Pular para o conteúdo

Notícias

Mobilidade Virtual na Universidad Deusto

BLOG DOS INTERCAMBISTAS Data de Publicação: 23 dez 2021 15:36 Data de Atualização: 21 dez 2021 15:57

Enquanto nossos programas de intercâmbio ainda não voltam a acontecer de forma presencial em função da pandemia, seguimos proporcionando aos alunos a oportunidade de viver esta experiência de modo virtual. Vejam os relatos que recebemos de três estudantes que participaram do projeto de Mobilidade Virtual na Universidad de Deusto, na Espanha.

Relato de Angela Cristina Albarello Marins | aluna do curso de pós-graduação em Docência para a Educação Profissional do Centro de Referência em Formação e Educação a Distância (Cerfead)

Foi uma experiência maravilhosa, um período de aprendizado, compartilhamento de conhecimento e construção de novos conhecimentos. A Mobilidade permitiu conhecer outras culturas, interagir com colegas de distintas áreas do conhecimento (formações) e em diferentes etapas formativas.

Todos os professores e colegas foram muito receptivos e acolhedores, também foram disponíveis e empáticos, estabelecendo um ambiente de trocas, compartilhamento de saberes e colaboração. Eu considero que tive um excelente semestre, e esta experiência agregou diversas competências e permitiu que eu desenvolvesse as minhas habilidades.

Ao longo do curso eu fiz uso principalmente da Língua Espanhola, e tudo transcorreu de forma tranquila. Certamente, os conhecimentos que eu construí a partir da Mobilidade Acadêmica agregam e se relacionam com o meu curso em Docência para a Educação Profissional. Por último, eu gostaria de expressar o quanto foi e segue sendo positiva essa oportunidade que eu tive.

Relato de Guilherme de Souza Andrade | aluno do curso de graduação em Engenharia Mecânica do Câmpus Lages

Antes de iniciar os estudos, nos foi oferecido uma série de programas para integração na Universidade e cultura basca. Dentre estes programas, destaco o Virtual Buddy Program, cujo objetivo era nos familiarizarmos com a universidade e com a cultura espanhola e basca. Uma aluna do curso de Medicina, Carmen Barredo, ficou responsável pelo meu acompanhamento.

Ao longo do programa, tivemos reuniões mensais com outros dois estudantes da Universidad de Deusto sobre os mais diversos assuntos, por exemplo, o tema de um dos encontros foi pratos típicos bascos. Este programa serviu para desenvolvimento pessoal, além do conhecimento de outras culturas, tornando mais adaptável os meus dias durante o programa.

Além do conhecimento obtido durante as aulas, tive a oportunidade de aperfeiçoar o inglês. Vindo de cursos de inglês anteriores, eu possuía um nível de conhecimento da língua necessário para um intercâmbio, porém foi nele que consegui dar um passo a mais. Realizar discussões técnicas, com nativos da língua, durante o programa, me fez aperfeiçoar o domínio da língua inglesa.

Fico extremamente grato pela experiência vivenciada e espero que em um futuro não tão distante possa voltar a realizar um intercâmbio pelo Instituto Federal de Santa Catarina.

Relato de Everton Soares Pivotto| aluno do curso superior de tecnologia em Fabricação Mecânica do Câmpus Jaraguá do Sul - Rau

A experiência de realizar um intercâmbio em modalidade virtual me disponibilizou uma ótima experiência, a qual não seria possível no modelo tradicional de intercâmbio, tendo em vista minhas atividades atuais. Em geral, todas as etapas do intercâmbio me proporcionaram uma impressão muito positiva e que agregaram de várias formas em minha percepção.

Em relação à língua, a primeira semana de aula acaba sendo a mais difícil, pois os ouvidos ainda estão se acostumando com a nova linguagem e ao sotaque de cada professor. No entanto, após este período o entendimento vai ficando mais fácil e as aulas vão ficando mais dinâmicas também.

Com relação a conexão dos temas estudados com meu curso, creio que as mesmas tenham grande relevância e conexão. Cursei as seguintes matérias: Territórios Competitivos, Negócios Internacionais e Gênero e Liderança. Em um mundo tão globalizado, tais conceitos nos permitem observar a visão Europeia de economia, negociação, aspectos que fazem ou não um território competitivo, liderança, clusters, questões sociais, ambientais e de gênero, ou seja, questões muito atuais e que todos buscamos uma resposta para o que está por vir e como faremos para melhorar nossa atual realidade regional.

Por fim, julgo que o programa foi muito bem executado, as aulas foram ótimas, os professores possuem muito conhecimento e ótima didática e oratória, buscavam sempre tornar as aulas interativas e com conteúdo sempre muito atual e bem fundamentado. Os colegas, de praticamente todos os continentes, eram muito solícitos e prestativos, foi muito bom conhecer vários deles virtualmente, trocar ideias e ter boas conversas. Os funcionários de TI também tiveram uma função muito relevante para que a plataforma ALUD fosse disponível e que todos tivessem acesso.

Além disso, o nível de cobrança dos trabalhos era bem elevado, o que fazia com que o conteúdo fosse muito bem estudado e fundamentado para as apresentações. Portanto, acredito que o programa foi um sucesso e encorajo a todos a participar, pois se trata de uma grande experiência, mesmo não podendo ser presencialmente.

BLOG DOS INTERCAMBISTAS

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.