Pular para o conteúdo

Notícias

Eleições IFSC 2019: Conheça as propostas dos candidatos à direção-geral

INSTITUCIONAL Data de Publicação: 30 out 2019 12:18 Data de Atualização: 30 out 2019 12:34

O IFSC realiza, em 13 de novembro, as eleições para o cargo de reitor e de diretores-gerais de 21 câmpus. Para a Reitoria, concorrem quatro candidatos: André Dala Possa (André), Consuelo Aparecida Sielski Santos (Consuelo), Marco Antônio Vezzani (Vezzani) e Maurício Gariba Júnior (Gariba). Já no Câmpus Lages, há dois candidatos na disputa pela direção-geral: Fernando Domingos Zinger (Professor Fernando) e Vilson Heck Júnior (Professor Vilson Heck).

Pela primeira vez, as eleições poderão ocorrer em até dois turnos. A Coordenadoria de Jornalismo do IFSC solicitou que os candidatos ao cargo de diretor-geral do câmpus destacassem suas propostas para alguns temas específicos e determinou prazo até as 23h59 do dia 25 de outubro e tamanho para as respostas. Confira abaixo as propostas na íntegra conforme foram enviadas:

Estudantes

Professor Fernando: O candidato não enviou as informações dentro do prazo.

Professor Vilson Heck: Nosso principal compromisso é com os estudantes do Câmpus Lages. Precisamos permitir que o IFSC seja uma experiência marcante na vida de cada um e, para isso, precisamos melhorar as áreas de convivência através da aquisição de bancos, pufes, sofás, TVs, mesas, forno de micro-ondas e geladeira e principalmente viabilizar a construção da geodésica, que poderá servir de espaço multiuso, fortalecendo o Grêmio Estudantil e o Diretório Central dos Estudantes. Além disso, precisamos melhorar nossos currículos contemplando o desenvolvimento de competências socioemocionais nos estudantes, ampliar a oferta de vagas de estágio, de jovem aprendiz, visitas técnicas a empresas e estimular ações de intercâmbio com outras instituições.

Docentes

Professor Fernando: O candidato não enviou as informações dentro do prazo.

Professor Vilson Heck: Para os docentes, entendemos que a gestão deve ser um importante suporte na criação de ambientes que melhorem o processo de ensino aprendizagem, como salas de aula com mobiliário adaptado a diferentes metodologias de ensino, bem como no desenvolvimento de material para EAD. Devemos promover ações que permitam a troca de experiências e aplicação de novas metodologias, promover atividades de integração entre os setores e a melhoria da qualidade de vida através do estímulo a práticas culturais e esportivas, palestras preventivas e ginástica laboral. Acreditamos que uma comissão de ensino, formada por Docentes, Pedagogos e Técnicos em Assuntos Educacionais possa planejar, de forma mais adequada, as ações de capacitação pedagógica.

Técnicos Administrativos

Professor Fernando: O candidato não enviou as informações dentro do prazo.

Professor Vilson Heck: Os Técnicos Administrativos desempenham papéis fundamentais no processo educativo da instituição, é necessário atuar junto a reitoria para repensar os horários de atendimento flexibilizado dos setores e na implantação do teletrabalho. Um planejamento de capacitações adequado para a realidade de cada setor deve ser pensado. A qualidade de vida no trabalho e a atenção à saúde do trabalhador serão prioridades da nossa gestão. Um plano de integração entre todos os setores será implementado, permitindo a troca de experiências e relação entre servidores.

Gestão

Professor Fernando: O candidato não enviou as informações dentro do prazo.

Professor Vilson Heck: A transparência, a eficiência, o respeito, a coletividade e a sustentabilidade dos processos são princípios que nortearão nossa gestão. O planejamento estratégico setorial será implantado para melhorar a eficiência do trabalho, incluindo a divulgação de indicadores de cada setor do Câmpus. Implementaremos uma gestão itinerante, utilizando salas para trabalho da equipe de gestão em locais próximos aos alunos e servidores. O fortalecimento das parcerias com instituições externas será fundamental para possibilitar o desenvolvimento de pesquisas e captar recursos para a consolidação do Câmpus Lages. Por fim, nada será feito sozinho e a construção coletiva será prioridade nesse processo.

