Pular para o conteúdo

Notícias

Curso de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Câmpus Canoinhas garante conceito 4 no Enade

CÂMPUS CANOINHAS Data de Publicação: 19 set 2022 10:41 Data de Atualização: 23 set 2022 11:57

O curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Câmpus Canoinhas obteve nota 4 de conceito no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2021. Na escala que vai de 1 a 5, o conceito 4 indica que o curso tem um rendimento superior à média esperada.

O resultado foi divulgado na semana passada pelo Ministério da Educação (MEC) e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), junto com os resultados individuais do Enade aplicado em 2021, que mede o desempenho dos estudantes, e o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Esperado e Observado (IDD), cuja nota foi 3.

“Precisamos realizar avaliações para entendermos o que tem e o que não tem funcionado. Neste sentido, o Enade é uma das mais importantes provas pelas quais passamos, já que ela avalia diretamente a formação dos nossos alunos - nossa principal atividade-fim”, explica o coordenador do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Lucas Bueno.

O professor lembra que, por conta da pandemia, os alunos avaliados cursaram aproximadamente a metade do curso no formato não presencial. “Então, entendo também que a obtenção de um ótimo resultado nesta edição tem um significado extra: indica que conseguimos, com muito esforço e dedicação de todos os envolvidos, superar algumas das barreiras impostas por este difícil momento”, enfatiza.

Com base nos relatórios do exame, o curso tem um diagnóstico dos aspectos positivos e pontos a serem melhorados. “Vamos reforçar o que parece estarmos acertando e trabalhar dobrado no que precisamos melhorar”, garante o coordenador do curso de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Entenda o Enade

Previsto na lei que institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), de 2004, o Enade avalia o desempenho dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos e as habilidades e competências desenvolvidas pelo estudante durante sua formação.

A cada ano, o MEC divulga os cursos que passarão pelo Enade. O exame é obrigatório para os alunos concluintes nos cursos indicados, que precisam responder ao questionário do estudante e realizar a prova para poder colar grau. No caso dos alunos ingressantes, a instituição precisa inscrevê-los para fins de regularidade.

Com base no desempenho dos estudantes, é que são calculados dois Indicadores de Qualidade da Educação Superior: o Conceito Enade e o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Esperado e Observado (IDD).

O Conceito Enade é um indicador de resultado, calculado a partir dos desempenhos dos estudantes de cada curso de graduação avaliado. Esse cálculo é feito considerando os dados do desempenho individual dos estudantes nas provas de Formação Geral e Componente Específico e o número de alunos participantes de cada curso por instituição.

Já o IDD é um indicador de processo e busca mensurar o valor agregado pelo curso à formação dos estudantes, considerando seus desempenhos no Enade contextualizados a partir de suas características na entrada da graduação

A edição do Enade deveria ter sido realizada no ano de 2020, mas, diante da pandemia de Covid-19, o exame não ocorreu e foi executado em caráter excepcional em 2021. Doze cursos do IFSC participaram da edição do ano passado do exame.

Conheça o curso

Iniciado em 2016, o curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas tem duração de seis semestres, com aulas no período noturno. O curso é gratuito e oferta quarenta vagas por ano. O ingresso é no primeiro semestre, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O curso tem o objetivo de formar profissionais aptos a analisar, projetar, documentar, especificar, testar, implantar e manter sistemas computacionais de informação. O tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas trabalha também com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas.

Raciocínio lógico, emprego de linguagens de programação e de metodologias de construção de projetos, preocupação com a qualidade, usabilidade, robustez, integridade e segurança de programas computacionais são fundamentais à atuação deste profissional.

O mercado de trabalho é composto por empresas de tecnologia e instituições públicas, privadas e do terceiro setor que demandem sistemas computacionais, especialmente envolvendo programação de computadores.

Clique aqui para acessar o Guia de Cursos

CÂMPUS CANOINHAS INSTITUCIONAL

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.