Pular para o conteúdo

Notícias

Câmpus Xanxerê inaugura novo bloco para mais de 600 estudantes

CÂMPUS XANXERÊ Data de Publicação: 30 jul 2019 19:40 Data de Atualização: 30 jul 2019 19:51

A partir desta semana, os 667 estudantes do Câmpus Xanxerê começam a estudar no primeiro bloco erguido especialmente para eles. Depois de sete anos de implantação do IFSC na cidade, foi inaugurada a primeira estrutura física própria da unidade.

A inauguração foi nesta terça-feira (30) e emocionou parte dos presentes, especialmente os servidores que trabalham no Câmpus desde a implantação. Ao longo de sete anos, mais de 1,4 mil alunos foram formados em cursos de qualificação rápida, técnicos e pós-graduação. Os estudantes também têm se destacado nacionalmente em competições variadas, como Olimpíadas de Matemática e Física, e internacionalmente com projetos de pesquisa e extensão.

Após lembrar e se emocionar com a história da implantação do Câmpus e enaltecer a participação dos servidores que contribuíram para o crescimento da instituição na cidade, a diretora-geral do Câmpus, Rosangela Coelho da Cruz, fez questão de frisar a todos que os esforços tem valido a pena:

“O IFSC existe, insiste e persiste aqui em Xanxerê. Se ainda tínhamos alguma barreira geográfica, no sábado ultrapassamos todos os limites com nosso experimento que chegou ao espaço. E, em agosto, vamos à Califórnia com outro projeto de alunos”, contou Rosangela, emocionada.

Assim como a diretora do Câmpus, o prefeito de Xanxerê Avelino Menegolla também lembrou de parte da história para a chegada do IFSC na cidade e destacou a contribuição de vários parceiros. “Foi uma luta conjunta, de entidades, órgãos públicos, que se concretiza hoje”.

O representante dos alunos durante o evento, Eloar Froboese da Silva, frisou que o crescimento é conjunto: "Cresci muito depois que cheguei a instituição. E a instituição foi crescendo com a chegada dos alunos. Então, continuem se esforçando em defesa da educação pública.

Além de representar o governo do Estado durante o evento, a coordenadora regional de Educação de Xanxerê, Teresinha Carbonari, destacou que é moradora do bairro onde o IFSC está localizado e acompanhou de perto a implantação e expansão. “Nós que somos da área da educação sabemos que os IF’s estão mudando o ensino e a sociedade para melhor”, destacou. Também fez questão de deixar as portas abertas para novas parcerias e projetos em conjunto, para oferecer o melhor para população.

Por último, o evento contou com os agradecimentos da reitora do IFSC, Maria Clara Kaschny Schneider, aos servidores e alunos. E com o pedido esperançoso da liberação de verba aos Institutos Federais: “Queremos que este câmpus, que já mostrou a que veio, possa crescer ainda mais. Estamos acreditando que haverá o desbloqueio dos 23,5 milhões que estão bloqueados e inviabilizam a instituição a partir de setembro”.

Saiba mais sobre a obra 

A construção iniciou em fevereiro de 2018 e foi concluída em julho de 2019, totalizando 16 meses. O novo bloco está localizado ao lado da atual estrutura e, por enquanto, será acessado da mesma forma, por meio da rua Euclides Hack, no bairro Veneza. 

O bloco foi erguido com três pavimentos e todos os ambientes foram desenvolvidos levando em consideração a acessibilidade. Nos três andares, estão oito salas de aula, biblioteca com salas de estudo, e espaços para pelo menos dois setores administrativos.

A estrutura foi erguido pela CRC Engenharia, de Joinville, que ganhou a licitação da obra. Ao todo, foram gastos R$ 4,4 milhões garantidos ainda no ano passado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

A partir da inauguração, os alunos que estudavam em salas de aula de outras entidades parceiras, como o SENAI, passam a estudar no próprio Instituto. Além disso, o prédio também marca o primeiro investimento na estrutura física do Instituto Federal na cidade, pois, até então, os alunos e servidores estudavam e trabalhavam em prédios pré-existentes, que foram federalizados e cedidos há cerca de nove anos ao IFSC.

Mesmo com a nova estrutura, a escola precisará continuar utilizando todo o espaço do Câmpus já ocupado anteriormente. Ainda manterá as parcerias com a Escola Básica Romildo Czepanhik, especialmente para utilização do ginásio.

CÂMPUS XANXERÊ INSTITUCIONAL