Pular para o conteúdo

Notícias

Glossário do Ingresso do IFSC

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 01 jun 2022 10:40 Data de Atualização: 21 jun 2022 08:52

Sabemos que somos uma instituição complexa. E como não ser com 22 câmpus e diversos tipos de cursos? 😬 Por causa disso, temos processos seletivos com muitas informações e que, às vezes, podem gerar dúvidas em quem quer estudar aqui. Não é à toa que o tema que mais abordamos aqui no Blog é relacionado aos nossos cursos e processos seletivos justamente para esclarecer diversos questionamentos que recebemos em nossos canais de relacionamento.

Para facilitar ainda mais o entendimento do ingresso para estudar no IFSC, organizamos um glossário com os principais termos - em ordem alfabética - que utilizamos quando falamos dos nossos processos seletivos. Veja abaixo:

A  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z

Aprovado: Candidato que foi selecionado para estudar no IFSC por meio de algum dos nossos processos seletivos.

Aluno: Candidato selecionado em um dos nossos processos seletivos e que efetuou a matrícula no IFSC. Temos todo um menu Estudante no nosso Portal dedicado a quem se torna nosso aluno.

Análise documental: Forma de seleção de alguns cursos do IFSC em que a escolha dos candidatos é feita a partir da análise de determinados documentos que rendem pontuações específicas. A análise documental pode considerar a situação socioeconômica do candidato ou ainda seu currículo. O edital do curso detalha o que será analisado pelo IFSC.

Atendimento especial: Candidatos com necessidades especiais podem solicitar um atendimento especial para a realização da prova de seleção quando for o caso. As condições sempre aparecem descritas no edital.

Voltar para o índice ⬆️

Bacharelado: É um dos tipos de cursos de nível superior oferecidos pelo IFSC. O bacharelado é um curso superior generalista, de formação científica ou humanística, que confere ao diplomado competências em determinado campo do saber para o exercício de atividade profissional, acadêmica ou cultural, com o grau de bacharel.

Banca de heteroidentificação: Etapa do Sistema de Cotas do IFSC em que candidatos que se inscrevam para as cotas destinadas a pessoas pretas e pardas devem, além de entregar a autodeclaração de preto ou pardo, participar de uma banca, denominada banca de heteroidentificação, em que serão avaliados os critérios fenotípicos do candidato.

Voltar para o índice ⬆️

Cadastro de Interesse: Formulário para que os interessados em estudar no IFSC deixem seu e-mail e, desta forma, recebam uma mensagem quando estivermos com inscrições abertas.

Cadastro Reserva: É uma lista composta por candidatos convocados no chamadão que enviam a documentação solicitada e que não são contemplados com vaga no respectivo curso. Esse cadastro de reserva leva em conta a classificação geral do candidato e a sua classificação nas cotas, se for o caso. Se houver um cancelamento de matrícula por algum aluno, um novo candidato é chamado com base nesse cadastro de reserva.

Calendário: Quando falamos em calendário, são datas importantes que precisam ser acompanhadas. Temos um calendário de inscrições, em que é possível acompanhar quando abriremos vagas para inscrições em nossos cursos, e o calendário acadêmico, com datas de início e fim de semestre - além de outros eventos - que precisa ser consultado pelos alunos.

Câmpus: É a unidade do IFSC em que você irá estudar. Atualmente, temos 22 câmpus espalhados por todas as regiões de Santa Catarina. Aqui no IFSC, utilizamos a grafia câmpus e já explicamos sobre isso neste post.

Candidato: É toda pessoa interessada em estudar no IFSC que se inscreve no nosso processo seletivo.

Chamadão: É um processo que o IFSC faz para otimizar o preenchimento das vagas de forma que o maior número de alunos possa ingressar no curso desde o primeiro dia de aula. Ao divulgarmos os aprovados em segunda chamada, divulgamos junto uma “lista de espera”, que é o tal do chamadão. Os candidatos que estão nesta lista são convocados para manifestar o interesse na vaga para que, caso os selecionados para segunda chamada não se matriculem, eles possam assumir as vagas disponíveis. Detalhamos tudo neste post.

