Pular para o conteúdo

Notícias

Projeto do Câmpus Palhoça Bilíngue recebe prêmio em congresso internacional de educação de surdos

EXTENSÃO Data de Publicação: 06 dez 2019 15:06 Data de Atualização: 09 dez 2019 17:48

O projeto de extensão “Luz, Câmera, Bilíngue!”, do Câmpus Palhoça Bilíngue, foi premiado numa mostra de pôsteres durante o Congresso Internacional do Instituto Nacional de Educação dos Surdos (Coines), no Rio de Janeiro. O trabalho será publicado em um periódico semestral do instituto (Ines).

O bolsista Darley Goulart Nunes foi o responsável por apresentar o pôster no Coines. Ele conta que os avaliadores ficaram impressionados com os materiais produzidos e com o público que eles atingiram, medido pelo número de curtidas em redes sociais, por exemplo. “Acredito que ganhamos porque usamos tecnologia, primeiramente, e também por ter pensado em tornar sites mais acessíveis visualmente com a língua de sinais e ter feito produção audiovisual bilíngue”, avalia. Além da publicação no periódico do Ines, o projeto também recebeu materiais produzidos pelo Ines, como DVDs e apostilas, como premiação.

O “Luz, Câmera, Bilíngue!” consiste em uma proposta de intervenção que visa divulgar eventos e atividades socioculturais em Libras e língua portuguesa para alunos do Câmpus Palhoça Bilíngue por meio de produção audiovisual. Além disso, pretendia divulgar o câmpus nas mídias sociais para gerar um reconhecimento positivo da instituição, informar e incentivar a participação de surdos nos eventos culturais da região de Palhoça e promover o fortalecimento de vínculo da instituição com a comunidade, evitando a evasão escolar.

Iniciado em agosto, o projeto foi apoiado pelo edital de Protagonismo Discente, destinado a iniciativas idealizadas e lideradas por estudantes. A autora da proposta é Laís Rovani Teixeira, aluna do curso de superior de tecnologia em Produção Multimídia do Câmpus Palhoça Bilíngue. ”Sempre visando o que acontece no câmpus e também, o que envolve a comunidade surda, nos baseamos nisso para criar os cronogramas mensais para postagem”, explica Laís. As postagens a que ela se refere foram feitas em uma página no Facebook e em um perfil no Instagram.

As publicações sempre contam com legenda e algumas também, narração em Libras. A equipe do projeto desenvolveu uma identidade visual que Laís afirma que está em trabalho de consolidação, para maior identificação do projeto nas redes sociais. “É um projeto que cresceu muito e ainda tem muito a crescer e se desenvolver. O próximo ano será um ano de consolidação”, comenta Laís. Embora o edital de Protagonismo Discente termine em dezembro, o grupo tem intenção de continuar com o projeto em 2020.

A equipe do “'Luz, Câmera, Bilíngue!“ é formada, além de Laís e Darley, pelos bolsistas Mateus Sousa, Nicole do Nascimento e Renan Vieira, pela professora Ana Paula Jung e coordenado pela também professora Adriana de Moura Somacal.
 

EXTENSÃO