista do Propicie 14

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 02 out 2018 14:33 Data de Atualização: 03 out 2018 09:52

Demoramos, mas voltamos ! 

O aluno Ernani Antônio Wolter Júnior, do curso técnico em Alimentos, Câmpus Canoinhas, conta como está sendo sua experiência nos primeiros 15 dias em Porto, ele inicia sua participação no projeto "Valorização de resíduos agro-alimentares" no Instituto Politécnico de Porto (IPP). 

 

----------------------------------------------

 

"Atenciosamente, daquele que escreve às duas da manhã porque ainda está acostumado com o horário de Brasília.

Não queria cometer o clichê de dizer que os primeiros dias de meu intercâmbio tem sido intensos, mas nesse momento tenho condições de dizer como são. Em menos de uma semana, eu aprendi a desvendar esse precipício que me aguarda com possibilidades, oportunidades e inspirações. Já aprendi que nem todo caminho difícil é o pior, e que momentos turbulentos, tais como tempestades, lavam mais a alma do que qualquer simples e agradável garoa. É a intensidade que me fascina, que me atrai, que me inspira. É a coragem de se atirar à escuridão, e encontrar luz, luz e luz. É o viver, o despertar, o descobrir.

Não é exagero dizer que amadureci muito em pouco tempo. Desde antes da partida, na preparação para a viagem, já enfrentava a realidade de que teria de encarar tudo de cabeça erguida. E, para um garoto que nunca havia sequer embarcado num avião, aprendi a agir rápido e a encontrar soluções sensatas. A sensação de voar sobre tudo era nova, assim como a de se deixar para trás minha comodidade e construir uma história em um novo lugar. Meu coração, porém, estava confortado.

A partir de agora, relatarei as situações que ocorreram comigo e com minha colega de projeto Hellen. Quando o voo de Rio de Janeiro para Zurique atrasou, já imaginávamos que perderíamos a conexão para o Porto. Não posso dizer que escondi bem o nervosismo, mas resolvi dormir para ver se esfriava a cabeça. Após longas e cansativas horas, chegamos à maior cidade suíça. Um dos momentos mais interessantes do voo foi quando atravessamos o deserto do Saara, entretanto, nenhum dos passageiros que viajava nas laterais se atreveu a dar mais que uma olhadela pela janela. Como previsto, a chegada em Porto teve de ser adiada. Felizmente, a companhia aérea providenciou boa hospedagem e alimentação. Aproveitando o descanso, conhecemos um pouco de Zurique, encantados com cada esquina, cada folha, cada painel de divulgação de filmes. Limitamo-nos à área ao redor do hotel, mas confesso que pudemos apreciar as construções com estilos que nunca fomos acostumados a ver.

Minha colega de projeto Hellen e eu chegamos no Porto no dia seguinte às 21h. Não tive uma primeira impressão da cidade, pois foi difícil enxergar algo pelo vidro do carro. Dona Amélia, a senhora querida que nos recebeu e nos transportou, havia comprado fiambre, pães e frutas para nossa primeira refeição em terras lusitanas. Tudo muito saboroso e novo, mesmo estranhando o fato de que os pães em Portugal são mais duros que os brasileiros. 
No dia seguinte, Dona Amélia levou-nos conhecer o metrô e as linhas disponíveis. Como estudamos no ISEP, a senhora recomendou que tomássemos a linha amarela. Ficamos encantados com a boa localização do lugar, além do fato de que há um mercado próximo, assim como uma pastelaria.

Em algum dia da primeira semana, resolvemos conhecer a Ribeira. Nas margens do Rio Douro, as construções antigas pareciam mais uma galeria de história viva. Fiquei impressionado em cada esquina - para cada canto que olhava me surpreendia mais e mais. O número de estrangeiros também chamou-me a atenção. Americanos, franceses, indianos, brasileiros... Todos fascinados com um dos melhores destinos da Europa. Antes de regressarmos para casa, subimos o Mosteiro da Serra do Pilar. Apreciamos a vista e sentimos muita gratidão por estarmos ali. Naquele momento, tivemos noção de onde estávamos, do que faríamos e do horizonte que se abrira em nossas vidas. 