Cotas: Reserva de vagas para candidatos oriundos de escolas públicas, de baixa renda, autodeclarados pretos, pardos e indígenas e pessoas com deficiência. Veja como funciona o sistema de cotas do IFSC.

Cronograma: Parte do edital em que são apresentadas todas as datas e eventos do processo seletivo. É fundamental que o candidato acompanhe este cronograma para não perder nenhum prazo.

CST ou Curso Superior de Tecnologia: É um dos tipos de cursos de nível superior oferecidos pelo IFSC. É um curso superior de formação especializada em áreas científicas e tecnológicas, que confere ao diplomado competências para atuar em áreas profissionais específicas, caracterizadas por eixos tecnológicos, com o grau de tecnólogo. O formado nestes cursos tem a mesma titulação que dos demais cursos de graduação, podendo participar de cursos de pós-graduação, por exemplo.

Curso: É o principal “serviço” que o IFSC oferece à comunidade. De acordo com o Regulamento Didático-Pedagógico do IFSC, o RDP, curso é um “conjunto de atividades educativas formais que constroem um perfil de formação, composto por componentes curriculares, agrupados em períodos letivos; incluindo estudantes, professores e um projeto pedagógico”. Veja todos os cursos que o IFSC oferece aqui.

Cursos técnicos: São cursos de ensino profissional, orientados para a rápida integração do aluno no mercado de trabalho e destinam-se a pessoas que já terminaram o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio. No IFSC, são três tipos de oferta de cursos técnicos: integrado, concomitante e subsequente. Explicamos aqui a diferença entre os nossos cursos técnicos.

Curso Técnico Concomitante: Tipo de curso técnico voltado a quem possui Ensino Fundamental completo e vai cursar ou está cursando o Ensino Médio em outra instituição. Nesses cursos, o aluno frequenta no IFSC apenas as disciplinas da formação técnica escolhida.

Curso Técnico Integrado: Tipo de curso técnico voltado a quem possui Ensino Fundamental completo. Nesses cursos, o aluno faz o Ensino Médio no IFSC junto a uma formação técnica. É o que chamamos de Ensino Médio Técnico.

Curso Técnico Subsequente: Tipo de curso técnico voltado para quem possui Ensino Médio completo. Nesses cursos, o aluno frequenta no IFSC apenas as disciplinas da formação técnica escolhida.

Voltar para o índice ⬆️

Deing: É a sigla do Departamento de Ingresso do IFSC, que faz parte da Pró-Reitoria de Ensino, e é responsável por organizar e gerir todos os processos seletivos do IFSC. São eles que respondem o famoso e-mail ingresso@ifsc.edu.br para quem tem dúvidas.

Voltar para o índice ⬆️

EaD: Sigla que usamos para falar da educação a distância. Aqui no IFSC temos, além dos cursos presenciais, opções de cursos que são oferecidos a distância. Explicamos neste post como funciona a nossa EaD.

Edital: É o documento que reúne todas as regras do processo seletivo e leitura obrigatória para todos os candidatos. Aqui neste post te ajudamos a entender o edital.

EJA: Sigla que se refere à educação de jovens e adultos. São cursos oferecidos a quem está há algum tempo fora da escola e não conseguiu terminar seus estudos (ensino fundamental ou médio) em idade regular. No IFSC ofertamos o Proeja, veja mais aqui.

Enem: É o Exame Nacional do Ensino Médio que tem como principal finalidade a avaliação individual do desempenho do participante ao final do Ensino Médio. A nota do Enem é utilizada por muitas universidades e institutos federais como forma de seleção para seus cursos de graduação. No IFSC, usamos o Sisu (além do vestibular) para ingresso em nossos cursos de graduação, que utiliza a nota do Enem. Ela também é válida para concorrer às vagas remanescentes em cursos de graduação (explicamos o que é o Sisu e as vagas remanescentes na sequência).

