Pular para o conteúdo

Notícias

Feira de Economia Solidária irá comercializar produtos na quarta-feira

CÂMPUS CHAPECÓ Data de Publicação: 14 nov 2019 19:46 Data de Atualização: 14 nov 2019 20:06

O Câmpus Chapecó organiza a 4ª edição da Feira de Economia Solidária. A entrada é gratuita e toda   a comunidade do câmpus e de fora dele está convidada a participar. Será na quarta-feira (20), das 16h às 19h, no pátio do câmpus, no bairro Seminário.

Durante o evento, haverá apresentações e atividades culturais, além de vários produtos para comercialização, como livros, florais e, na área da alimentação, comidas prontas orgânicas e diversos alimentos saudáveis. O evento é organizado pelo professor Cleder Fontana em parceria com alunos e outros servidores, como a coordenadora desta edição do Programa Mulheres Sim, Ângela Silva.

Um dos setores que será fortemente representado será o artesanato. Isso porque as 30 alunas do Programa Mulheres Sim irão comercializar desde produtos de higiene como sabonetes e sabão líquido até sachê perfumados, aromatizantes, entre outros. São itens produzidos por elas desde agosto, quando elas iniciaram a participação no programa, no Câmpus Chapecó.

O programa conta com três etapas: a primeira é o curso, que encerrou no final de outubro; em seguida é a vez da Feira de Economia Solidária, na próxima semana. E, por último, haverá o acompanhamento das mulheres por meio de palestras de alimentação saudável e violência contra a mulher, além de cursos e encontros esporádicos.

As mulheres que participam desta edição do programa moram em diferentes bairros de Chapecó e foram captadas por meio da Associação de Mulheres de Chapecó. Joci Tauffer, da Água Amarela, gostou da troca de ideias e do aprendizado nos últimos meses. Na próxima semana, ela e as colegas devem voltar ao IFSC para vender o que aprenderam a fazer: “Aprendemos a fazer vários itens, como sabão líquido, sabonete, sachês perfumados. É ótimo aprender e poder vender para auxiliar o grupo de mulheres financeiramente”, afirma. 

Outra participante mora no bairro Bela Vista e também pretende participar da Feira para comercializar os produtos, desenvolvidos por ela e as colegas. “Todo o programa é um ótimo incentivo para as mulheres, especialmente quando nós, que tivemos a oportunidade de fazer o curso, voltamos para nossos espaços e transmitimos os conhecimentos”, conta Ester Menin.

A coordenadora do programa, Ângela Silva, afirma que as principais habilidades a serem desenvolvidas nas alunas são a comunicação e expressão, o acesso às tecnologias e o desenvolvimento de produtos como artesanato. 

“Ainda, o programa visa o empoderamento feminino, o fortalecimento dos laços com a comunidade e estabelecimento de redes com grupos que desenvolvem projetos voltados para a economia solidária, visando a valorização do trabalho feminino e possibilidades de geração de renda”, ressalta. 

Ficou curioso? Conheça mais sobre o Programa Mulheres Sim aqui.

 

CÂMPUS CHAPECÓ EVENTOS