Nosso primeiro dia no ISEP foi uma apresentação básica. Adentramos o Grupo de Reações e Análises Químicas e conhecemos a doutora Manuela. Inicialmente, ela apresentou-nos diversos laboratórios do GRAQ e deu-nos as primeiras orientações para o projeto. Achamos interessante a área de valorização de resíduo agro-alimentar que trabalharemos. Primeiramente, seremos auxiliados pela doutora Virgínia a avaliar a quantidade de pesticidas em galhos de macieira por cromatografia gasosa. Em seguida, voltaremos a trabalhar com a Doutora Manuela, investigando os benefícios e aplicações dos resíduos da poda de macieiras e videiras em novos subprodutos.

Em suma, adaptei-me bem à vida no Porto. Nessas duas primeiras semanas de adaptação recebi muito mais do que esperava. Vale ressaltar que tive um choque cultural muito maior com minha colega de projeto de Xanxerê do que com os portugueses (e olha que moramos no mesmo estado!). A maneira de falar, as expressões, as comidas típicas... Tudo tão diferente. Aprendizado constante, dentro e fora do nosso Brasil. Aprendi também coisas simples da vida que só absorvemos quando somos obrigados a nos tornarmos independentes em todos os sentidos. Aprendi a administrar dinheiro, preparar novas receitas, a pensar no almoço do dia seguinte, a ser o maior responsável por mim... Creio que absorverei muito mais desse fascinante local, que, muito mais do que boas fotos, rende momentos que não se registram em lugar algum além de nossas memórias. 

Curiosidades: 
As pessoas assoam o nariz aqui em qualquer lugar, com a maior força, sem vergonha. No Brasil isso seria constrangedor, aqui é algo natural.
O povo é muito simpático e educado! Por favor, com licença, obrigado.
E pastel de nata é uma delícia."

 

 

 

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

ASSINT no SEPEI 2018

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 27 set 2018 14:54 Data de Atualização: 01 out 2018 09:08

Ocorreu na última semana, durante os dias 18, 19 e 20 de Setembro, o Sepei 2018 - Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação.

Foi um evento incrível, recheado de contribuições excelentes de alunos e servidores de todos os nossos campi.

 

Nós, da Assessoria de Assuntos Estratégicos e Internacionais, tivemos a oportunidade de participar do Seminário, onde pudemos falar mais sobre o importante trabalho que realizamos.

Importante porque as ações que estimulam a internacionalização do IFSC geram benefícios para toda a comunidade acadêmica, além de construir para o crescimento da nossa instituição e da rede de educação tecnológica e inovadora do Brasil perante diversos países. Permitem também que nossos alunos e servidores tenham a oportunidade de obter novos conhecimentos e experiências através de bolsas para capacitação, projetos de pesquisa, entre outros projetos que temos e outros mais que estamos trabalhando para desenvolver.

Recebemos durante o SEPEI, em nosso estande, alunos de diversos campi, que tiveram a oportunidade de participar de projetos de pesquisa em vários países diferentes através do PROPICIE, bem como do edital Buddy, que seleciona alunos para receber alunos intercambistas de outros países, e que se dispuseram a dividir com os visitantes suas experiências, expectativas, preparativos e também sobre os trabalhos realizados.

