Pular para o conteúdo

Notícias

IFSC lança Programa de Apoio à Iniciação Científica, Desenvolvimento Tecnológico, Inovação e Pós-Graduação

PESQUISA Data de Publicação: 29 set 2022 10:14 Data de Atualização: 30 set 2022 09:16

Entrou em vigor neste mês o Programa de Apoio à Iniciação Científica, Desenvolvimento Tecnológico, Inovação e Pós-Graduação do IFSC (Proapoio). Instituído pela resolução do Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) de nº 70, o programa tem como objetivo fortalecer a iniciação científica, o desenvolvimento tecnológico, a inovação e a pós-graduação por meio da iniciação à pesquisa e do desenvolvimento de atividades de pesquisa científica e tecnológica na instituição. Na prática, o Proapoio regulamenta muitas medidas que já vinham sendo adotadas no IFSC.

Leia a resolução Cepe nº70/2022 na íntegra 

O diretor de pesquisa do IFSC, Clóvis Petry, explica que o Proapoio foi criado em decorrência da nova resolução de pesquisa publicada em agosto, quando se optou por abordar de maneira mais geral a parte de bolsas de auxílios, remetendo o assunto para uma regulamentação específica. “Esta escolha ocorreu para se poder detalhar os programas de bolsas, devido a sua relevância e especificidades, além de orientar o fomento e as modalidades de bolsas, principalmente discentes”, explica.

Conheça o novo regulamento das atividades de pesquisa do IFSC

A resolução apresenta definições, o programa e seus subprogramas, também indicando quem pode participar de cada. De acordo com Petry, em grande medida, o programa regulamenta o que já era praticado na instituição, mas busca contemplar em um único documento as modalidades de bolsas e linhas de apoio, tanto com recursos próprios do IFSC, além daquelas captadas externamente. "Assim tanto a Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação como os câmpus podem se basear na previsão legal do programa, visando o fomento das diversas atividades que envolvem pesquisa, pós-graduação e inovação”, afirma. Além disso, a nova resolução prevê a possibilidade de cotas ou ações de fomento que visem o atendimento a realidades específicas, regiões ou públicos que se pretenda incentivar a participarem nas atividades do programa.

Uma diferença importante que a nova resolução traz é que antes alguns programas ocorriam apenas mediante a publicação de editais,ou seja, não estavam previstos para terem continuidade para além dos editais. “Agora o programa institui estes subprogramas e os editais são os elementos que detalham o acesso ao fomento, auxílios e bolsas”, esclarece o diretor de pesquisa do IFSC.

Novos valores de bolsas e auxílios

Considerando o Proapoio, nesta quinta-feira (29), uma portaria do Reitor atualizou a tabela de referência de valores de bolsas e auxílios. Clique aqui para consultar os novos valores.

PESQUISA

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.