Pular para o conteúdo

Notícias

Programando o Futuro: projeto do Câmpus Tubarão desperta interesse de jovens na Tecnologia da Informação

EXTENSÃO Data de Publicação: 11 mar 2020 14:52 Data de Atualização: 12 mar 2020 07:42

Depois do sucesso com a primeira turma, formada por jovens soldados do Exército, o Câmpus Tubarão do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) inicia no dia 25 de março a segunda turma do projeto “Programando o Futuro”. O curso, resultado de uma parceria entre IFSC, prefeitura e Associação Empresarial de Tubarão (Acit), vem despertando o interesse dos jovens nas carreiras relacionadas à Tecnologia da Informação.

A área vem demandando cada vez mais profissionais qualificados. Em uma pesquisa recente, a rede social Linkedin mostrou que a Tecnologia da Informação é uma das áreas que mais deve contratar profissionais em 2020. O Câmpus Tubarão oferece o curso técnico em Desenvolvimento de Sistemas e o curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, contando com professores qualificados e uma estrutura moderna de laboratórios.

Referência na região da Amurel (Associação dos Municípios da Região de Laguna), o Câmpus Tubarão do IFSC foi procurado no ano passado pela Acit e pela prefeitura municipal. Nascia o projeto Programando o Futuro, com o objetivo inicial de realizar um curso de capacitação em Tecnologia da Informação para recrutas da 3ª Companhia do 63º Batalhão de Infantaria (BI) do Exército, abrindo uma janela para o futuro profissional dos jovens após sua saída do serviço militar obrigatório.

Após um curso de 120 horas, com aulas de Introdução à Programação e Cultura Organizacional, a avaliação de professores e alunos foi positiva. De acordo com o levantamento realizado pelo Câmpus, o interesse por seguir na área de TI cresceu entre os jovens soldados: inicialmente, apenas 34,5% dos alunos imaginava seguir carreira na TI, índice que pulou para 72,4% após a realização do curso. Nas aulas de Introdução à Programação, ministradas pelos professores Fabrício Bueno dos Santos e Fernando Gonçalves, os alunos aprenderam lógica de programação de computadores. Em Cultura Organizacional, empresas parceiras do projeto apresentaram suas realidades e as oportunidades para os alunos. 

“Os resultados foram bastante positivos, pois o principal objetivo é estimular nos jovens o interesse pelas carreiras de Tecnologia da Informação. Inclusive um dos alunos já foi contratado por uma das empresas parceiras do projeto”, relata o professor Thiago Waltrik, coordenador do projeto. “O índice de aprovação foi muito bom. Conversamos com os alunos e o ideal é que eles ingressem em um curso técnico ou superior da área, para que possam futuramente ser contratados pelas empresas”, afirma.

A formatura do primeiro curso foi realizada no dia 13 de fevereiro. No total, 32 soldados do Exército foram formados. A próxima turma começa as aulas no dia 25. Desta vez, o curso foi aberto à toda a comunidade e pessoas de todas as idades se inscreveram. O curso tem carga horária de 120 horas e terá duração de três meses. 

EXTENSÃO CÂMPUS TUBARÃO

Nó: liferay-ce-prod03