Pular para o conteúdo

Notícias

Câmpus realiza noite cultural para a comunidade

CÂMPUS URUPEMA Data de Publicação: 28 jul 2015 21:00 Data de Atualização: 06 fev 2018 14:57

 

Na última quinta-feira (16), o Câmpus Urupema do IFSC abriu as portas para a comunidade da cidade para acompanhar a apresentação cultural do projeto de extensão “Elevando a autoestima através do jazz dance”, coordenado pela servidora Camila Koerich Espindola. A apresentação foi uma forma de divulgar os resultados do projeto, que ofertou 14 oficinas ministradas pela professora e bailarina clássica Karen Kriss. Nas aulas, os participantes realizavam alongamentos, dinâmicas de autoconhecimento, aprenderam passos básicos do jazz e ensaiaram uma coreografia.

 

“O frio, associado à carência de locais próprios para realização de atividades físicas, fazem com que a prática regular de exercício físico seja pouco frequente em Urupema. Além dos benefícios físicos, a dança alivia o estresse, proporciona uma avaliação favorável da pessoa para consigo mesma e tem demostrado influência positiva sobre a depressão, cujo diagnóstico é duas vezes maior em mulheres que em homens”, esclarece Camila, apontando os benefícios da dança.

 

Cerca de 80 pessoas acompanharam a apresentação realizada na sala multiuso do Câmpus Urupema. O grupo de participantes intitulado “Jazz dance esquenta Urupema” apresentou a coreografia elaborada para a música “A bailarina e o soldado de chumbo”, do grupo O Teatro Mágico. A noite cultural também contou com a participação artística do servidor Péricles Lombardi, que abriu o evento com a música “Aquarela”, do músico Toquinho, e com a participação do pré-ballet, do ballet infantil e do jazz juvenil da academia Criss Fitness em parceria com a escola de dança Karen Kriss.

 

“Apesar de ser idealizado, iniciantemente, para o público feminino, o projeto contou a participação de um adolescente. Receber um rapaz no projeto foi importante para mostrar que a dança não é essencialmente feminina. Muito pelo contrário. É uma atividade que proporciona ótimos benefícios, como alegria, confiança, motivação, prazer e superação, essenciais para o desenvolvimento integral do ser humano”, finaliza Camila. O projeto conta com a participação das bolsistas Camila Adenir da Silva e Silvana Terezinha Alves, ambas estudantes do curso PROEJA Ensino Médio FIC Informática Básica.

 

Para conferir as fotos da apresentação, clique aqui.

 

Mais informações sobre o projeto podem ser conferidas no site http://jazzdancesquentaurupema.blogspot.com.br

 

CÂMPUS URUPEMA