Pular para o conteúdo

Notícias

Alunos da Engenharia Civil ganham prêmio nacional em simpósio sobre materiais de construção

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS Data de Publicação: 20 ago 2015 17:46 Data de Atualização: 27 out 2020 13:31

Um grupo de estudantes do curso de Engenharia Civil do Câmpus Florianópolis foi o vencedor do 1º Concurso de Resistência à Tração de Sistemas Argamassa-Concreto (CTAC), realizado no fim de abril em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. “A sensação foi muito boa, principalmente pelo trabalho que deu chegar até esse resultado”, contou Fernando Luiz Vieira, aluno da 4ª fase que participou do concurso.

O 1º CTAC integrou o Simpósio Brasileiro de Tecnologias das Argamassas. O desempenho da equipe do IFSC chamou a atenção. “Algumas empresas presentes ao simpósio inclusive mostraram interesse em patrocinar futuras participações da nossa equipe em outros eventos”, contou Luciana Maltez Calçada, uma das orientadoras do projeto, juntamente com o professor Alexandre Lima de Oliveira. Segundo a professora, além da premiação (R$ 2,5 mil em dinheiro, um esclerômetro para a instituição, troféu e certificado), o primeiro lugar teve um grande significado. “Estamos em um curso novo, e nos esforçando para que esse curso seja de qualidade. A inscrição veio por iniciativa dos alunos, mostrando que eles estão empolgados e atentos ao que estão aprendendo. Esses momentos mostram que a gente pode fazer e ter um curso de Engenharia Civil de excelência”, lembrou Luciana.

O concurso consistia em produzir um bloco de concreto, simular um revestimento e ensaiar a resistência de aderência, ou seja, medir a capacidade do material de ficar grudado ao concreto. O concreto e a argamassa produzidos pelo grupo do IFSC foram feitos com uma formulação especial, resultado das pesquisas feitas no Departamento Acadêmico de Construção Civil (DACC). “Levamos cerca de um mês e meio para fazer os blocos solicitados, chegando aqui às 7h30min e saindo só de noite. Fizemos mais de 30 blocos até chegar nos dois que eram pedidos para o concurso”, lembrou Guilherme Hickel, outro integrante da equipe.

A ideia de participar do 1º CTAC veio da aluna Mariana Goudel Ramos, que viu no concurso uma oportunidade de divulgar o curso do IFSC, criado em 2012, com a primeira turma de alunos ingressantes em 2013. “Todos os outros participantes eram de cursos e universidades com muito mais experiência no ensino da Engenharia Civil, e éramos o único grupo de um instituto federal. Além disso, foi preciso que a gente produzisse alguns dos equipamentos necessários para o projeto, equipamentos esses que as outras universidades já tinham. Mas talvez esse tenha sido um dos segredos da nossa vitória, pois pudemos começar do zero e desenvolver um novo olhar”, explicou Luciana.

“A sensação é ainda melhor por sermos um curso novo, que ainda nem formou a primeira turma”, declarou a professora. “A nossa vitória causou surpresa, afinal, estávamos concorrendo com instituições de tradição na Engenharia Civil”, contou Guilherme. Além de Fernando, Mariana e Guilherme, a equipe era formada também por Wellington Borba Broering, com o apoio de Rafael Andrade de Souza.

A equipe e os professores responsáveis fizeram questão de destacar o apoio e agradecer ao chefe do Departamento Acadêmico de Metal Mecânica (DAMM), Luiz Fernando Segalin de Andrade; ao professor Manoel Alfredo Pereira e aos técnicos de laboratório Giovani Camara, Carlos Alberto Neis e Carlos Rafael Garcia.

Confira mais fotos do 1º CTAC na nossa página no Facebook. Lá também está disponível o vídeo com trechos dos testes realizados.

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS EVENTOS