Ensino Médio Técnico: É como chamamos os cursos técnicos integrados ao Ensino Médio do IFSC, que são aqueles cuja formação técnica e básica ocorrem de forma integrada, numa perspectiva de formação humana integral. Neste post, explicamos o que o Ensino Médio do IFSC tem de diferente.

Especialização: São os cursos de pós-graduação lato sensu que tem como objetivo aprofundar os conhecimentos do aluno sobre determinada área.

Estatísticas dos processos seletivos: São dados relacionados aos nossos processos seletivos, como a relação candidato/vaga, índice de abstenção, pontuação das provas e melhores classificados dos processos seletivos do IFSC.

Exame de Classificação: É a prova que os interessados em fazer o Ensino Médio Técnico no IFSC precisam fazer para concorrer a uma das vagas - no caso dos cursos que tem seleção por este método. Temos um post com dicas de como se preparar para o exame.

Voltar para o índice ⬆️

FIC: É a sigla de Formação Inicial e Continuada que, nada mais são do que nossos cursos de qualificação profissional. Os cursos FIC, como chamamos internamente, atendem a necessidade de aperfeiçoamento para profissionais de diversas áreas, em temas específicos e práticos. Também abrangem cursos de idiomas, como Inglês e Espanhol.

Voltar para o índice ⬆️

Gabarito: São as respostas do exame de classificação realizado como processo seletivo para alguns cursos técnicos integrados ao Ensino Médio. O gabarito é divulgado no mesmo dia de realização do exame.

Graduação: São os cursos de Ensino Superior voltados para quem já concluiu o Ensino Médio. O IFSC oferece três tipos de cursos de graduação: CST, bacharelado e licenciatura. Entenda aqui a diferença entre eles.

Guia de Cursos: É a área do Portal do IFSC em que você consegue ver os cursos que ofertamos por tipo e por local de oferta. Para isso, basta entrar na página de cada tipo de curso e ver se há vagas abertas no momento. Mesmo quando não tiver vaga, você pode ver a página específica do curso do seu interesse para mais informações.

Voltar para o índice ⬆️

Índice de abstenção: é o valor que indica quantas pessoas não foram fazer a prova do processo seletivo em relação ao total de inscritos.Disponibilizamos esta informação na página de estatísticas dos processos seletivos

Ingresso: É o processo que irá selecionar as pessoas interessadas em estudar no IFSC.

Inscrição: É o ato de uma pessoa demonstrar interesse em estudar no IFSC registrando formalmente a sua vontade no curso que deseja. A inscrição para cursos do IFSC é feita exclusivamente pela internet. Saiba mais detalhes aqui.

Isenção: A palavra é usada por aqui para falar da isenção do pagamento da taxa de inscrição. A maior parte dos nossos processos seletivos não tem taxa de inscrição. No caso dos processos com prova, é cobrada uma taxa de inscrição dos candidatos. No entanto, pessoas de baixa renda e doadores regulares de sangue podem solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição, ou seja, mostrando os documentos indicados não precisam pagar a taxa, ficam isentas do pagamento.

Voltar para o índice ⬆️

Lato Sensu: É um dos tipos de pós-graduação oferecidas no IFSC e compreende programas de especialização, geralmente voltados ao mercado de trabalho. Esse tipo de curso tem duração mínima de 360 horas e, ao final, o aluno obtém um certificado.

Licenciatura: É um dos tipos de cursos de nível superior oferecidos pelo IFSC. É um curso superior que confere ao diplomado competências para atuar como professor na educação básica, com o grau de licenciado.

Lista de espera: Lista das pessoas não aprovadas no processo seletivo do IFSC, mas que foram classificadas e ficam em espera, ou seja, podem ser chamadas caso haja vagas disponíveis.

Voltar para o índice ⬆️

Manifestação de interesse: É o que as pessoas fazem para permanecer na lista de espera - no caso do chamadão - ou para se inscrever, no caso de vagas remanescentes. Os editais trazem as orientações para que o candidato faça a manifestação de interesse na vaga do curso escolhido.

