Pular para o conteúdo

Notícias

Aluna de Engenharia Elétrica é selecionada para programa de intercâmbio

CÂMPUS ITAJAÍ Data de Publicação: 02 mar 2020 10:22 Data de Atualização: 02 mar 2020 10:32

A aluna Isabelli Tavares, da Engenharia Elétrica do Câmpus Itajaí, está de malas prontas para Portugal. Ela viaja nesta terça-feira (3) e irá atuar em um projeto de pesquisa sobre a caracterização de erros experimentais no laboratório remoto Visir no Instituto Superior de Engenharia do Porto. Isabelli é a primeira aluna de um curso superior do Câmpus Itajaí a participar de um intercâmbio através do Programa de cooperação internacional para estudantes do IFSC (Propicie). “Será uma experiência profissional e também pessoal, será a primeira vez que irei para o exterior e que irei sair da casa dos meus pais. Eu já tinha uma certa familiaridade com o tema da pesquisa que irei atuar porque no Câmpus Itajaí também usamos o laboratório remoto Visir. Diferente de um simulador, que mostra de forma ideal como um experimento funciona, através do Visir é possível observar de forma real como isso se dá e por conta disso é comum encontrarmos uma série de erros. Na pesquisa que irei atuar em Portugal iremos trabalhar em cima dessas limitações do sistema”, explica Isabelli.    

Quando voltar ao Brasil em maio, Isabelli deve escrever um artigo sobre a pesquisa e organizar palestras para incentivar que mais alunos do Câmpus se inscrevam em programas de intercâmbio como o Propicie. “Essa foi a segunda vez que eu me inscrevi para o Propicie. O que contou bastante para a seleção foi o índice acadêmico, que leva em consideração as notas, e o índice de conclusão do curso. Desde o início da graduação, eu tenho feito uma série de atividades complementares, como de intervenção em escolas, monitoria, cursos e atuando como voluntária em projetos. Eu consegui validar essas atividades e por conta disso o meu índice de conclusão do curso foi alto.”


Por Beatrice Gonçalves | Jornalismo IFSC  

CÂMPUS ITAJAÍ