Pular para o conteúdo

Notícias

Câmpus Joinville conquista 5 medalhas e 19 menções honrosas na Obmep 2019

CÂMPUS JOINVILLE Data de Publicação: 04 dez 2019 16:35 Data de Atualização: 04 dez 2019 16:45

Estudantes do Câmpus Joinville conquistaram cinco medalhas - uma de ouro, uma de prata e três de bronze - e 19 menções honrosas na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) 2019, conforme resultado divulgado nesta terça-feira (3). O ouro foi conquistado por Luis Roberto Quintanilla Torrez, do técnico integrado em Eletroeletrônica, e a prata por João Marcos de Oliveira, de Mecânica. Gustavo Fabianno Pereira e Romero Perardt Magalhaes Brito, de Mecânica, e Manuela Martins da Rosa, de Eletroeletrônica, conquistaram medalhas de bronze.

Outras escolas de Joinville obtiveram mais 15 premiações no Nível 3 (ensino médio), totalizando 39 no município. Em Santa Catarina, o IFSC conquistou 119 premiações do total de 550 medalhas e menções honrosas atribuídas. As cerimônias de premiação acontecerão durante 2020, em data a ser definida.

A prova da primeira fase ocorreu no dia 21 de maio, com mais de 18 milhões de inscritos, de 54,8 mil escolas do ensino básico. Após a correção, realizada nas próprias escolas, 949.240 estudantes foram classificados para a segunda fase, realizada no dia 28 de setembro. Ao final, foram designadas 575 medalhas de ouro, 1.725 medalhas de prata, 5.175 de bronze e 51,9 mil menções honrosas para alunos do 6º ano do ensino fundamental a 3ª série do ensino médio.

Meta internacional

A única medalha de ouro obtida por aluno do ensino médio em Joinville é do estudante Luis Roberto Quintanilla Torrez, do 1º módulo de Eletroeletrônica, que fez a prova da segunda fase pelo IFSC e a primeira pela Escola de Educação Básica João Colin, onde estudou até o mês de julho.

Esta é sua segunda medalha de ouro na Obmep, olimpíada em que participa desde o 6º ano, e em que obteve outras duas medalhas de prata e uma de bronze. Por conta do ouro no ano passado e da sétima posição no ranking nacional, Luis Roberto participou de um treinamento intensivo neste ano, com quatro encontros presenciais, três em São Paulo e um no Rio de Janeiro, nos meses de maio, julho, agosto e setembro.

Segundo ele, o treinamento o ajudou na conquista do ouro deste ano, mesmo com o conteúdo da prova ser equivalente ao de todo ensino médio. Outra justificativa para o bom desempenho ainda no 1º módulo está ligada ao seu objetivo maior, que é participar da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) e conseguir a classificação para a Olimpíada Internacional de Matemática (IMO). “Como estava me preparando para algo mais avançado, o resultado na Obmep é uma consequência”, explica Luis Roberto, que, apesar de tudo, não ficou totalmente satisfeito com o resultado, já que não conseguiu índice para a OBM. “Tenho mais três anos para me preparar”, enfatiza.

Natural de Valência, na Espanha, e filho de bolivianos, o estudante diz que sua paixão por matemática foi construída por “inércia”. “Praticamente toda família do lado do meu pai trabalha na área de engenharia. Só não sei ainda o curso, mas vou seguir no ramo da matemática, na área de exatas”, comenta. O pai é engenheiro civil e a mãe é administradora de empresas.

Quem também tem como objetivo participar da Olimpíada Internacional de Matemática é Gustavo Fabianno Pereira, do 4º módulo de Mecânica, que conquistou sua primeira medalha na Obmep pelo IFSC. No ano passado, ele recebeu menção honrosa. No ensino fundamental, ele já havia conquistado duas medalhas de bronze e uma de ouro, pela Escola Municipal Professora Thereza Mazzolli Hreisemnou.

Por conta das medalhas, ele participa do Programa Mentores da Obmep, criado para oferecer aos alunos do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC) a oportunidade de estudar assuntos avançados em diversas áreas, com tópicos específicos que envolvam direta ou indiretamente a matemática. “Também estudo resolvendo exercícios das provas anteriores e do banco de questões, além de participar de programas de estudo”, conta Gustavo.

ORM

Além das medalhas na Obmep, os alunos Luis Roberto Quintanilla Torrez e João Marcos de Oliveira também foram premiados na Olimpíada Regional de Matemática (ORM), competição realizada em Santa Catarina desde 1998, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A solenidade de premiação foi realizada no dia 30 de novembro, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, em Florianópolis. Os estudantes do Câmpus Joinville foram contemplados com menções honrosas.

Premiações na Obmep

Medalha de Ouro:

Luis Roberto Quintanilla Torrez

Medalha de Prata:

Joao Marcos de Oliveira

Medalha de Bronze:

Gustavo Fabianno Pereira

Manuela Martins da Rosa

Romero Perardt Magalhaes Brito

Menção Honrosa:

Alex Vianna Rieger

Bruna Jonck Eggert

Enthony Antunes Negrello

Gabriel Huscher

Gabriel Otavio de Barros

Guilherme Augusto Santos

Gustavo Henrique Martins

Isabela das Chagas Luiz

Joao Pedro Pianezer

Leo William Hansch

Leonardo Deschamps

Lucas Dalfovo Pereira

Lucas Henrique Crossley

Maria Eduarda Carneiro

Nicolas Cesconeto Amaral

Pietro Oliveira Guesser

Raissa Barbi Ciscon

Taina Mattei

William Vinicius de Oliveira

CÂMPUS JOINVILLE INSTITUCIONAL