Skip to Content

Notícias

Aluno de Eletrônica é prata na Olimpíada Latinoamericana de Astronomia

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS Data de Publicação: 09 out 2016 21:00 Data de Atualização: 06 fev 2018 15:20


Lucas Camargo da Silva, do curso técnico de Eletrônica do Câmpus Florianópolis, conquistou a medalha de prata na Olimpíada Latinoamericana de Astronomia e Astronáutica 2016, em Córdoba, na Argentina. O evento foi realizado de 3 a 8 de outubro.

Ele foi premiado em duas categorias: medalha de prata geral e melhor prova observacional (recebendo um telescópio como brinde).

Lucas começou a fazer observações astronômicas em 2011 e, desde 2013, integra o Núcleo de Estudo e Observação Astronômica "José Brazilício de Souza" (Neoa-JBS), vinculado ao câmpus. Já em 2013, ele conquistou a medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Astronomia, passando para prata em 2014 e duas vezes ouro, em 2015 e 2016.

Além das atividades da OBA, Lucas também marcou presença em eventos ligados à Astronomia, realizando apresentações orais em duas edições do Simpósio Catarinense de Astronomia (2014 e 2016). Ainda em 2016, Lucas participará das atividades do Neoa na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do Câmpus Florianópolis, no dia 21 de outubro.

"Sua recente apresentação, intitulada 'O Grupo de Astronomia na OBA', é leitura obrigatória a todos aqueles alunos e professores envolvidos na OBA que desejam criar ou manter um clube de astronomia em seus respectivos colégios”, afirma Alexandre Amorim, coordenador de Observações do Neoa- JBS. “Tanto ele como os demais jovens que compõem a delegação brasileira da OLAA 2016 merecem elogios pela dedicação aos estudos em Astronomia, independente dos resultados que viessem obter durante o evento. Porém todos os cinco jovens foram medalhistas: dois ouros, duas pratas e um bronze”, finaliza Amorim.

Além de Lucas, a delegação do Brasil foi formada por Beatriz Marques de Brito (SP), Henrique Barbosa de Oliveira (SP), Nicolas Almeida Verras (SP) e Mateus Siqueira Thimóteo (SP).

Foto: Divulgação Neoa-JBS. Lucas é o do meio.

Sabrina Brognolli D'Aquino| Jornalista IFSC | Com informações do Neoa-JBS.

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS