Pular para o conteúdo

Notícias

Homenagens marcam 13º aniversário do Câmpus Joinville

CÂMPUS JOINVILLE Data de Publicação: 26 ago 2019 20:14 Data de Atualização: 27 ago 2019 07:40

Ampliação da estrutura física, implantação de novos cursos, modernização dos laboratórios. Muita coisa mudou desde que o IFSC inaugurou o Câmpus Joinville, em 24 de agosto de 2006. Porém, as comemorações do décimo terceiro aniversário, nesta segunda-feira (26), tiraram a parte física do centro das atenções. “A instituição são as pessoas”, destacou o diretor do Câmpus Joinville, Valter Vander de Oliveira, ao coordenar as homenagens aos servidores que neste ano completam dez ou quinze anos de “casa” e aos terceirizados com mais tempo de serviço no câmpus.

“Ter uma boa estrutura física é importante, mas é o engajamento dos nossos servidores, dos terceirizados e dos próprios alunos que torna a missão do IFSC possível”, lembrou o diretor. Entre as homenagens, uma lembrança especial à professora Cléia Bet Baumgarten, de Enfermagem, falecida no dia 24 de junho deste ano. “Sempre fará parte da nossa história”, comenta professor Valter.

Para completar a festa, o corte do bolo de aniversário ao som do tradicional “Parabéns pra você” foi puxado pelos servidores Marcos Heyse Pereira, da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação, e Maríndia Anversa Viera, da Coordenadoria Pedagógica.

Reconhecimento

Testemunha do crescimento e transformações do Câmpus Joinville, Keila Maria Silva E Silva é a trabalhadora terceirizada que está há mais tempo no câmpus. Somando o primeiro contrato, na limpeza, e o atual, na cantina, já são onze anos. “Quando entrei, ainda estavam pintando o Bloco 3 e a rua da frente nem era asfaltada”, lembra. Apesar do crescimento, Keila garante que uma coisa não mudou: o respeito nas relações. “Conheço praticamente todo mundo, servidores e alunos, e não vejo diferenciação de tratamento. Pra mim, foi uma honra receber esta homenagem”, afirma emocionada.

Quem também conhece praticamente todos do câmpus é a vigilante Eliane Gondaski. Contratada há cinco anos e meio pela empresa terceirizada responsável pela vigilância, Eliane também ficou emocionada com a homenagem. Ela lembra que, antes do contrato com a terceirizada, estava desempregada há um ano. Além do emprego vir em boa hora, proporcionou melhorias importantes na sua vida. “É muito bom trabalhar onde se é respeitada, acolhida”, elogia.

O ambiente acolhedor também fez a diferença para a assistente administrativa Fedra Cristina Spindola, que começou no Câmpus Joinville, em junho de 2009, um pouco receosa por estar tão longe de sua “terrinha”. Ela veio por redistribuição de Maceió, do Instituto Federal de Alagoas (IFAL), onde ingressou em janeiro de 1995. “Desde que cheguei, me senti em casa. Um sentimento que permanece até hoje. É edificante ver o crescimento do IFSC, sem descaracterizar o valor humano”, comenta.

A pedagoga Alexsandra Dal Pizzol Coelho Zanin também tem muitos motivos para comemorar seus dez anos de trabalho no IFSC. “O maior de todos é a possibilidade de continuar estudando, o incentivo à capacitação. Muito bom ter uma carreira que te possibilita crescer”, afirma Alexsandra, que atualmente é aluna do doutorado em Tecnologia e Sociedade pelo Programa de Pós-Graduação em Tecnologia da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Homenagens por tempo de serviço

15 anos:

Lucia Helena Heineck

10 anos:

Alexsandra Dal Pizzol Coelho Zanin

Fedra Cristina Spindola

José Adriano Damacena Diesel

Valter Vander de Oliveira

Terceirizados com mais de 5 anos:

Anderson Luis Filomena

Eliane Gondaski

Felipe Souza Bezerra

Jivanilda Santa Freire

Keila Maria Silva E Silva

Lucildo Virgolino Coelho

 

CÂMPUS JOINVILLE EVENTOS