Pular para o conteúdo

Notícias

Dia Mundial da Alimentação: veja dicas para organizar e guardar alimentos

INSTITUCIONAL Data de Publicação: 16 out 2020 10:11 Data de Atualização: 16 out 2020 10:15

No Dia Mundial da Alimentação, que é comemorado hoje, trazemos dicas da nossa nutricionista Karine Andre Albiero para organização da geladeira e dos armários, a fim de garantir um melhor aproveitamento dos alimentos.

Como organizar a geladeira?

A rotina de organizar nossa cozinha e nossas refeições deve ser um hábito semanal. Durante o período de pandemia de Covid-19, para evitar as aglomerações e idas frequentes aos mercados e feiras, muitas pessoas têm comprado alimentos para durar mais. Além disso, o IFSC tem fornecido alguns kits/cestas de alimentos para os estudantes de Educação Básica, por meio do Programa Nacional de Alimentação (PNAE). E aí como podemos armazenar esses alimentos e minimizar seu desperdício?

1. Comece higienizando tudo. Veja aqui as dicas de como higienizar os alimentos. Mas não esqueça que o refrigerador e os armários também precisam estar limpos. O refrigerador deve ser limpo pelo menos mensalmente, utilizado um pano umedecido com detergente e algumas gotas de vinagre branco ou álcool.

2. Faça uma varredura em seus estoques, geladeira e congelador. O que está armazenado há muito tempo? Tem produto vencido? O que posso consumir agora? Arrume a bagunça!

3. Organize os locais onde esses alimentos serão armazenados, agrupando os alimentos que precisam ir para a geladeira, freezer/congelador ou os que serão guardados no armário. Produtos abertos devem ser dispostos em potes fechados e etiquetados com o nome e data de abertura e vencimento. Mas, não se preocupe: a etiqueta pode ser substituída por um pedaço de fita crepe. É bem simples!

4. Use a regra “PEPS”, ou seja, primeiro que entra, primeiro que sai: os produtos próximos do vencimento e que precisam ser utilizados mais rapidamente ficam na frente da geladeira ou do armário. Mantenha sempre nessa organização para que fique mais fácil quando for consumi-los.

5. Porcione os alimentos em pequenas quantidades e armazene em sacos plásticos, evitando sobras, desperdício ou que seja descongelado todo o alimento quando apenas uma parte será consumida.

6. Frutas: podem ser guardadas inteiras; cortadas dentro de saquinhos de plástico ou potes para consumo rápido ou congeladas para preparo de sucos e vitaminas (por exemplo, banana, abacaxi, morango). Sugere-se que a banana seja armazenada fora da geladeira. No caso de banana, abacaxi, abacate e mamão, recomenda-se a conservação fora da geladeira, em local fresco e com pouca luz. As baixas temperaturas anulam as enzimas que fazem a fruta amadurecer, perdendo o sabor e escurecendo a casca com mais facilidade.

7. Legumes e verduras que estão perto de estragar podem ser usados para fazer caldos – para deixar um risoto mais gostoso, por exemplo – e sopas. Para aumentar a durabilidade das verduras guarde-as sempre limpas e secas (você pode utilizar a centrífuga de saladas e ainda guardá-las em um pote intercalado com toalha de papel). As frutas mais maduras podem ser utilizadas para sobremesa, tortas integrais, bolos e doces.

8. Na prateleira superior da geladeira deve-se dispor os alimentos mais proteicos (como carnes, frangos, peixe, queijo e leite) e as preparações prontas (como carne em molho, feijoada), que precisam de uma conservação em menor temperatura. Na prateleira intermediária ficam as preparações semiprontas (como bolo, torta, arroz) e ovos. Os ovos não devem ser dispostos na porta, porque há uma grande troca de energia e oscilação de temperatura. Portanto, recomenda-se que os ovos sejam armazenados na primeira prateleira e que sua higienização ocorra apenas na hora de sua utilização, a fim de evitar contaminação. As comidas cruas, como frutas, legumes e verduras, podem ser dispostas na prateleira inferior, nas gavetas e nos locais da geladeira destinados a esses alimentos. Na porta da geladeira você pode condicionar os temperos, condimentos, bebidas, geleias, vinagre e conservas. 

9. Alimentos enlatados, após abertos, devem ser armazenados em outros recipientes, pois as latas podem oxidar em contato com a umidade. Da mesma forma, nunca guarde as preparações prontas na panela. Passe sempre para outro recipiente. 

10. Alimentos destampados estragam, ressecam e trazem mau odor para a geladeira. Acondicione-os adequadamente.

E lembre-se: estocar comida em demasia não é uma necessidade! Crie a rotina de  organizar sua geladeira com frequência, pois além de uma questão de saúde e higiene é também uma grande aliada ao nosso bolso.

INSTITUCIONAL