Relacionamento com a comunidade

Professor Fernando: O candidato não enviou as informações dentro do prazo.

Professor Vilson Heck: Em 2019 as instituições de ensino foram tema de discussão na sociedade, sua importância foi questionada nas diferentes mídias. Nosso compromisso é ampliar e garantir a divulgação, a atualização de atividades e de resultados dos trabalhos do Câmpus, coletando dados setoriais semestralmente e disponibilizando os resultados da instituição ao público interno e externo. Trabalharemos em mecanismos de divulgação à comunidade interna e externa de ações de extensão e de projetos de pesquisa desenvolvidos no Câmpus. Por fim, entendemos ser de muita importância que uma plataforma para a construção de um banco de dados de demandas de projetos de pesquisa, inovação e extensão seja criada, com o objetivo de permitir melhor relação com agentes externos.

Mais sobre os candidatos

Cada candidato(a) também teve a oportunidade de enviar uma breve apresentação. Conheça um pouco mais sobre cada um:

Professor Fernando: O candidato não enviou as informações dentro do prazo.

Professor Vilson Heck: Sou técnico em Eletrônica, graduado e mestre em Ciência da Computação e doutor em Automação e Sistemas. Atuei como técnico nas áreas de Informática e de Automação, em trabalhos de pesquisa na UFSC e no ensino na UnC Curitibanos. Ingressei no IFSC Lages em setembro de 2010, onde atuo no ensino, na pesquisa, na extensão e na gestão. Fui coordenador do curso de Informática por 3,5 anos e estou como Chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão desde julho de 2017 até o presente momento.

Sobre as eleições no IFSC

O período de campanha eleitoral vai até 11 de novembro. Os planos de gestão completos de todos os candidatos à Reitoria e à Direção-Geral dos câmpus estão disponíveis na páginas das Eleições 2019 do IFSC.

Leia aqui a reportagem para ver as propostas dos candidatos ao cargo de reitor(a) em relação aos mesmos temas mencionados acima.

Na semana passada, foi realizado o primeiro debate entre os candidatos à Reitoria. Veja aqui como foi. Um segundo debate será realizado em 6 de novembro.

A eleição em primeiro turno será realizada em 13 de novembro. Se houver segundo turno, a votação será em 5 de dezembro.

Participam da escolha dos dirigentes alunos e servidores. Todos os servidores e alunos votam para o cargo de reitor(a). Os estudantes e servidores lotados no câmpus também votam para direção-geral do câmpus.

Votação

O processo de consulta eleitoral será por meio de voto secreto, presencial e facultativo. Conforme decreto nº 6.986/2009, a classificação dos candidatos é feita de acordo com o peso de cada segmento, sendo 1/3 para docentes, 1/3 para técnicos administrativos e 1/3 para alunos. Para efeito de classificação, não serão considerados válidos os votos brancos e nulos.

Será considerado eleito em primeiro turno o candidato que, ao final deste turno, apresentar índice de votação superior ao somatório dos demais candidatos. Não havendo candidatura que apresente índice de votação superior ao somatório dos demais candidatos no primeiro turno, será realizada consulta em segundo turno, com a participação somente das duas candidaturas que alcançaram os maiores índices gerais de votação no primeiro turno.

Cronograma

Veja as principais datas do calendário eleitoral:

Período da campanha eleitoral: 15 de outubro a 11 de novembro
Eleição 1º turno: 13 de novembro
Divulgação dos resultados: 14 de novembro
Período da campanha 2º turno: 20 de novembro a 29 de novembro
Eleição 2º turno: 5 de dezembro
Divulgação dos resultados: 6 de dezembro
Homologação dos resultados no Conselho Superior: 16 de dezembro
Data provável da posse: 20 de abril de 2020

INSTITUCIONAL