Matrícula: A matrícula é o procedimento que garante a sua vaga no IFSC - ela deve ser feita por aqueles que já foram aprovados no processo seletivo. Ao fazer a matrícula você efetua seu registro no curso para o qual foi selecionado(a) e passa a ser um(a) aluno(a) do IFSC. Veja nossa página com orientações para matrículas.

Matriculado: É a pessoa que, após selecionada para um curso no IFSC, efetua a matrícula no prazo indicado no edital e passa a ser estudante da instituição.

Mestrado: São cursos de pós-graduação com o objetivo de qualificar o aluno por meio de aulas e pesquisa científica, que é desenvolvida pelo mestrando com a orientação de um professor. No IFSC, só temos mestrados profissionais por enquanto. Neste post, explicamos a diferença entre mestrado profissional e acadêmico.

Modalidade: Modo de desenvolvimento do curso quanto ao acompanhamento das atividades acadêmicas, podendo ser presencial ou a distância.

Voltar para o índice ⬆️

Negativa de matrícula simultânea: É a declaração de que a pessoa não faz um curso técnico ou graduação em outra instituição pública. O documento é exigido na hora da matrícula e está disponível para preenchimento na página de orientações para matrícula.

Voltar para o índice ⬆️

PcD: Sigla para pessoas com deficiência. O Sistema de Cotas do IFSC reserva vagas para PcD. O detalhamento pode ser encontrado nos editais.

Portal de Inscrições: É o sistema do IFSC em que devem ser feitas as inscrições para os cursos e onde é possível fazer o acompanhamento da inscrição, alterando dados e acessando o desempenho nas provas, por exemplo.

Portal do IFSC: É o site onde você encontra todas as informações sobre nossa instituição. Já fizemos um post aqui fazendo um tour pelo nosso portal. Vale a pena embarcar nesta viagem! 😉

Pós-graduação: São cursos para quem já concluiu o Ensino Superior e deseja continuar seus estudos, expandindo seu conhecimento e qualificando-se ainda mais para o mercado de trabalho. No IFSC, temos dois tipos de pós-graduação: especialização e mestrado.

PPI: Sigla para pretos, pardos ou indígenas, que é como chamamos uma das cotas que temos.

Pré-requisito: São as condições necessárias para que um candidato possa se matricular em um de nossos cursos. Na página de cada curso temos os pré-requisitos e esta informação também sempre está disponível nos editais.

Primeira chamada: É a divulgação dos melhores colocados num processo seletivo. Trata-se da lista com os primeiros nomes chamados a preencher as vagas para determinado curso.

Proeja: É como chamamos os cursos do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos, voltados a quem não completou o Ensino Fundamental ou Médio em idade regular. Num curso Proeja, o aluno tem a oportunidade de concluir seus estudos e junto fazer um curso de qualificação ou um curso técnico.

Prova: É uma das formas de seleção que utilizamos para alguns cursos. No caso dos cursos técnicos integrados, a prova é chamada de Exame de Classificação. No caso de cursos de graduação, a prova pode ser a do Enem ou a do vestibular.

Voltar para o índice ⬆️

Qualificação profissional: São os nossos cursos de formação inicial e continuada (FIC), indicados para quem deseja atualizar conhecimentos em sua área de atuação ou quem queira se reinserir no mercado de trabalho.

Voltar para o índice ⬆️

RA: É a sigla para o setor de Registro Acadêmico, que é o setor responsável por realizar as matrículas nos câmpus.

Relação candidato/vaga: É o número que indica quantas pessoas se inscreveram para concorrer às vagas de um curso. Disponibilizamos esta informação na página de estatísticas dos processos seletivos.

Resultado: É a lista com os nomes dos selecionados para os nossos cursos. Os resultados podem ser divulgados na página que temos só para isso ou no sistema de resultados do IFSC.

Retorno de graduado: Processo pelo qual quem já é formado em um curso de graduação pode fazer outro curso de graduação no IFSC caso tenha os pré-requisitos necessários e haja vagas para esta forma de ingresso.

