Pular para o conteúdo

Notícias

Estudante do Câmpus Joinville viaja para intercâmbio de três meses em Portugal

ENSINO Data de Publicação: 06 mar 2019 13:40 Data de Atualização: 06 mar 2019 13:47

O recesso de carnaval deste ano teve uma função diferente para a estudante Mayara Tszesnioski Maçaneiro, que usou os dias de folga para os últimos preparativos para sua viagem de intercâmbio. Nesta quarta-feira (6), a aluna do 7º módulo do Ensino Médio Técnico Integrado em Eletroeletrônica do Câmpus Joinville embarcou para Portugal, pelo Programa de Intercâmbio Internacional para Estudantes do IFSC (Propicie).

Mayara foi selecionada para participar do projeto de pesquisa Virtual Instruments Systems in Reality (Visir+), no Instituto Politécnico do Porto (IPP), na cidade do Porto, onde fica por três meses. “O Visir é um laboratório remoto que auxilia no estudo de circuitos elétrico e pode ser acessado de qualquer parte do mundo. É muito útil para escolas que não tem laboratório, porque funciona melhor que um simulador. É um laboratório remoto com resultados reais”, explica a estudante, empolgada com o projeto.

Acostumada com projetos de pesquisa e extensão, ela está feliz com a oportunidade. “Sempre tive muita vontade de conhecer outros países e viver novas experiências. Vai ser uma troca de conhecimentos muito boa. Se fazer extensão no IFSC já é muito bom, imagina em Portugal”, comenta a estudante, que, no Câmpus Joinville, participou do projeto Pulando na cadeia de carbono, orientado pela professora de química, Lukese Menegussi.

Aos 18 anos, esta é a primeira vez que a jovem foi morar longe da família. “Meus pais ficaram nervosos, mas bem animados”, conta Mayara, que vai dividir quarto, em uma casa para estudantes e jovens trabalhadores, com outras duas intercambistas do IFSC, Larissa Gremelmaier Rosa, do Técnico Concomitante em Desenvolvimento de Sistemas, do Câmpus Garopaba, e Yasmim Schmitz, do Ensino Médio Técnico Integrado em Refrigeração e Climatização, do Câmpus São José.

Além de participar de uma experiência internacional de pesquisa e aprimorar a língua inglesa, a jovem quer aproveitar o tempo livre para conhecer Portugal e viajar pelos países próximos. “Gosto muito de história e museus em geral. O Museu do Louvre, em Paris, está na minha lista”, comemora.

Sobre o intercâmbio

O Propicie é um programa de intercâmbio do IFSC para alunos de cursos de nível técnico e graduação interessados em realizar atividades de pesquisa científica, de desenvolvimento tecnológico, de extensão, de estágio e de inovação em instituições parceiras. Os projetos podem ser desenvolvidos nos seguintes países: Alemanha, Espanha, Finlândia, França e Portugal.

Todo semestre é lançado um edital com o número de vagas e projetos disponíveis. Para este semestre, por exemplo, a 15ª edição do Propicie ofertou 13 vagas, sendo oito para alunos de cursos técnicos e cinco para alunos de cursos de graduação, com reserva de vagas para ações afirmativas. As etapas de seleção envolvem uma etapa eliminatória de avaliação da proficiência na língua inglesa e outra classificatória com base nos documentos e informações fornecidas pelo candidato.

Os alunos selecionados para intercâmbio recebem um auxílio financeiro de R$ 2,5 mil mensais, durante três meses, mais R$ 4 mil como auxílio deslocamento. Os contemplados nas vagas reservadas a ações afirmativas recebem também um auxílio de R$ 2,5 mil para outras despesas.

ENSINO CÂMPUS JOINVILLE