Pular para o conteúdo

Notícias

Um ano de aprendizado

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 12 mar 2021 08:36 Data de Atualização: 12 mar 2021 08:49

Quando nossos alunos embarcaram para iniciar o programa de Dupla Titulação no começo de 2020, não tínhamos noção da proporção que a pandemia do coronavírus tomaria. A situação fez o intercâmbio ser bem diferente, mas, ainda assim o aluno Vitor Luis Silveira, do curso de Engenharia Elétrica do Câmpus Florianópolis ficou muito grato pela experiência.

Ele retornou de Portugal em fevereiro, onde ficou um ano estudando no Instituto Superior de Engenharia de Porto, o ISEP, e nos contou um pouco da sua viagem. Leia o seu relato:

------------------------------------------------------------------------

Os últimos meses vivendo em Portugal foram um pouco difíceis. Até final de janeiro a situação com a pandemia voltou a crescer, ficando até pior que da primeira vez (em março de 2020). Assim, fiquei quase sempre dentro de casa focando nos estudos, e saindo apenas para realizar compras no mercado e fazer algumas caminhadas. Agora, as aulas já acabaram e felizmente concluí as disciplinas que estava cursando.

Devido à piora da situação em Portugal com a pandemia e com a autorização da instituição onde realizei o intercâmbio, adiantei meu retorno ao Brasil para o início de fevereiro - o que foi possível já que naquela altura as aulas haviam terminado e as provas finais seriam todas on-line. Tive alguns contratempos no regresso com passagens canceladas e voos reajustados, já que de última hora o governo Português fechou as fronteiras com o Brasil. No entanto, após os contratempos, tudo deu certo.

Agora já me encontro em casa e bem. Continuo ainda trabalhando na minha dissertação, que deve ser concluída nos próximos meses. Daqui em diante os pormenores que ainda restam serão todos resolvidos de forma on-line, então tudo deve correr bem.

Fazer este intercâmbio e morar um ano em Portugal foi uma grande experiência para minha vida. Com certeza nunca me esquecerei do tempo que passei por lá. Mesmo com todas as complicações e imprevistos decorridos, ainda pude fazer coisas fantásticas, como estudar, viajar, conhecer lugares incríveis e fazer algumas amizades que serão pra vida toda. Viver fora do país me mostrou que existe muito mais além daquilo que podemos ver e experienciar aqui no Brasil, como se sentir seguro andando nas ruas, poder contar com uma boa estrutura de saúde e que o mundo é muito maior e as pessoas são muito mais importantes do que eu podia imaginar. Mas também me mostrou aquilo que deixamos para trás quando saímos do Brasil e aquilo que devemos valorizar do nosso País, como a saudade da família e dos amigos, a sensação de se sentir em casa, a nossa cultura incrível, com nossos hábitos e comidas, e a nossa gente (as pessoas).

Tive a feliz oportunidade de conhecer pessoas de outras nacionalidades, como: portugueses, espanhóis, colombianos, húngaros, poloneses, italianos entre outros. Realmente foi uma experiência fantástica, mas posso dizer com 100% de certeza que não tem nada mais incrível que "esbarrar" com um desconhecido do outro lado do mundo e descobrir que ele é brasileiro. A conexão imediata que se faz e a saudade de casa que se reconforta, é realmente incrível.

Por isso, tenho muito o que agradecer: ao IFSC e ISEP pela oportunidade, aos meus pais pelo apoio, e aos novos amigos pelas experiências compartilhadas. Com certeza a pandemia impactou muito de forma negativa esta experiência. Sem ela, talvez eu pudesse conhecer mais pessoas, mais lugares, me integrar melhor com os meus colegas das aulas e os moradores locais. Talvez fosse melhor, não sei, mas com certeza seria diferente. E como foi incrível, prefiro apenas agradecer pelo que ganhei e não pensar no que deixei passar. Me lembrar dos momentos bons e saber que os ruins foram uma forma de aprendizado. 

 

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Nó: liferay-ce-prod01

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.