Gostaríamos de deixar aqui o nosso muito obrigado aos alunos:

Ana Júlia Volpi, aluna do Campus Gaspar, enviada para o IPP (Instituto Politécnico do Porto) em Portugal, pelo curso técnico integrado em Informática;

Beatriz Santa Rosa, aluna do curso superior de Viticultura e Enologia no Campus Urupema, selecionada no edital Buddy para receber um aluno francês;

Débora Sperandio, aluna do Campus Florianópolis, enviada para o IPP, Portugal, pelo curso superior de Design de Produto;

Eduardo Natan Bitencourt, aluno do Campus Lages, enviado para a HAMK (Häme University of Applied Sciences), Finlândia, pelo curso superior de tecnologia em Ciência da Computação;

Guilherme Bruschi, aluno do Campus Xanxerê, do curso técnico integrado em Informática, enviado para o IPP, Portugal;

Isabel Abreu dos Santos, aluna do curso superior de Radiologia, do Campus Florianópolis, enviada para a Universidade de Oslo, Noruega;

Laura Emerim, aluna do Campus Florianópolis, enviada para o IPB (Instituto Politécnico de Beja), em Portugal, pelo curso técnico integrado em Química;

Lucas Schwantes, aluno do Campus Lages, enviado para o IPP, pelo curso técnico em Informática;

Matheus Soppa Geremias, aluno do Campus Joinville, aluno do técnico integrado em Mecânica, enviado para o IPP, Portugal;

Níkola Zaia, aluno do curso superior de Engenharia Elétrica, do Campus Florianópolis, enviado para o IPP, Portugal;

Paulo Campos, aluno do curso superior de Design de Produto do Campus Florianópolis, enviado para a Universidade de Neubrandemburgo, Alemanha;

Vítor Tavares dos Santos, aluno do curso superior de Design de Produto do Campus Florianópolis, enviado para a Universidade de Deusto, Espanha;

William Pereira dos Anjos, aluno do curso superior de Ciência da Computação do Campus Lages, enviado para a HAMK, Finlândia.

 

 

 

Equipe


Guilherme dos Santos David - Estagiário de Gestão de T.I
Raquel Matys Cardenuto - Assessora
Ricardo de Avila Geisler - Estagiário de Relações Internacionais
Samuel de Souza Evangelista - Secretário

ASSINT - Assessoria de Assuntos Estratégicos e Internacionais

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Flexibilização

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 28 set 2018 14:09 Data de Atualização: 28 set 2018 14:36
Flexibilização

Olá!

Como anunciei no último post, nesta semana publicamos a Instrução Normativa que regulamenta a jornada de trabalho dos servidores técnico-administrativos. A IN 11/2018 faz com que o IFSC atenda às recomendações da Controladoria-Geral da União (CGU) e se ajuste às normas legais vigentes. Descreve também os serviços nos quais pode ocorrer flexibilização de horário de trabalho. Foram priorizados os serviços voltados aos estudantes que necessitam atendimento ininterrupto, conforme prescrito também na IN 2/2018 do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG).

De acordo com o documento, que pode ser acessado aqui, iremos analisar os processos que atendam aos dispositivos em outubro e, a partir de 1º de novembro, os servidores que não tiverem a autorização para jornada flexibilizada devem adotar a jornada de trabalho regular de 40 horas semanais. 

Toda a discussão em torno desta questão tem sido bastante desgastante, como já expus por diversas vezes aqui, mas, como já expliquei, é um contexto nacional. Conseguimos ter a flexibilização de jornada por muitos anos, mesmo com algumas fragilidades, até que não nos restou alternativa a não ser cumprir as determinações legais atuais, corrigindo as irregularidades apontadas pelos órgãos de controle. 

Esta situação está ocorrendo em diversos institutos federais. Nesta semana, participei da reunião do Conselho Superior do Instituto Federal Catarinense, o IFC, e a flexibilização também foi pauta, solicitada por uma conselheira. No IFC, a reitora suspendeu a flexibilização por meio de portaria, com efeitos imediatos. 

Durante a reunião do Conselho de lá, o Sinasefe solicitou que a portaria fosse revogada, mas a dirigente explicou o contexto da Instrução Normativa e da decisão. O procurador do IFC esclareceu ao conselho questões jurídicas e legais. Também foi solicitado mais prazo para as pessoas se organizarem, mas não foi concedido pela reitora Sonia Regina de Souza Fernandes, pelo entendimento de que o cumprimento da IN 2 é imediato.

