Pular para o conteúdo

Notícias

Pesquisa identifica espécies de orquídeas nativas na Floresta Nacional de Três Barras

CÂMPUS CANOINHAS Data de Publicação: 06 set 2019 07:38 Data de Atualização: 06 set 2019 08:16

As matas da Floresta Nacional (Flona) de Três Barras, no Planalto Norte catarinense, preservam uma rica biodiversidade, de animais, plantas e microrganismos. Dentre tantos tesouros, uma equipe de pesquisadores do curso técnico em Agroecologia do Câmpus Canoinhas está interessada em um grupo especial de plantas, as epífitas, particularmente nas orquídeas. Até agora, já foram identificadas 25 espécies de orquídeas e microrquídeas nativas nas matas da Flona.

Conforme o professor que coordena o projeto, Lauro William Petrentchuk, o levantamento começou em março deste ano e tem como objetivo identificar espécies que possam futuramente expor um potencial comercial e de propagação sustentável, de modo a garantir a existência destas espécies no meio natural. Para isto, ele conta com o apoio de quatro estudantes de Agroecologia, Erisson Alves da Silva, Jhenyffer Lohana Cordeiro Matias, Luiz Carlos de Oliveira e Mayana Hendler Pereira.

Neste período de trabalho, a equipe identificou espécies que possuem um alto valor paisagístico e ornamental e algumas que podem ser utilizadas como plantas aromatizantes. “Uma das espécies identificadas, a Epidendrum caldense, é descrita no Livro Vermelho da Flora Brasileira com ameaça de extinção, segundo o Centro Nacional de Conservação da Flora, o CNCFlora, devido à degradação florestal. Como o projeto ainda está em andamento, vamos fazer novas incursões na floresta para a coleta e identificação de outras espécies”, comenta professor Lauro.

Ele explica que as plantas epífitas são aquelas que vivem sobre outras plantas sem que ocorra parasitismo. Nessa relação, a epífita utiliza o outro vegetal apenas como suporte, não retirando nenhum nutriente e, consequentemente, não causando nenhum prejuízo à espécie. Estima-se que as plantas epífitas representem cerca de 10% da quantidade total de plantas vasculares existentes no planeta. Esses vegetais são encontrados principalmente em florestas tropicais úmidas e quase não possuem representantes em locais com temperaturas muito baixas. “As grandes representantes deste grupo de plantas são as orquídeas e as bromélias”, afirma.

A pesquisa na Flona de Três Barras é autorizada pelo Sistema de Autorização e Informação em Biodiversidade do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (Sisbio/ICMBio).

CÂMPUS CANOINHAS PESQUISA