Pular para o conteúdo

Notícias

Candidatos a reitor participam de segundo debate

INSTITUCIONAL Data de Publicação: 11 nov 2019 15:37 Data de Atualização: 11 nov 2019 19:39
Os quatro candidatos ao cargo de reitor nas eleições do IFSC participaram na última quarta-feira, 6 de novembro, do segundo debate deste processo eleitoral, o último do primeiro turno. O evento, realizado no Câmpus Florianópolis-Continente, foi aberto a estudantes, servidores e comunidade e teve também transmissão online pela Diretoria de Comunicação do IFSC no YouTube.

As eleições do IFSC, para os cargos de reitor e diretor-geral de câmpus, acontecem na quarta-feira, 13 de novembro.


Os candidatos debateram durante aproximadamente três horas. O primeiro bloco foi destinado às apresentações pessoais, com duração de cinco minutos cada. Pela definição do sorteio realizado pela Comissão Eleitoral Central, o primeiro falar foi Maurício Gariba Júnior (Gariba), seguido, pela ordem, por Consuelo Sielski Santos (Consuelo)André Dala Possa (André)Marco Antônio Vezzani (Vezzani).

No segundo bloco, os candidatos puderam fazer perguntas entre si em duas rodadas – na primeira com tema livre e, na segunda, com temas sorteados. Cada candidato só pôde responder a uma pergunta por rodada. Pelo sorteio, Vezzani foi o primeiro a perguntar e questionou Gariba sobre a viabilidade de implantação de um restaurante estudantil. Depois, Gariba perguntou a Consuelo sobre a curricularização da extensão. A flexibilização da jornada de trabalho dos técnicos administrativos foi o tema da questão seguinte, feita por André a Vezzani. Encerrando a primeira rodada, Consuelo perguntou a André sobre como fazer a renovação da gestão do IFSC

A segunda rodada, com temas sorteados, foi aberta por Gariba perguntando a Vezzani sobre direito intelectual e parcerias. Na sequência, André questionou Consuelo sobre estágio e o programa Jovem Aprendiz. Permanência e êxito foi o tema da pergunta seguinte, de Consuelo para Gariba, e o bloco foi encerrado com Vezzani questionando André sobre infraestrutura, ampliações e manutenção da estrutura física.

Perguntas do público

Antes do início do terceiro bloco, foi concedido aos candidatos Consuelo e André um minuto de direito de resposta.

O terceiro bloco foi destinado a questões elaboradas pelo público que assistia o debate, sendo sorteada pela Comissão Eleitoral Central uma pergunta de cada segmento que compõe o colégio eleitoral do IFSC (estudantes, professores e técnicos administrativos). Foram duas rodadas de perguntas – a primeira, para quem estava presente no centro de eventos do Câmpus Florianópolis-Continente e a segunda para as pessoas que acompanhavam a transmissão no YouTube fora do câmpus.


A primeira rodada começou com uma pergunta feita por um estudante, sobre qual a visão dos candidatos com relação às empresas juniores. Pela ordem do sorteio, responderam Gariba, Consuelo, Vezzani e André

Na sequência, a questão sorteada foi de um professor, que perguntou qual a experiência dos candidatos com articulação externa para defender o IFSC num cenário de cortes no orçamento. Responderam, na sequência, Vezzani, Consuelo, GaribaAndré.

A última pergunta da primeira rodada foi feita por um técnico administrativo, que abordou a distribuição dos recursos da assistência estudantil. A ordem das respostas foi: André, Vezzani, Consuelo e Gariba.

A primeira pergunta da segunda rodada, feita por uma estudante, foi sobre a experiência dos candidatos em gestão de equipes dentro do IFSC e foi respondida, pela ordem do sorteio, por Consuelo, Gariba, Vezzani e André.

A segunda pergunta, de um professor, teve como tema o papel das línguas estrangeiras no processo de internacionalização do IFSC. Responderam, na ordem, André, Vezzani, GaribaConsuelo.


Finalizando a segunda rodada, um técnico administrativo questionou os candidatos sobre como aproximar a Reitoria dos câmpus. A ordem das respostas foi: André, Gariba, Consuelo e Vezzani.
 

Nas considerações finais dos candidatos, a ordem das manifestações foi: VezzaniAndré, Consuelo e Gariba.  

O debate no Câmpus Florianópolis-Continente foi organizado pela Comissão Eleitoral Central (CEC) e pela Comissão Eleitoral Local do câmpus. O mediador do debate foi o mestre-de-cerimônias e cerimonialista Pompílio Fidélis, que foi servidor do atual IFSC no tempo da Escola Técnica Federal de Santa Catarina (ETF-SC), no início dos anos 1990, e aposentou-se recentemente como servidor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
 

INSTITUCIONAL