Por fim, o Consuper do IFC decidiu que não apreciaria a matéria por não ser de sua competência, entendendo que isso criaria uma situação jurídica complexa, uma vez que quem autoriza a flexibilização é o dirigente máximo da instituição e qualquer regulamentação que fosse contrária à  decisão do reitor não seria passível de aplicação legal. 

Aniversário do Câmpus Palhoça-Bilíngue

Nesta semana, o nosso Câmpus Palhoça Bilíngue comemorou cinco anos de sua entrega à comunidade. A celebração foi feita na quarta-feira, dia 26, no Dia Nacional do Surdo. Temos muito orgulho de termos esse câmpus que foi a primeira unidade da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica com aulas na modalidade bilíngue – Libras/Português – e traz para o cenário brasileiro uma política de ensino, pesquisa e extensão que busca viabilizar uma efetiva interação entre surdos e ouvintes no campo educacional e profissional. Parabéns a todos os servidores e alunos do câmpus que estão nos ajudando a construir esta linda história de inclusão e transformação! 

Outros assuntos:

- Pós-graduação: Nesta semana, abrimos inscrições para cursos de especialização e mestrado com início no primeiro semestre de 2019. São 338 vagas nos câmpus Araranguá, Canoinhas, Chapecó, Florianópolis, Gaspar, Palhoça, Tubarão e Xanxerê. As inscrições devem ser feitas até 14 de outubro. Todas as informações estão no nosso Portal. 

Até a próxima semana!
 

BLOG DA REITORA

Sepei 2018 e Codir

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 21 set 2018 17:32 Data de Atualização: 21 set 2018 18:04

Olá!

Esta semana tivemos o nosso Sepei 2018, o Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação, que em sua sétima edição mostrou como estamos amadurecendo nas áreas que são o alicerce da nossa instituição. Durante três dias recebemos mais de 1.600 alunos, servidores e convidados no Câmpus Florianópolis-Continente. É uma alegria muito grande testemunhar a concretização do trabalho desenvolvido na nossa instituição e principalmente que os nossos alunos são protagonistas no processo.

O Sepei representa também o coroamento do trabalho dedicado e comprometido dos nossos servidores, que acreditam na educação pública e no seu potencial de mudança, como diz o tema do evento este ano - "ConsCiência: a escola que transforma".

É curioso lembrar que começamos com um evento pequeno, lá em 2011, que tinha o objetivo de reunir e apresentar as pesquisas feitas pelos nossos alunos. Fomos crescendo, agregamos a Extensão, depois a Inovação e o Ensino, e hoje temos um grande evento que envolve também a vinda de convidados que servem de inspiração para todos nós e nos instigam a ser melhores como docentes, pesquisadores, extensionistas e também dão exemplo de motivação e persistência para nossos alunos.

Foi o caso da professora Joana Félix, que comoveu a todos com a simplicidade com que nos contou sobre sua brilhante carreira acadêmica e sobre como está mudando a vida de seus alunos em uma escola técnica do interior de São Paulo. Também o professor Gustavo Guterman surpreendeu em sua fala sobre como a gastronomia pode contribuir para as mudanças sociais de que nosso país tanto precisa. Além deles, tantas outras falas, oficinas, rodas de conversas nos proporcionaram trocas ricas e tantas amizades. Mesmo o momento mais festivo como o jantar que tivemos na quarta à noite são fontes de trocas e estabelecimento de laços importantes.

Achei impressionante o engajamento de todos os participantes na proposta de sustentabilidade do evento. Além das canecas reutilizáveis super bonitas e que também servem como uma lembrança, o uso correto das lixeiras de coleta seletiva e a racionalização do uso do papel chamaram muito a atenção. Fizemos bonito e não poderia ser diferente, afinal estávamos em um câmpus à beira-mar, o que por si só já nos inspira a pensar em consciência ambiental.

