Pular para o conteúdo

Notícias

Dois projetos do Câmpus Itajaí estão entre os finalistas do Desafio IFSC de Ideias Inovadoras

CÂMPUS ITAJAÍ Data de Publicação: 30 jul 2019 18:07 Data de Atualização: 30 jul 2019 18:12

Dos 15 finalistas do Desafio IFSC de Ideias Inovadoras, cujo resultado sai neste quarta-feira, 31 de julho, dois são do Câmpus Itajaí. São duas propostas de negócios que surgiram a partir de pesquisas realizadas no Câmpus. O grupo Phyto Bio+, formado por alunas do técnico subsequente em Aquicultura e do técnico integrado em Recursos Pesqueiros, propõe a produção de biomassa de microalgas, e o grupo Inovasustentável, formado por alunos do técnico integrado em Mecânica e Recursos Pesqueiros, propõe a construção de uma máquina que permita reciclar o plástico e transformá-lo em peças de decoração.

O Desafio IFSC de Ideias Inovadoras é uma competição de caráter educacional voltada à promoção do empreendedorismo e da inovação tecnológica no IFSC. As melhores ideias receberão até R$ 10 mil para serem colocadas em prática. No Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação (Sepei), que será realizado de 30 de julho a 1º de agosto em Chapecó, as equipes finalistas participarão de um pitch em que terão que defender seus projetos e na cerimônia de encerramento do Sepei serão divulgados os vencedores. 

A proposta do grupo Phyto Bio + é produzir biomassa de microalgas a partir de dois gêneros (Odontella e Dunaliella).Para isso, eles pensam em desenvolver um fotobiorreator, que permitirá controlar as variáveis para a produção. “O mercado de biomassa cresce em todo o mundo e a demanda é muito maior do que a oferta. São poucos cultivos no Brasil e a maior parte são em sistemas abertos, ou seja, em tanques. Esse sistema tem alto risco de contaminação por bactérias e demais microrganismos e a biomassa produzida não é totalmente pura. Com o fotobiorreator podemos ter um sistema de produção controlado”, explica a aluna do técnico em Aquicultura Edselma Alves.

Essas microalgas têm uma série de usos comerciais, como suplementos alimentares, óleos essenciais e corantes que podem substituir uma série de produtos sintéticos. “Esse projeto está alinhado às propostas de cidades sustentáveis porque possibilita a produção de biomassa vegetal em um pequeno espaço e  retira muito mais dióxido de carbono da atmosfera do que uma árvore consegue fazer.  Dos programas institucionais do IFSC, eu vejo que o Desafio de Ideias Inovadoras, promovido pelo NIT, é uma das melhores ações  porque incentiva que o aluno transforme uma proposta acadêmica em um negócio, que será avaliado por critérios estritamente técnicos. isso contribuirá tanto para a consolidação do negócio quanto para aproximar o jovem do mercado profissional”, observa o professor do Câmpus Itajaí Thiago Pereira Alves, que é mentor do grupo.

A proposta do grupo Inovasustentável é investir na reciclagem do plástico. Eles querem construir um equipamento que permita transformar plásticos que seriam descartados em novos objetos de decoração. Para isso, fariam parcerias com associações de catadores e com empresas responsáveis pela coleta de lixo. “Hoje o que se faz com o plástico é retirá-lo de um lugar e colocá-lo em outro e a nossa proposta é transformá-lo em algo útil. Hoje os catadores vendem os plásticos a preço muito baixos e com esse equipamento eles conseguiriam aumentar seus rendimentos porque  teriam a possibilidade de transformá-lo em outros objetos”, explica a aluna do técnico integrado em Recursos Pesqueiros Camilly Stucudlarek.

Com a empresa que eles pretendem criar, eles teriam como público-alvo do negócio designers e arquitetos. “Digamos que um designer precise de uma peça de plástico para fazer um relógio, ele pode passar todas as especificações e nós conseguiríamos produzir a peça. Essa possibilidade de criar algo que possa ser vendido tem me motivado. Antes, eu só estava fazendo o curso de Mecânica por fazer e agora vendo que eu posso criar peças e produtos e que esse é um bom mercado eu quero investir nessa área”, avalia o aluno do técnico integrado em Mecânica Guilherme Barbosa.

Clique aqui e acesse a página do Desafio IFSC de Ideias Inovadoras. 

 

CÂMPUS ITAJAÍ EVENTOS