Pular para o conteúdo

Notícias

Professora do Câmpus Joinville participa de curso de aperfeiçoamento ofertado pela Embaixada da Espanha

ENSINO Data de Publicação: 22 mai 2020 17:58 Data de Atualização: 22 mai 2020 18:08

Requisitos essenciais para qualquer profissional, qualificação e atualização foram os objetivos que levaram a professora de Espanhol do Câmpus Joinville, Maria Aparecida Schmitz Borges, a concorrer a uma das 50 vagas (uma para cada instituição da rede federal) do curso “Didática da gramática do ensino do Espanhol como língua estrangeira”, ofertado por meio de edital do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e realizado em parceria com o Escritório de Educação da Embaixada da Espanha no Brasil. Maria Borges foi a professora selecionada do IFSC.

“Essa  capacitação possibilita atualizar-me na área, além de ajudar-me a melhorar cada vez mais minhas práticas pedagógicas e com isso apoiar os alunos na construção de conhecimentos”, enfatiza professora Maria, que também aproveita para interagir com professores de Espanhol de todo país e conhecer as diferentes realidades dos institutos federais. “Temos as ferramentas de interação (fórum e chat) que possibilitam nossa interação, conversamos a respeito das aulas e das distintas realidades dos IFs. É bastante enriquecedor.”

Com carga horária de 30 horas/aula e seis módulos de duração, o curso é ofertado na modalidade a distância por meio de plataforma disponibilizada pela Embaixada da Espanha. “É muito interessante a forma como estão sistematizados os conteúdos, considerando a gramática como uma ferramenta para a comunicação”, explica a professora de Espanhol.

Como aluna de um curso a distância, professora Maria também tem a oportunidade de avaliar sua atuação como professora neste período em que as aulas presenciais estão suspensas. “Essa forma de ensino-aprendizagem mediada por tecnologia tem suas vantagens e desvantagens. Como aluna eu consigo identificá-las e melhorar minha prática pedagógica no atual contexto, com as ANPs (atividades não presenciais). Enquanto aluna e professora de EaD considero que a interação entre professor-aluno, bem como a interação entre os próprios alunos, é insubstituível.  Com a presença de um professor, as aulas ficam bem mais dinâmicas”, ressalta.

 

ENSINO CÂMPUS JOINVILLE