Emoções e renovação

A cerimônia de encerramento do Sepei este ano foi especialmente emocionante, pois juntou saudade, alegria, comemorações, uma mistura de sentimentos. Primeiro, recebemos a família do nosso querido professor Heitor Gilberto Éckeli, que faleceu no final do ano passado, para receber uma homenagem. Heitor sempre foi muito parceiro e aproveitamos a oportunidade do Sepei, que é um evento que ele adorava e ao qual sempre se dedicava muito, para inaugurar a nova Sala dos Conselhos da Reitoria, que leva seu nome.

Em seguida, entregamos as premiações do evento para os melhores trabalhos apresentados pelos nossos alunos. É muito bonito ver a vibração de cada aluno pesquisador que teve o reconhecimento da qualidade de seu trabalho pelos nossos avaliadores, indo ao palco receber o certificado. Entregamos também a premiação às equipes vencedoras do Desafio IFSC de Ideias Inovadoras, do 1º Torneio de Robótica Lego do IFSC e conhecemos os melhores projetos do Prêmio IFSC de Inovação. Veja a lista completa dos vencedores na matéria sobre a cerimônia publicada no nosso Portal. Nossa equipe de jornalistas fez várias outras publicações no Portal do IFSC, nas nossas mídias sociais e na IFSCTV - não deixe de conferir!

Por fim, antecipamos o bolo de parabéns para a nossa instituição, que no próximo dia 23 de setembro completará 109 anos de fundação - mais de um século de funcionamento desde que o presidente Nilo Peçanha criou, por decreto, as Escolas de Aprendizes Artífices. Para marcar essa data, publicamos em nosso Portal uma nova Linha do Tempo interativa, com edição de informações feita especialmente pela nossa equipe da Diretoria de Comunicação.

Como eu disse na minha fala de encerramento, o Sepei é um reflexo do que o IFSC é em sua magnitude. Nós nos abastecemos da energia dos nossos alunos. Parabenizo os nossos servidores que se envolveram no evento, e mais diretamente a equipe de coordenação, que teve o trabalho incansável de docentes e TAEs da Reitoria e do Câmpus Florianópolis-Continente. Agradeço especialmente ao professor Caio Martini Monti e a toda equipe do Câmpus Florianópolis-Continente, pela acolhida e engajamento. No ano que vem, estaremos no Oeste!

Codir

Nossa reunião do Colégio de Dirigentes (Codir) realizada na tarde desta sexta-feira (21) tinha como pauta, mais uma vez, o tema da flexibilização da jornada dos TAEs. Esse assunto era o primeiro ponto e tivemos a presença dos membros da Comissão Interna de Supervisão (CIS) e de representantes do Sinasefe. Abrimos para a manifestação dos dois e também dos diretores, e tivemos a solicitação para que a apreciação da proposta de resolução fosse adiada.

Essa possibilidade não foi considerada porque institucionalmente nós temos um prazo para apresentar soluções para a Controladoria-Geral da União (CGU). A discussão foi bastante longa e desgastante, o que se tornou ainda mais difícil em função da manifestação barulhenta e desrespeitosa de TAEs que estavam na Reitoria para se manifestar. Entendo que muitos irão perder um benefício da jornada de 30h, porém como explicitado nos documentos isso não é um direito, e precisamos atender as questões de legalidade, corrigindo as irregularidades constatadas na auditoria.  

O que precisa ficar claro é que a gestão não tem a opção de não atender as recomendações dos órgãos de controle. A realidade é que a jornada de 30 horas semanais de modo amplo e geral não tem mais amparo legal. Por sete anos nós conseguimos garantir essa condição aos TAEs, até o limite da legalidade, mesmo com fragilidades, mas esse limite chegou ao extremo na última auditoria. 

