Pular para o conteúdo

Notícias

IFSC desenvolve produtos de tecnologia assistiva para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida em Chapecó

EXTENSÃO Data de Publicação: 18 jan 2022 13:03 Data de Atualização: 18 jan 2022 16:51

Com o objetivo de desenvolver produtos de tecnologia assistiva de baixo custo, o Câmpus Chapecó do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) desenvolveu um projeto de extensão para auxiliar pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida a realizar tarefas simples do dia a dia. O projeto é coordenado pelo professor da instituição Otávio Gobbo Junior com apoio de recursos do edital Proex 02/2021 e auxílio dos bolsistas Eduardo Balbinot, Rafael Augusto Schwengber, Yahsmin Maria Golin e Arthur Schmidt Sanches.  Os beneficiários são ligados à Fraternidade Cristã de Pessoas com Deficiência (FCD) de Chapecó, parceira do projeto. 

A ação contou com o desenvolvimento de produtos como: adaptador para chave, tesoura adaptada, suportes especiais para copos, presilhas para muleta, suporte para uso do celular como lupa, adaptador de caneta capacitiva para uso do celular. Também foram confeccionadas pinças de lápis e caneta para auxílio da escrita, teclado colmeia para auxiliar na digitação e mouse adaptado com botões externos. Alguns dos produtos foram adaptados e outros construídos, principalmente através da impressão 3D. Os produtos foram entregues no dia 16 de dezembro na sede da entidade. 

Conforme o professor Otávio, para 2022 a intenção é aprimorar alguns produtos já fabricados, desenvolver novos projetos para atender outras necessidades e ampliar a divulgação para que outras pessoas com uma impressora 3D possam replicá-los.

 

 

EXTENSÃO CÂMPUS CHAPECÓ

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.