Pular para o conteúdo

Notícias

Cursos do IFSC foram bem avaliados pelo Inep no segundo semestre de 2018

CÂMPUS CANOINHAS Data de Publicação: 21 jan 2019 10:58 Data de Atualização: 28 ago 2019 15:24

De terça a sexta-feira, 22 a 25 de janeiro, vão ser abertas inscrições para cursos de graduação do IFSC pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa a nota do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) de 2018. Sete cursos que vão abrir vagas pelo Sisu, todos do tipo superior de tecnologia, passaram por avaliação de reconhecimento pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no segundo semestre de 2018 e todos ficaram entre os dois maiores conceitos possíveis na avaliação (5 ou 4).

A avaliação para reconhecimento de um novo curso de graduação é feita depois que a primeira turma passa para a segunda metade do curso, quando são verificados os indicadores definidos no instrumento de avaliação desenvolvido pelo Inep. Ela leva em conta três itens, chamados “dimensões”: infraestrutura, organização didático-pedagógica e corpo docente e tutorial (professores).

Os avaliadores, que vão ao câmpus para analisar essas variáveis, atribuem a cada uma nota de 0 a 5, o que resulta no chamado “conceito final contínuo”, um valor resultante da média entre as notas dadas às três dimensões. Por fim, o conceito final contínuo, gera o “conceito final faixa”, que é um número inteiro, sendo 5 o maior possível.

Dois cursos do IFSC avaliados no segundo semestre de 2018 ficaram com conceito faixa 5: Alimentos do Câmpus São Miguel do Oeste e em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Câmpus Canoinhas. Alimentos passou por avaliação entre 30 de setembro e 3 de outubro e teve conceito contínuo de 4,61. Já Análise e Desenvolvimento de Sistemas, avaliado de 21 a 24 de novembro, ficou com conceito contínuo de 4,52.

Os outros cinco cursos de graduação do IFSC que receberam avaliações de reconhecimento no segundo semestre de 2018 ficaram com conceito faixa  4. O primeiro a ser avaliado foi o superior de tecnologia em Viticultura e Enologia do Câmpus Urupema, entre 29 de agosto e 1º de setembro, que recebeu conceito continuo de 4,32.

Três cursos que ficaram na faixa 4 foram avaliados no mesmo período, de 21 a 24 de novembro: os superiores de tecnologia em Alimentos (Câmpus Urupema), que teve conceito contínuo 4,47; em Design de Moda (Câmpus Gaspar), com conceito contínuo 3,96; e em Processos Gerenciais (Câmpus Gaspar), com conceito contínuo 4,46.

Projeto para desenvolver o potencial da uvaia, fruta típica da Serra Catarinense, teve participação do curso de Alimentos do Câmpus Urupema


O último curso a ser avaliado foi o superior de tecnologia em Processos Químicos do Câmpus Lages, de 2 a 5 de dezembro. O curso recebeu conceito contínuo de 4,02.

 

CÂMPUS CANOINHAS CÂMPUS GASPAR CÂMPUS LAGES CÂMPUS SÃO MIGUEL DO OESTE CÂMPUS URUPEMA ESTUDE NO IFSC