Pular para o conteúdo

Notícias

Setembro Amarelo reforça importância do diálogo na prevenção do suicídio

CÂMPUS JOINVILLE Data de Publicação: 04 set 2019 19:02 Data de Atualização: 05 set 2019 07:38

Mostrar que ninguém está sozinho e que todas as dores e angústias merecem atenção. A proposta da campanha Setembro Amarelo é que falemos abertamente, sem medo e preconceito, sobre suicídio, prevenção e sinais de identificação. No Câmpus Joinville, o tema ganhou reforço neste mês com uma programação que inclui intervenções, atividades culturais, palestras e rodas de conversa com todos os públicos: estudantes, servidores, pais de alunos e comunidade externa.

As atividades começaram nesta semana com uma força-tarefa junto aos cursos técnico e superior em Enfermagem. Primeiro, os estudantes receberam capacitação sobre a campanha Setembro Amarelo e discutiram os dados que mostram o aumento alarmante do número de suicídios. Conforme o site Setembro Amarelo, o Brasil registra 32 suicídios por dia. No mundo, ocorre uma morte a cada 40 segundos. Para 2020, estima-se um incremento de 50% na incidência anual de mortes por esta causa.

Para fortalecer a campanha no câmpus e chamar a atenção dos estudantes dos demais cursos e servidores sobre a relevância do tema, as turmas foram desafiadas a promover atividades de intervenção, como decoração temática, confecção de mural, distribuição de mensagens de apoio, gravação de vídeos e produção de peças teatrais.

O desafio recebeu uma atenção especial da estudante da segunda fase do técnico em Enfermagem, Maria Salete da Silva Cerqueira, de 46 anos, que conhece bem o problema. Ela tem uma filha de 17 anos que sofre de ansiedade e um filho, de 26 anos, que faz tratamento para depressão. “É bem importante o que o IFSC faz, porque muita gente não tem com quem conversar. A gente vê isso no rosto dos adolescentes; as cobranças, a necessidade de serem reconhecidos, de serem aceitos”, comenta.

A sua turma ficou responsável pela confecção do mural com espaço para mensagens de apoio. “É um trabalho pequeno, mas que influencia muito. Para quem passa por isso, uma mensagem, um abraço alivia bastante. Dá coragem”, afirma Salete, que destaca também a importância deste trabalho com os profissionais da saúde. “Ainda tem muito preconceito, até na nossa área”, desabafa.

Programação

Durante todo o mês de setembro, os cursos de Enfermagem vão realizar diversas atividades em turnos alternados para chamar a atenção de alunos e servidores para a necessidade de se discutir sobre o assunto. No período de 19 a 25, a programação ganha corpo com o Ciclo de Palestras Setembro Amarelo: vamos falar sobre isso?, em que profissionais das áreas de educação e saúde vão abordar temas como saúde mental, sentido da vida, bullying e empatia.

Segundo as pedagogas Alexsandra Dal Pizzol Coelho Zanin e Fernanda Greschechen, o IFSC aborda estas questões o ano todo, em diferentes eventos, mas o assunto ganha um foco especial neste mês por conta da campanha Setembro Amarelo. “A gente sabe que não é uma palestra ou um mês que vai resolver o problema, mas é um momento da gente parar e concentrar nosso trabalho neste sentido. A gente precisa falar sobre suicídio e a campanha é um estímulo para isso”, explicam.

A programação Setembro Amarelo no Câmpus Joinville é organizada pela Coordenadoria Pedagógica, Núcleo de Acessibilidade Educacional (Naed), Comissão Interna de Saúde do Servidor Público (CISSP) e cursos técnico e superior de Enfermagem.

Rede de apoio

Quem está passando por problemas, pode buscar apoio e orientação na Coordenadoria Pedagógica ou nos serviços que formam a rede de apoio no município:

- Unidades básicas de saúde: para consultas com psicólogos e psiquiatras.

- Caps II - Nossa Casa e Caps III - Dê-lírios: para casos mais graves, em que o tratamento é urgente.

- Centro de Valorização da Vida (CVV): para aconselhamento. Telefone 188 (ligação gratuita em todo território nacional).

- Serviço de Psicologia Univille. Rua Urussanga, 444 - Bucarein Telefone: (47) 3439 6444.

- Serviço de Psicologia da Faculdade Guilherme Guimbala (Associação Catarinense de Ensino – ACE) - telefone: (47) 3026-8252.

CÂMPUS JOINVILLE EVENTOS