Voltar para o índice ⬆️

Sistema de Cotas: É o sistema que reserva um percentual das vagas de cursos técnicos e de graduação para candidatos oriundos de escolas públicas. Dentre estes há ainda cotas para candidatos de baixa renda, autodeclarados pretos, pardos e indígenas e pessoas com deficiência. Veja neste post como funciona o sistema de cotas do IFSC. Inclusive, temos um quiz bem legal para você descobrir se pode se inscrever pelo sistema de cotas e, se for o caso, em qual das cotas pode concorrer.

Segunda chamada: Momento em que os candidatos que estão classificados na sequência da lista de classificação são convocados para fazer a matrícula, caso os aprovados na primeira chamada não efetuem a sua matrícula ou não cumpram os requisitos para fazer o curso.

Sisu: É a sigla para o Sistema de Seleção Unificada do Ministério da Educação. O IFSC - e outras instituições de educação - utilizam o Sisu como processo seletivo para seus cursos de graduação.

Sorteio: É a forma de seleção utilizada para alguns cursos do IFSC. No nosso caso, é feito um sorteio público de forma eletrônica. Veja os detalhes aqui.

Stricto Sensu: É um dos tipos de cursos de pós-graduação que engloba os programas de mestrado e doutorado.No caso do IFSC, por enquanto temos cursos stricto sensu em nível de mestrado.

Voltar para o índice ⬆️

Taxa de inscrição: É o valor cobrado para que um candidato participe de algum dos processos seletivos do IFSC. A maior parte dos processos seletivos do IFSC não tem taxa de inscrição e, nos que têm, é possível solicitar a isenção do pagamento da taxa se for candidato de baixa renda ou doador regular de sangue.

Tecnólogo: Nome dado a quem se forma em um curso superior de tecnologia (CST) ou também como é “apelidado” este tipo de curso.

Transferência: Processo pelo qual também é possível estudar no IFSC. Pode ser transferência interna (quando algum aluno do IFSC quer trocar de curso dentro da instituição) ou externa (quando algum aluno de outra instituição quer trocar seu curso para o mesmo curso do IFSC).

Voltar para o índice ⬆️

Vagas remanescentes: São vagas não preenchidas nos processos seletivos e que são disponibilizadas para interessados em estudar no IFSC e que cumpram os pré-requisitos.

Vestibular: Prova aplicada para quem deseja concorrer a vagas nos cursos de graduação do IFSC. Nem todos os cursos de graduação utilizam o vestibular como forma de seleção. Em alguns, a seleção é apenas pelo Sisu, que considera a nota do Enem.

Voltar para o índice ⬆️

Ufa! Tem coisa, né? 😅 Será que nos esquecemos de algum? 🤔 Deixe nos comentários.

Saiba mais

Leia os posts que já fizemos sobre processos seletivos aqui no Blog:

Afinal, o que é um edital?
Quer estudar no IFSC? A gente te ajuda a ler o edital!
As dúvidas mais respondidas sobre nosso Ingresso
Por dentro do ingresso do IFSC: entenda todas as etapas
É possível fazer mais de um curso no IFSC?
Inscrição X matrícula: tem diferença?
Sistemas de cotas no IFSC: como funciona?
Como se inscrever pelo sistema de cotas no IFSC?
Estrangeiros podem se inscrever nos cursos do IFSC?
O que é um curso FIC ou de qualificação?
O que o Ensino Médio do IFSC tem de diferente?
Qual a diferença entre os cursos técnicos integrados, concomitantes e subsequentes ao Ensino Médio?
Qual a diferença entre bacharelado, licenciatura e curso superior de tecnologia?
Qual a diferença entre pós-graduação lato sensu e stricto sensu?
Educação a distância no IFSC: como funciona?
Decifrando o Enem
Como se preparar para o Exame de Classificação do IFSC?
O que é o Chamadão do IFSC?

E se você tem alguma dúvida que não respondemos sobre o ingresso aqui neste post, acesse nossa página de perguntas frequentes que tem bastante informação por lá.

Receba nossos posts

Se quiser ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC, clique aqui.

Você também pode receber nossos posts no seu e-mail sempre que forem publicados fazendo seu cadastro aqui.

 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Nó: liferay-ce-prod01

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.