Pular para o conteúdo

Notícias

Candidatos a reitor participam do primeiro debate no Câmpus Lages

INSTITUCIONAL Data de Publicação: 25 out 2019 16:04 Data de Atualização: 25 out 2019 17:44

Os quatro candidatos ao cargo de reitor nas eleições do IFSC participaram na última quarta-feira, 23 de outubro, do primeiro debate deste processo eleitoral. O evento, realizado no Câmpus Lages, foi aberto a estudantes, servidores e comunidade e teve também transmissão online pela Diretoria de Comunicação do IFSC no YouTube.
 



Os candidatos debateram durante aproximadamente três horas. O primeiro bloco foi destinado às apresentações pessoais, com duração de cinco minutos cada, durante os quais os candidatos abordaram principalmente sua vida pessoal, as trajetórias acadêmica e profissional e a apresentação de suas equipes de indicados a pró-reitores e diretores-executivos. Pela definição do sorteio realizado pela Comissão Eleitoral Central, o primeiro falar foi André Dala Possa (André), seguido, pela ordem, por Consuelo Sielksi Santos (Consuelo), Maurício Gariba Júnior (Gariba) e Marco Antônio Vezzani (Vezzani).

No segundo bloco, os candidatos puderam fazer perguntas entre si em duas rodadas – na primeira com tema livre e, na segunda, com temas sorteados. Cada candidato só pôde responder a uma pergunta por rodada. Pelo sorteio, Consuelo foi a primeira a perguntar e questionou Vezzani sobre o funcionamento dos conselhos do IFSC. Depois, André perguntou a Consuelo sobre remoção de servidores. O desenvolvimento da saúde dos servidores foi o tema da questão seguinte, feita por Gariba a André. Encerrando a primeira rodada, Vezzani perguntou a Gariba sobre a comunicação institucional do IFSC

A segunda rodada foi aberta por Consuelo perguntando a André sobre espaços de convivência para estudantes. Na sequência, Vezzani questionou Gariba sobre os cortes no orçamento e o programa Future-se. A pesquisa foi o tema da pergunta seguinte, de André para Consuelo, e o bloco foi encerrado com Gariba questionando Vezzani sobre extensão.

Perguntas do público

O terceiro bloco foi destinado a questões elaboradas pelo público que assistia o debate, sendo sorteada pela Comissão Eleitoral Central uma pergunta de cada segmento que compõe o colégio eleitoral do IFSC (estudantes, professores e técnicos administrativos). Foram duas rodadas de perguntas – a primeira, para quem estava presente no auditório ou em alguma sala de aula do Câmpus Lages e a segunda para as pessoas que acompanhavam a transmissão no YouTube fora do câmpus.


A primeira rodada começou com uma pergunta feita por um estudante, sobre como manter os auxílios para permanência dos alunos em meio aos cortes no orçamento. Pela ordem do sorteio, responderam André, Gariba, Vezzani e Consuelo.

Na sequência, a questão sorteada foi de um professor, que perguntou qual a posição dos candidatos sobre a expansão e a interiorização do IFSC. Responderam, na sequência, André, Gariba, Consuelo e Vezzani.

A última pergunta da primeira rodada foi feita por um técnico administrativo, que abordou ações dos candidatos com relação à flexibilização da jornada de trabalho desse segmento. A ordem das respostas foi: Consuelo, André, Gariba e Vezzani.

A primeira pergunta da segunda rodada, feita por um estudante, foi sobre a implantação de jogos interclasses nos câmpus, e foi respondida, pela ordem do sorteio, por André, Vezzani, Consuelo e Gariba.

A segunda pergunta, de um professor, teve como tema a importância do Proeja para o IFSC. Responderam, na ordem, Consuelo, Vezzani, Gariba e André.

Finalizando a segunda rodada, um técnico administrativo questionou os candidatos sobre a continuidade da expansão do IFSC. A ordem das respostas foi: Gariba, Consuelo, Vezzani e André.

Antes do último bloco, destinado às considerações finais dos candidatos, foram concedidos dois direitos de resposta: um ao candidato André e outro ao candidato Gariba.

Nas considerações finais dos candidatos, a ordem das manifestações foi: Consuelo, André, Gariba e Vezzani.

Oportunidade para conhecer os candidatos

Pela primeira vez, um debate entre candidatos a reitor do IFSC foi realizado em um câmpus fora da região de Florianópolis. Em 2011, ano da primeira eleição depois da transformação do antigo Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina (CEFET-SC) em IFSC, a atual reitora, Maria Clara Kaschny Schneider, foi candidata única. Já em 2015, quando três candidatos concorreram, três debates foram realizados na região da capital catarinense (Câmpus Florianópolis, Câmpus São José e Reitoria).

Estudantes como Dhiuliane Dias, Jamile Souza e Juliana Lopes, colegas do quarto módulo do curso técnico concomitante em Agroecologia do Câmpus Lages, aproveitaram o debate para conhecer melhor os candidatos e observar alguns detalhes que não conseguiriam perceber em uma transmissão online.

“A gente consegue ver melhor as reações deles às perguntas e respostas”, comenta Dhiuliane, que considera o processo eleitoral um momento muito importante para a instituição e para os estudantes. “Essa é uma escolha que vai ter impacto para nós pelos próximos quatro anos”, destaca a colega dela, Juliana.

Para a servidora Daniela Marcon de Sousa, do Câmpus Lages, a presença dos candidatos debatendo no câmpus também permite conhecê-los melhor e favorece a igualdade de condições entre eles. “O debate no câmpus aproxima. Tem candidato que você não conhece bem, então esse momento é importante para isso”, diz a assistente em administração.

O presidente da Comissão Eleitoral Central (CEC), William Douglas Gomes Peres, avalia que o debate realizado em um câmpus do interior do estado cumpriu o objetivo traçado pela comissão. “Hoje o IFSC está espalhado e esse momento foi importante para os candidatos dialogarem com um câmpus do interior”, afirma. A escolha pelo Câmpus Lages deu-se pela disponibilidade, já que não havia programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) no auditório do câmpus no dia 23. O próximo debate entre candidatos a reitor, em 6 de novembro, será o último antes da votação em primeiro turno e deve ser realizado na região de Florianópolis.

O debate no Câmpus Lages foi organizado pela CEC e pela Comissão Eleitoral Local do câmpus.


Parceria

O Correio Lageano (CL), veículo de comunicação de Lages que possui jornal impresso e portal na internet, foi parceiro do IFSC na realização e divulgação do debate entre candidatos a reitor. A mediação do debate foi feita pela editora executiva do jornal, Cláudia Regina Pavão Silva, e a transmissão do debate foi compartilhada pelo CL em sua página.
 
INSTITUCIONAL