Pular para o conteúdo

Notícias

SNCT dá ênfase a trabalhos científicos

SNCT Data de Publicação: 07 nov 2019 13:11 Data de Atualização: 07 nov 2019 13:25

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) do Câmpus Canoinhas, realizada entre 22 e 24 de outubro, deu destaque aos trabalhos científicos ligados a ensino, pesquisa e extensão, realizados por estudantes e servidores. Chamada de Sepei Interno, por seguir os moldes do Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC (Sepei), a mostra selecionou 30 projetos locais para apresentação, nas modalidades pôster e apresentação oral.

“Para nós, o Sepei Interno é tão ou mais importante que o evento geral do IFSC, porque é uma oportunidade de mostrarmos os trabalhos que desenvolvemos aqui, para compartilharmos nossas experiências entre a comunidade escolar e com o público externo”, enfatiza o coordenador de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Câmpus Canoinhas, Geraldo José Rodrigues.

A proposta do Sepei Interno também é servir como “ensaio” para outros eventos científicos, por aprimorar as habilidades de falar em público, sintetizar as ideias com clareza e objetividade e de defesa de argumentos. Por conta deste viés didático, os estudantes tiveram exclusividade nas apresentações, avaliadas por professores da área. No encerramento da SNCT, os estudantes que se destacaram por suas apresentações foram certificados.

Trabalho externo

Neste ano, o Câmpus Canoinhas também cedeu espaço na SNCT para apresentação de projetos desenvolvidos pelas outras escolas da região, relacionados ao tema do evento “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”. A Escola Básica Municipal Achiles Pazda, da comunidade Rio do Pinho, trouxe sua experiência com produção de morangos hidropônicos, plantas suculentas e do próprio adubo.

O projeto “Empreendedorismo, escola e agricultura familiar” foi apresentado pelos estudantes do 7º ano do ensino fundamental, Geovana Todt e Vinícius Nunes, com orientação do professor de educação do campo, Marcelo Pereira. Antes, o projeto já havia sido apresentado em duas feiras, no município vizinho de Itaiópolis e em Piên – PR.

Moradores da comunidade rural e filhos de agricultores, Geovana e Vinícius têm a intenção de ficar no campo e, mais que isso, de contribuir para que outros jovens também tenham oportunidade de viver da agricultura com qualidade. “Nosso objetivo é apoiar o jovem a ficar no campo, com diversificação de renda”, explica Geovana. “Para ter renda adequada, ele precisa ter controle das despesas, saber o preço dos implementos, para não vender com valor abaixo do que gastou”, complementa Vinícius.

Conforme o professor orientador, o aprendizado interdisciplinar possibilita aos alunos relacionarem o conhecimento teórico e cultural a atividades que gerem conhecimento e mudança de vida. “É um conhecimento que não fica só na escola. Eles aprendem para eles e também para saberem ensinar, compartilhar”, ressalta professor Marcelo.

O evento

Coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), a SNCT é o maior evento de popularização da ciência do Brasil. Além da apresentação de trabalhos científicos, a programação do Câmpus Canoinhas contou com inúmeras atividades expositivas, agenda cultural e palestras sobre os “Impactos socioambientais da exploração de xisto em Santa catarina”, com a agricultora, pedagoga e especialista em gestão e tecnologia ambiental na indústria, Suelita Röcker, da Coalizão Não Fracking Brasil (Coesus), e sobre negócios de impacto, como a experiência da Keep Eco, uma embalagem ecológica que substitui o filme plástico na conservação de alimentos, com a agrônoma e empresária Carla Viero.

O evento teve ainda 32 oficinas desenvolvidas especialmente para os visitantes, das crianças das fases iniciais aos alunos da educação de jovens e adultos. Durante a SNCT, o Câmpus Canoinhas recebeu 950 alunos de onze escolas de Canoinhas, Três Barras, Irineópolis e Major Vieira. Nas visitas guiadas, os estudantes das escolas da região conheceram toda estrutura do câmpus e participaram das atividades propostas.

Trabalhos destacados

Confira os sete trabalhos científicos apresentados pelos estudantes do IFSC que se destacaram no Sepei Interno:

Modalidade Pôster

Título: Avaliação da atividade antibacteriana de extratos de bracantinga (Mimosa scabrella)

Apresentação: Josiéli de Oliveira dos Santos

Orientação: professora Fernanda Macagnan

Edital: Proppi 12/2019

Título: Identificação de epífitos da floresta ombrófila mista

Apresentação: Mayana Hendler Pereira e Jhenyffer Lohayna Matias Cordeiro

Orientação: professor Lauro Willian

Edital: Proppi DAE 23/2018

Modalidade Apresentação Oral

Título: Medição de baixo custo de objetos de processos industriais

Apresentação: Vanessa Rocha da Silva

Orientação: professor Lucas Bueno

Edital: Proppi 18/2018

Título: IFSC Routes: otimização das rotas dos entregadores de uma empresa de distribuição de mercadorias

Apresentação: Matheus Renan Araujo

Orientação: professor Denilson Fagundes Barbosa

Edital: Fapesc 05/2017

Título: Agronomia na minha escola

Apresentação: Jhenyffer Lohayna Matias Cordeiro

Orientação: professor Luís Carlos Vieira

Edital: Proex 18/2018

Título: Caracterização pós-colheita de pitangas cultivadas em Canoinhas – SC

Apresentação: Alisson Duarte Cavalheiro

Orietnação: professora Crizane Hackbarth

Edital: Universal 2018

Título: Características produtivas de vacas leiteiras de primeira lactação criadas no PNC

Apresentação: Samanda Palhano Metka

Orientação: professor Rangel Pacheco

Edital: Universal 2018

CÂMPUS CANOINHAS SNCT