Pular para o conteúdo

Notícias

Qual a diferença entre os cursos técnicos integrados, concomitantes e subsequentes ao Ensino Médio?

BLOG DO IFSC Data de Publicação: 09 jun 2021 10:21 Data de Atualização: 14 jun 2021 09:22

Estamos com inscrições abertas para nossos cursos técnicos em sete cidades: Araranguá, Caçador, Criciúma, Gaspar, Jaraguá do Sul, Joinville e Palhoça. Nos outros câmpus, o processo seletivo será em agosto como você pode ver certinho no nosso calendário de ingresso.

Pela lei nº11.892/2008, a educação profissional técnica de nível médio deve corresponder à metade da oferta de nossas vagas. Daí você já consegue ver a importância que os cursos técnicos têm pra gente, não é?

Muita gente fica confusa ao tentar entender qual curso técnico pode fazer aqui, então vamos explicar TUDO neste post.

Qual a diferença entre os cursos técnicos?

Um curso técnico é um curso que habilita para uma profissão técnica de nível médio.

Existem três tipos de cursos técnicos e o Regulamento Didático-Pedagógico do IFSC, o RDP, apresenta as diferenças dessas três formações: 

- Curso técnico integrado ao Ensino Médio: tipo de oferta de curso técnico em que a formação geral se dá de forma integrada à formação profissional, na mesma instituição de ensino (também o chamamos de Ensino Médio Técnico), ou seja, você faz o curso técnico e o Ensino Médio no IFSC.
- Curso técnico concomitante ao Ensino Médio: tipo de oferta de curso técnico em que a formação geral se dá de forma concomitante à formação profissional, em instituições de ensino distintas, ou seja, você faz um curso técnico no IFSC enquanto faz o Ensino Médio em outra instituição de ensino.
- Curso técnico subsequente ao Ensino Médio: tipo de oferta de curso técnico destinada a quem já tenha concluído o ensino médio.

Arte mostrando a diferença entre os cursos técnicos do IFSC

-> Entenda melhor o curso técnico integrado: O que o Ensino Médio do IFSC tem de diferente?

Qual curso técnico posso fazer?

A escolha do curso técnico vai depender primeiro da sua formação. O curso técnico subsequente, por exemplo, só pode ser feito por quem já concluiu o Ensino Médio. Se você já possui o Ensino Fundamental completo, pode fazer o Ensino Médio junto com um curso técnico no que chamamos de curso técnico integrado ao Ensino Médio.

Para ingressar no curso técnico concomitante, é preciso ter concluído o 1º ou 2º ano/série do Ensino Médio até a data da matrícula no curso do IFSC (isso estará explicado no edital). O candidato com o Ensino Médio completo não pode realizar matrícula em curso técnico concomitante do IFSC.

Depois de identificar qual tipo de curso você pode fazer de acordo com sua formação, aí você pode escolher a área do curso conforme suas preferências, mercado de trabalho e oferta próxima de casa

Os câmpus do IFSC oferecem cursos técnicos nas mais diversas áreas

-> Entenda como são criados os cursos do IFSC
-> Conheça o catálogo nacional dos cursos técnicos

Para saber quais cursos existem na sua cidade ou perto dela, você pode acessar nosso Guia de Cursos ou entrar nos sites de nossos câmpus

Lembrando que estamos presentes em 20 cidades de Santa Catarina com 22 câmpus. Em outras cidades do estado, quem tem câmpus é o Instituto Federal Catarinense, o IFC, que é outra instituição. Nós somos o IFSC! 

-> IFSC e IFC: é tudo a mesma coisa?

Qual é a duração de um curso técnico?

A maioria dos cursos técnicos integrados ao Ensino Médio do IFSC, assim como os cursos de Ensino Médio regulares, têm uma duração de três anos. No entanto, os projetos pedagógicos de alguns cursos preveem uma duração maior, com quatro anos

O que muda também é a carga horária dos nossos cursos. Como as disciplinas do Ensino Médio e as da formação técnica ocorrem de forma integrada, nossa carga horária - falando dos cursos técnicos integrados - pode ser maior e, por isso, alguns cursos possuem atividades em dois turnos em alguns dias da semana.

Já no casos dos cursos técnicos concomitante e subsequentes ao Ensino Médio, a duração é de um a dois anos a depender do curso. Essa informação sempre consta no edital de abertura de inscrições e você também encontra no Guia de Cursos do IFSC

Qual certificação é entregue ao final do curso técnico?

Ao concluir nossos cursos técnicos, o(a) aluno(a) recebe uma certificação como técnico(a) em determinada área. E aí temos nossos diversos cursos: técnico em Química, técnico em Edificações e por aí vai. 

No caso dos cursos técnicos integrados, essa certificação também comprova a conclusão do Ensino Médio.

Como já explicamos no post que fizemos sobre nosso Ensino Médio Técnico, não tem como alguém atualmente sair só com o diploma de Ensino Médio do IFSC sem finalizar todo o curso técnico integrado. Porém, para as disciplinas técnicas é um pouco diferente. A instituição estimula que os projetos pedagógicos de curso prevejam o que chamamos de certificações intermediárias. Desta maneira, caso o estudante desista de alguma etapa, ele poderá ter direito ao certificado em algumas qualificações, seguindo alguns critérios, se assim estiver planejado no projeto pedagógico

Por exemplo: no curso Técnico em Edificações, se o aluno concluir o 1º e o 2º ano do curso, ele terá a certificação intermediária de Almoxarife de Obras. Para saber se o curso que você quer fazer tem essa previsão, você pode consultar as informações disponíveis em nosso Guia de Cursos ou entrar em contato com a coordenação do curso.

A certificação intermediária é possível conforme descrito em cada curso do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (no item “Itinerários Formativos”) e desde que prevista no projeto pedagógico do curso. 

Posso fazer mais de um curso técnico no IFSC?

Pode, mas não ao mesmo tempo. O regulamento didático-pedagógico do IFSC, no artigo 64, não permite a matrícula simultânea em mais de um curso técnico ofertado pelo IFSC.

Mas é possível fazer um curso técnico junto com um curso de qualificação ou ainda um curso técnico subsequente junto com um curso de graduação.

Vale lembrar que existe também uma lei federal - a de nº 12.089/2009 - que proíbe que uma mesma pessoa ocupe duas vagas simultaneamente em instituições públicas de ensino superior. Então o que também não é possível é fazer dois cursos de graduação ao mesmo tempo no IFSC e em nenhuma outra instituição pública.

Fiz um curso técnico. Preciso fazer uma graduação?

Precisar não precisa, mas, se quiser, você pode. A decisão de dar continuidade aos estudos é bem pessoal

O profissional que desenvolve as atividades de acordo com as atribuições desenvolvidas em um curso técnico deve buscar uma graduação quando identificar a necessidade de aperfeiçoar ainda mais os seus conhecimentos e ampliar a sua atuação profissional. 

Em algumas áreas, quem faz um curso de graduação pode ter uma remuneração maior do que quem faz só um curso técnico. Mas isso não é uma regra. Há atividades que os técnicos ocupam e são melhores remunerados do que os graduados.

Inclusive, no IFSC, buscamos trabalhar com o que chamamos de itinerário formativo para que quem fez um curso técnico com a gente possa dar continuidade aos estudos na mesma área complementando sua formação.

-> Da qualificação profissional à pós-graduação: entenda o que são os itinerários formativos no IFSC

No Catálogo Nacional de Cursos Técnicos também é possível conferir o itinerário formativo para cada tipo de curso técnico.

Quero fazer um curso técnico no IFSC

O IFSC abre inscrições para seus cursos técnicos duas vezes ao ano num ingresso semestral. A forma de seleção é por prova - no caso de alguns cursos técnicos integrados - e por sorteio - no caso dos cursos técnicos concomitantes e subsequentes. Por causa da pandemia, todos os processos seletivos estão sendo feitos por sorteio.

-> Como posso estudar no IFSC?

Também diante da situação que estamos vivendo, o nosso calendário de ingresso que unificava os períodos de inscrições para os nossos câmpus agora está ocorrendo de forma separada em alguns casos. Veja aqui o período de inscrição conforme o tipo de curso.

-> Deixe seu e-mail no nosso Cadastro de Interesse e seja avisado(a) quando estivermos com inscrições abertas

Tem mais dúvidas?

Se mesmo depois deste post você ainda ficou com alguma dúvida sobre nossos cursos técnicos e nosso processo seletivo, participe da live que faremos na próxima terça-feira, 15 de junho, às 10h, no nosso canal do YouTube.

Saiba mais sobre os outros cursos do IFSC

Este post foi sobre nossos cursos técnicos, mas o IFSC também oferece cursos de qualificação, voltados à educação de jovens e adultos, graduação e pós-graduação. Se quiser conhecer todos os cursos que oferecemos, clique aqui.

Acesse também outros posts que fizemos:

-> O que é um curso FIC ou de qualificação?
-> Qual a diferença entre bacharelado, licenciatura e curso superior de tecnologia?
-> O que o Ensino Médio do IFSC tem de diferente?

E se quiser saber ainda mais sobre cursos técnicos, veja a página de Perguntas Frequentes do Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos.

Receba nossos posts

Se quiser ver tudo o que já publicamos no Blog do IFSC, clique aqui e leia todos os nossos posts.

Você também pode receber nossos posts no seu e-mail sempre que forem publicados fazendo seu cadastro aqui.

 
 
BLOG DO IFSC BLOG DO IFSC

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.