Pular para o conteúdo

Notícias

Câmpus São Carlos aciona fase 1 do retorno às atividades presenciais

CÂMPUS SÃO CARLOS Data de Publicação: 16 set 2021 20:00 Data de Atualização: 17 set 2021 14:18

Em reunião nesta quinta-feira (16), o Colegiado do Câmpus São Carlos deliberou pelo acionamento da Fase 1 da Política de Segurança Sanitária (PSS) do IFSC para a Covid-19. A autorização tem respaldo na decisão do Conselho Superior (Consup) que permitiu que cada câmpus decidisse pelo acionamento ou não de tal fase conforme situação sanitária em âmbito local. 

Os membros do Colegiado do câmpus definiram que o retorno gradual às atividades presenciais inicia na próxima segunda-feira, dia 20 de setembro. A Fase 1 possibilita o retorno de estudantes formandos de cursos superiores e de pós-graduação, bem como de seus professores, para a realização de experimentos indispensáveis para a conclusão de Trabalhos de Conclusão de Cursos (TCCs) ou cumprimento de prazos de projetos de pesquisa. 

No caso de São Carlos, o foco principal da fase 1 é o cumprimento dos pré-requisitos necessários para possível acionamento da fase 2, na qual até 30% das atividades podem ser no formato presencial novamente. Para deliberar sobre esta próxima fase, o Colegiado voltará a se reunir a partir de 06 de outubro.

E a próxima fase (fase 2), quando será acionada?

A Política de Segurança Sanitária do IFSC prevê o retorno presencial das atividades de forma gradual, em 6 fases diferentes (0 a 5). Conheça as especificidades de cada uma aqui. Mesmo na Fase 1, com a retomada de algumas atividades presenciais, as regras para acesso e permanência nos prédios do IFSC devem ser seguidas.

Para acionamento da fase seguinte (Fase 2) o Colegiado do Câmpus São Carlos irá se reunir novamente em outubro para analisar os pré-requisitos e deliberar sobre o possível acionamento.

Pré-requisitos para acionamento da próxima fase (fase 2)

- Verificação de Risco Potencial Grave por pelo menos 14 dias consecutivos na região de saúde em que se encontra o câmpus (com base no mapa de risco divulgado pelo Governo de Santa Catarina);
- Aprovação do Plano de Contingência Local (ou semelhante) pelo município em que o câmpus está situado, exceto se não exigida pelo comitê municipal;
- Disponibilidade de capacitação da comunidade acadêmica para cumprimento dos protocolos de biossegurança;
- Mapeamento de espaços a serem utilizados, de horários e fluxos de atividade para acionamento da Fase 2;
- Análise de relatório de acompanhamento de implantação da Fase 1 elaborado pelas Comissões Locais de Contingência, a partir de orientações do Comitê Técnico-Científico (CTC);
- Ateste da capacidade dos câmpus de cumprimento das boas práticas de biossegurança previstas na PSS/Planos de Contingência;
- Autorização do Consup para acionamento da Fase 2, a partir de relatório do Comitê Técnico-Científico.

Atividades presenciais permitidas na próxima fase (fase 2)

- Prioridade de retorno: Estudantes formandos para aulas de laboratório e realização de experimentos para a conclusão de Projetos Integradores e TCC; aulas de laboratório com escalonamento de dias e horários para que se reduza o fluxo de circulação de pessoas nos câmpus e em cada laboratório em particular; estudantes de cursos EJA-EPT, conforme avaliação de sua pertinência e possibilidade pelo câmpus; estudantes em privação de liberdade que já completaram o ciclo vacinal, conforme avaliação de sua pertinência e possibilidade pelo câmpus;
- Disponibilização de laboratórios de informática a estudantes sem acesso às ANP;
- Retorno de atividades de pesquisa que não possam permanecer paradas tendo em vista o cumprimento de prazos constantes em edital ou sob risco de prejuízo irreparável ao seu andamento;
- Retorno de servidores que não constituam grupo de risco e atuem em setores essenciais à realização das atividades acadêmicas.

 Regras para o acesso presencial

- Utilizar máscara facial de forma correta em todos os espaços internos e externos;
- Preencher autodeclaração de saúde no formulário disponível neste link;
- Realizar aferição de temperatura e apresentar temperatura inferior a 37,8ºC;
- Não apresentar sintomas respiratórios;
- Higienizar os pés em tapete umedecido com solução sanitizante;
- Higienizar as mãos com álcool em gel;
- Respeitar o distanciamento de 1,5 metro entre uma pessoa e outra em todos os espaços;
- Respeitar o protocolo sanitário do IFSC, que pode ser lido na íntegra na Política de Segurança Sanitária.

Saiba mais

Ficou com dúvida? Saiba mais na página do IFSC sobre a Covid-19, que concentra todas as informações da instituição.
---

ENSINO CÂMPUS SÃO CARLOS

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.