Pular para o conteúdo

Notícias

Política de Segurança Sanitária: Câmpus Joinville completa 2º mês do acionamento da Fase 1

CÂMPUS JOINVILLE Data de Publicação: 22 jul 2021 13:28 Data de Atualização: 22 jul 2021 13:44

Nesta semana, o Câmpus Joinville completou dois meses do acionamento da Fase 1 da Política de Segurança Sanitária (PSS) do IFSC, que regulamenta o retorno das atividades presenciais de forma gradual, após a suspensão, em março do ano passado, como estratégia de enfrentamento à pandemia de Covid-19. O acionamento da Fase 1 foi aprovado pelo Colegiado do Câmpus Joinville no dia 19 de maio e passou a valer no dia seguinte, 20 de maio.

Durante a Fase 1, está sendo possível o retorno de formandos de cursos superiores e de seus professores para a realização de experimentos indispensáveis para a finalização de trabalhos de conclusão de cursos (TCC) ou cumprimento de prazos de projetos de pesquisa. Neste período, dez estudantes de Engenharia Mecânica, cinco de Engenharia Elétrica e três de Mecatrônica foram autorizados a usarem os laboratórios para conclusão de TCC, além de outros dois formandos para conclusão de projetos de pesquisa. As demais atividades acadêmicas continuam sendo realizadas de forma remota, por meio de atividades não presenciais (ANP).

“O acionamento da Fase 1 permitiu que os estudantes desenvolvam seus TCC e possam participar ativamente desta etapa importante de sua formação, que, pela natureza da área de Engenharia, necessitam de uma fase experimental para posterior discussão de resultados”, explica o professor de Engenharia Mecânica, Anael Preman Krelling, que é orientador de seis formandos em três trabalhos de conclusão de curso.

“Com a organização dos horários de utilização dos ambientes, nunca ocorre de haver mais usuários do que o permitido dentro dos espaços. O período de higienização dos ambientes é respeitado, todos os equipamentos de proteção estão disponíveis e os protocolos de segurança funcionam bem, no sentido de manter o distanciamento pessoal e o fluxo de informações”, avalia professor Anael.

Além do retorno de formandos dos cursos superiores para uso indispensável de laboratórios, a Fase 1 também serve de preparação do câmpus e da comunidade acadêmica para o retorno gradual e parcial das atividades presenciais de forma segura para todos. Entre as medidas adotadas, estão a limpeza e desinfecção de todos os ambientes; sinalização do câmpus, fixação de equipamentos e disponibilização de equipamentos de proteção individual (EPI); e capacitação da comunidade acadêmica para cumprimento dos protocolos de biossegurança.

Regras para o acesso presencial

Para acessar os prédios do IFSC, é necessário seguir uma série de protocolos que garantam a segurança sanitária para evitar que pessoas possivelmente contaminadas circulem nesses espaços:

  • - Utilizar máscara facial de forma correta em todos os espaços internos e externos;
  • - Preencher autodeclaração de saúde;
  • - Realizar aferição de temperatura e apresentar temperatura inferior a 37,8ºC;
  • - Não apresentar sintomas respiratórios;
  • - Higienizar os pés em tapete umedecido com solução sanitizante (na entrada para pedestres e em todas as entradas das edificações);
  • - Higienizar as mãos com álcool em gel;
  • - Respeitar o distanciamento de 1,5 metro entre uma pessoa e outra em todos os espaços;
  • - Respeitar o protocolo sanitário do IFSC, que pode ser lido na íntegra na Política de Segurança Sanitária.

Fase 2

Na última segunda-feira (19), o Conselho Superior (Consup) do IFSC deliberou pela autorização aos colegiados dos câmpus para que discutam o acionamento da Fase 2 da PSS a partir de 2 de agosto. Para que isso ocorra, será necessário que todas as condições de biossegurança previstas na PSS ao acionamento da Fase 2 estejam cumpridas e que o colegiado do câmpus assim delibere.

Entre os pré-requisitos, está a verificação de Risco Potencial Grave por pelo menos 14 dias consecutivos na região de saúde em que se encontra o câmpus (com base no mapa de risco divulgado pelo Governo de Santa Catarina).

Na Fase 2, até 30% da comunidade acadêmica poderá retornar. Terão prioridade de retorno estudantes formandos para aulas de laboratório e realização de experimentos para a conclusão de Projetos Integradores e TCC; aulas de laboratório com escalonamento de dias e horários para que se reduza o fluxo de circulação de pessoas nos câmpus e em cada laboratório em particular; estudantes de cursos EJA-EPT, conforme avaliação de sua pertinência e possibilidade pelo câmpus; estudantes em privação de liberdade que já completaram o ciclo vacinal, conforme avaliação de sua pertinência e possibilidade pelo câmpus.

Saiba mais

Saiba mais sobre a Política de Segurança Sanitária na página do IFSC sobre a Covid-19, que concentra todas as informações da instituição.

CÂMPUS JOINVILLE INSTITUCIONAL

Nó: liferay-ce-prod01

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.