Pular para o conteúdo

Notícias

Aberta consulta pública para nova edição da Política de Comunicação do IFSC

INSTITUCIONAL Data de Publicação: 15 jul 2022 11:00 Data de Atualização: 15 set 2022 18:01

Está aberto o período de consulta pública para a nova edição da Política de Comunicação do IFSC, documento que reúne os princípios, diretrizes e estratégias que orientam o relacionamento do IFSC com seus públicos estratégicos.

A minuta do documento está disponível na íntegra no formulário on-line, pelo qual as contribuições devem ser enviadas até 31 de agosto. A identificação de quem contribuir não é obrigatória.

A primeira edição da Política de Comunicação do IFSC foi lançada em 2013. O documento foi construído num processo participativo coordenado por uma comissão de servidores, que, nessa primeira elaboração, contaram com consultoria externa. A necessidade de rever e atualizar o documento levou ao atual processo de construção coletiva, que teve início em abril de 2021 e está sendo desenvolvido por um grupo de trabalho composto por servidores da instituição.

“De 2013 para cá muita coisa mudou no ecossistema de comunicação como um todo, e também nos nossos processos institucionais. Por isso a atualização da Política é um processo complexo, mas muito importante para aprimorarmos e qualificarmos nosso relacionamento com os públicos estratégicos”, considera a chefe do Departamento de Marketing e Jornalismo do IFSC, relações-públicas Nadia Garlet, que coordenou o grupo de trabalho.

Aprimoramentos

Para além do amadurecimento do texto como um todo, a nova edição da Política de Comunicação traz aprimoramentos em alguns aspectos. A lista com os públicos estratégicos do IFSC, que em 2013 contava com 21 itens, foi reelaborada e conta agora com 28 públicos – também divididos entre internos e externos. “Com essa descrição mais qualificada e precisa dos públicos, as ações de comunicação poderão ser planejadas e desenvolvidas de forma mais eficaz”, analisa Nadia.

Além disso, o novo texto contém um capítulo inteiro dedicado à temática da comunicação inclusiva – definida como aquela que pode ser compreendida e compartilhada pelo maior número possível de pessoas, sem distinção. Isso envolve uma comunicação atenta a questões de gênero, raça, acessibilidade e outros aspectos. A recomendação do uso de técnicas de linguagem simples nos textos institucionais é outro ponto de destaque da comunicação inclusiva.

A diferenciação mais clara entre canais de comunicação e canais de atendimento, a criação do inventário de canais de comunicação, as diretrizes mais objetivas para eventos institucionais e em parceria e a apresentação do documento em formato web, acessível no Portal do IFSC, são outros avanços em relação à versão anterior.

O documento é prefaciado pelo professor sênior da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), Wilson da Costa Bueno, que atuou como consultor da elaboração da primeira Política, em 2013. “A Política de Comunicação busca, efetivamente, assegurar respostas ágeis e competentes aos novos desafios, como a legitimação das políticas afirmativas, o conhecimento e a aplicação de sistemas e processos, como a governança corporativa, o compliance e a gestão da diversidade corporativa, dentre outros. Ela está comprometida com a manutenção de fluxos informativos qualificados para fazer frente à desinformação e para potencializar a implementação de uma comunicação inclusiva e acessível”, escreve Bueno no prefácio, que pode ser lido na minuta do documento disponibilizada na consulta pública.

Acesse o formulário da consulta pública.

Para mais informações sobre a atualização da Política de Comunicação, contate o GT responsável pelo e-mail comissão.comunicacao@ifsc.edu.br.

 

INSTITUCIONAL

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.