Ficou decidido então que a resolução não seria apreciada pelo Codir, devido à situação constrangedora colocada na reunião. Assim, a jornada dos TAEs será regulamentada por meio de uma Instrução Normativa, considerando as contribuições sobre o tema que foram enviadas pelos câmpus. Deveremos divulgar a IN na segunda-feira, dia 24; até o dia 5 de outubro serão encaminhados os pedidos de concessão de flexibilização e até 22 de outubro sairão as análises dos serviços e servidores que, pela IN, atenderão aos requisitos de atendimento ao público de 12 horas ininterruptas. Com isso, a partir de 1º de novembro, os que não forem flexibilizar deverão voltar à jornada de 40h semanais. Destaquei ainda que conseguimos estender o prazo da CGU, que inicialmente era setembro, para novembro, em consideração aos servidores que precisam reorganizar suas vidas. Em algumas instituições, o dirigente máximo tem feito as adequações à legislação recentemente promulgada de modo imediato. 

A reunião do Codir (as gravações da IFSC TV estão aqui e aqui) ainda tinha outros pontos importantes na pauta, como a apresentação dos resultados do GT da Fonte 250, apresentação de indicadores de Pesquisa e Inovação, proposta para uso de recursos do IFSC Rede e análise da Matriz Conif do PAT 2019. Mas precisamos suspender a reunião por causa do barulho excessivo provocado pelos manifestantes. Eu respeito o direito à livre manifestação, mas o que aconteceu na reunião do Codir extrapolou qualquer limite de respeito e civilidade. Servidores públicos que trabalham com educação não deveriam agir de forma tão desrespeitosa e debochada. Lamento por mim, que era o principal alvo dos manifestantes, mas também pelos colegas diretores, pró-reitores e demais servidores que foram vítima de chacota daquele grupo que, felizmente, não representa a maioria dos nossos servidores. Quero também me desculpar por algum comentário feito durante a reunião, em resposta aos gritos de "fora reitora". Só peço que entendam o momento de tensão e provocação que estamos vivenciando no IFSC, em que não são considerados o trabalho e compromisso com nossa instituição, mas somente alguns interesses individuais e politiqueiros.  

Sigamos trabalhando, de cabeça erguida e consciência tranquila, sempre pelo melhor para nossos alunos.

Até semana que vem!

BLOG DA REITORA

Reditec e flexibilização

BLOG DA REITORA Data de Publicação: 14 set 2018 17:26 Data de Atualização: 14 set 2018 23:02

Olá!

Depois de alguns dias de férias, retornei ao trabalho direto para a Reditec 2018, que é a Reunião Anual dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica. A organização e recepção foi do Instituto Federal Fluminense e o evento reuniu reitores, pró-reitores e dirigentes de todos os institutos federais, numa troca muito rica de experiências e conhecimento sobre o trabalho que vem sendo feito na rede em todo o país. A programação foi muito intensa desde o dia 10 de setembro, durante toda a semana, e bastante produtiva. O tema central das discussões envolveu o desafio da inclusão na realidade do trabalho no século 21 e o papel das nossas instituições de educação no cenário de inovação e desenvolvimento tecnológico. As palestras e mesas redondas foram momentos muito bons de debates e reflexões! 

Um destaque da Reditec foi a Mostra de Experiências Exitosas, na qual servidores de todos os IFs previamente selecionados apresentam os resultados de iniciativas de gestão, de ensino, de pesquisa, de extensão e de inovação que vêm sendo desenvolvidas nas instituições. Nós do IFSC tivemos 13 trabalhos selecionados, dos quais dois foram premiados: "Uma ferramenta de planejamento tático", na categoria Desenvolvimento Institucional e Planejamento; e "Edital de Apoio à Busca Ativa de Público Proeja e Reconhecimento de Saberes no IFSC", na categoria Acesso, Permanência e Êxito. É um orgulho ver nosso trabalho com sua qualidade reconhecida e principalmente inspirando outras experiências nas nossas instituições irmãs. Parabéns aos premiados e aos demais servidores que apresentaram nossas experiências exitosas!

