Pular para o conteúdo

Notícias

IFSC organiza evento para empresas juniores de SC

EXTENSÃO Data de Publicação: 06 mar 2020 12:14 Data de Atualização: 12 mar 2020 08:57

De 27 de fevereiro a 1º de março, cerca de 180 estudantes de todo o estado participaram do Work Weekend, uma capacitação para diretores de empresas juniores federadas à Federação de Empresas Juniores de Santa Catarina (Fejesc). O evento foi organizado pela Fejesc e pelo IFSC no Câmpus Florianópolis-Continente. Atualmente, o Instituto possui 10 empresas juniores federadas e oito iniciativas em processo de federação.

“É um momento para eles trocarem ideias, falarem sobre quais os medos que eles têm, quais as dificuldades que eles estão passando e como resolver essas dificuldades para que a empresa júnior continue”, explica a professora do Câmpus Araranguá, Letícia Cunico, organizadora do evento. Segundo a docente, o evento de empreendedorismo júnior fortalece o movimento de empresas juniores dentro do IFSC. “Para a instituição, é um evento muito importante que, além de trazer aos nossos alunos a experiência de mercado, a relação com a comunidade e o setor externo, ele também faz parte da estratégia para a curricularização da extensão”, destaca.

O Plano Nacional de Educação (PNE) prevê que pelo menos 10% dos créditos curriculares dos cursos superiores sejam destinados a programas e projetos de extensão. “Esta é uma meta que o IFSC pretende alcançar e, apoiar as empresas juniores, pode colaborar pra gente realizar isso na instituição”, explica Letícia.

Saiba mais sobre o evento e sobre o funcionamento de uma empresa júnior (EJ) nesta reportagem:

 

Atualmente, o IFSC possui 10 empresas juniores federadas:

Há ainda outras oito iniciativas no IFSC, que é um primeiro estágio para uma empresa júnior se federar à Fejesc. No ano passado, as empresas juniores do IFSC foram premiadas em um evento da Fejesc pelos seus resultados.

Investimento em empreendedorismo júnior

O apoio a iniciativas de empresas juniores do IFSC fez parte de um objetivo do Plano de Desenvolvimento Institucional (2015-2019), que buscou fortalecer a inserção socioprofissional do aluno e do egresso. Em 2018, foi lançado um edital pela Pró-Reitoria de Extensão e Relações Externas (PROEX) que destinou R$ 33 mil a essas iniciativas, por meio de bolsas para alunos, servidores e para a realização de oficinas.

Em 2019, cerca de R$ 15 mil também foram destinados ao empreendedorismo júnior na instituição, com investimento na capacitação dos alunos em eventos internos - como o workshop realizado no Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC - e em eventos da própria Fejesc.

O pró-reitor de Extensão e Relações Externas do IFSC, André Dala Possa, que fez uma fala durante o Work Weekend sobre os impactos da transformação digital, destaca que o empreendedorismo júnior tem se mostrado como um movimento potente para diminuir o afastamento entre os currículos do IFSC e os setores da sociedade. "A Empresa Júnior é um laboratório permanente de aprendizagem e relacionamento externo, protagonizado pelos estudantes e orientado por professores”, enfatiza

Diariamente, as empresas juniores do IFSC atendem clientes externos, públicos e privados, que trazem uma demanda por projeto. Os serviços podem ser desde um plano de acessibilidade na Engenharia Civil ou de eficiência energética na Engenharia Elétrica, por exemplo, até um projeto de vitrinismo na moda, prototipação na mecatrônica ou desenvolvimento de software na produção. “Em todas as regiões tem um empreendedor júnior capacitado, fazendo a diferença", ressalta o pró-reitor.

Como participar de uma empresa júnior?

Todo curso superior pode ter uma empresa júnior (EJ). As empresas juniores já existentes fazem processos seletivos, normalmente, semestralmente.

Se o seu curso ainda não possui e há um grupo de alunos engajados e interessados, o primeiro passo é procurar a PROEX, que irá encaminhar a iniciativa junto à Fejesc. “Depois precisa haver uma relação entre docentes também, porque com a orientação docente a empresa júnior consegue atingir melhores resultados e uma qualidade melhor de trabalho”, explica Letícia. A professora recomenda ainda elaborar um plano de negócios. “É preciso saber o que quer prestar como serviço, como você vai trabalhar junto da comunidade e da instituição”, comenta.

Mais informações pelo e-mail assessoria.proex@ifsc.edu.br ou pelo telefone (48) 3877 9069.

EXTENSÃO