Quem também nos encheu de orgulho foi a equipe Zênite Solar do IFSC, que participou do Desafio Solar Brasil - um rali de barcos movidos energia solar que visa estimular o desenvolvimento de tecnologias para fontes limpas de energias alternativas. O rali foi realizado em Búzios durante a Reditec e a Zênite venceu uma das provas. Eu consegui tirar um tempo para acompanhar um pouco das atividades da equipe.

No encerramento do evento, eu e a reitora do Instituto Federal Catarinense (IFC), Sonia Regina de Souza, apresentamos a Reditec 2019, que será realizada em Florianópolis com as duas instituições compartilhando a organização. Será um grande desafio mas também um privilégio receber o evento anual mais importante da Rede Federal. 

Flexibilização

O tema da jornada flexibilizada dos servidores técnico-administrativos (TAEs) continua em discussão. A Instrução Normativa nº 2 do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, publicada no Diário Oficial no último dia 12 de setembro (disponibilizo cópia aqui e aqui), deixa as questões muito mais claras no que diz respeito às normas que precisam ser cumpridas e que são definidas pela lei federal. Define as regras gerais para a jornada de trabalho do serviço público federal e também trata do atendimento ao público, assim como os serviços que não são passíveis de flexibilização. 

Ontem fui surpreendida com uma moção de repúdio contra mim, publicada no site do Sinasefe-SC, na qual sou acusada de agir de forma autoritária, antidemocrática e sem transparência. Desde que as auditorias da Controladoria Geral da União (CGU) apontaram os problemas na flexibilização nos setores da instituição nós tratamos o tema com transparência, discutindo com os gestores, diretores e servidores todas as implicações e o que precisa ser corrigido. As irregularidades colocam em risco o IFSC e os próprios servidores, por isso não temos a alternativa de não acatar as recomendações.

Nesse processo, convidamos o Sinasefe e a Comissão Interna de Supervisão (CIS) para participar de uma comissão de flexibilização, mas ambos declinaram, pois não aceitam a revisão da resolução e dos processos de concessão, recomendados pela CGU. A revisão da flexibilização é uma questão legal e neste momento não há espaço para intolerância. Fiz questão de enviar uma mensagem diretamente para os nossos alunos, pois soube que havia um movimento tentando mobilizá-los em protestos e manifestações, com informações parciais e enviesadas. Acho que o sindicato, infelizmente, que está agindo com falta de transparência e intolerância, pois distorce as informações. Somos todos servidores públicos, e me sinto desrespeitada como servidora e também como mulher, pois os ataques que venho sofrendo são machistas e misóginos. Lutamos tanto, homens e mulheres, pela igualdade, e neste momento estão mostrando seu lado mais perverso de preconceito contra uma mulher gestora. Destaco que somos uma instituição educadora e devemos dar o exemplo de respeito, educação e cordialidade.  

Sepei 

Teremos na próxima semana um momento que todos esperam durante o ano todo, que é o Sepei, nosso Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação, que está na sétima edição. Este ano o evento será realizado no Câmpus Florianópolis-Continente, que está com os preparativos a mil por hora para receber as delegações com nossos alunos e servidores que vêm participar das atividades em torno do tema geral "ConsCiência: escola que transforma". Mais de 1.600 participantes são esperados nas atividades, que além da apresentação de trabalhos envolve também oficinas, palestras, rodas de conversas e mostras culturais. Estamos ansiosos esperando por todos!

Outros assuntos

Falecimento - Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do servidor Felipe Wojcikiewicz, que trabalhava no Departamento de Metal-Mecânica do Câmpus Florianópolis. Um servidor jovem e muito querido pelos colegas, que agora têm o difícil desafio de conviver com a saudade. As últimas homenagens a ele serão neste sábado, no crematório de Palhoça. Meus sentimentos aos familiares nesse momento de luto.

Até a próxima semana!

BLOG DA REITORA