Pular para o conteúdo

Notícias

IFSC entrega produção de álcool em gel para Secretaria de Saúde de Canoinhas

EXTENSÃO Data de Publicação: 17 jul 2020 12:28 Data de Atualização: 17 jul 2020 19:04

A equipe de servidores do Câmpus Canoinhas responsável pelo projeto Mãos em Ação concluiu nesta semana a produção de álcool em gel financiada pela Chamada Pública Emergencial do IFSC de enfrentamento à pandemia do coronavírus. No total, foram produzidos 723 frascos de 500 ml (ou 480g) de álcool em gel para doação à Secretaria de Saúde de Canoinhas, que fará a distribuição a órgãos de saúde e moradores em vulnerabilidade social do município, que não têm acesso a produtos de higiene.

A primeira remessa, com 600 frascos, já foi entregue no dia 8 de julho ao Comitê Estratégico de Enfrentamento à Pandemia Covid-19 de Canoinhas. Conforme a assistente social, Zenici Dreher Herbst, e a enfermeira coordenadora da Atenção Básica, Alexandra Lavina Iglikowski, que receberam os produtos, a proposta é garantir reforço nos cuidados com higienização e prevenção do contágio com a Covid-19 utilizando álcool em gel.

“Estas ações serão coordenadas pelas equipes de Atenção Básica e os produtos entregues às famílias em situação de vulnerabilidade social, pelos agentes comunitários de saúde”, explicam as profissionais da Saúde. A entrega do último lote de álcool em gel produzido pelo Câmpus Canoinhas está agendada para a próxima segunda-feira (20).

Na terça-feira (14), a Secretaria Municipal de Saúde do Governo de Canoinhas publicou uma relação das doações recebidas pelo município. Além do álcool em gel produzido pelo IFSC, também constam máscaras cirúrgicas, máscaras de tecido, capotes de brim, macacões impermeáveis, totens para álcool em gel e testes para Covid-19, doados por órgãos e empresas. “Neste tempo de pandemia a solidariedade tem se mostrado como um valor muito praticado em nossa cidade. Nossa gratidão a estes anjos”, agradeceu o prefeito Beto Passos.

Trabalho conjunto

Segundo o administrador do Câmpus Canoinhas, William Sadao Hasegawa, a educação é um dos grandes pilares da sociedade e o IFSC não poderia deixar de fazer parte do combate à Covid-19. “Este combate é de todos. Temos um capital intelectual apto e laboratórios que poderiam ser utilizados neste momento de crise. Por isso a importância de trabalhamos unidos com outras instituições e em prol da saúde e educação”, ressalta.

Para a professora Marli da Silva Santos, a troca de conhecimento entre os envolvidos é um dos fatores mais positivos do projeto. “Através da necessidade apresentada, podemos colocar em prática os nossos conhecimentos. Outro fator importante do projeto de extensão é a interação da instituição com a comunidade. Podemos cumprir com a nossa missão institucional através desses desafios”, destaca.

“Vai ao encontro do tripé missão, visão e valores do IFSC”, avalia professora Cleoci Beninca. “Mas, muito além disso, a pandemia nos trouxe a possibilidade de despertarmos o bem que existe em nós, colocando nossas ‘mãos em ação’. A doação do nosso tempo, conhecimento e empatia neste momento tão delicado, especialmente para as pessoas que não estão em contato ‘interno’ conosco, faz este projeto tornar-se especial”, enfatiza.

Além das professoras de Alimentos, Cleoci e Marli, e do administrador William, a equipe do projeto Mãos em Ação é composta pelas técnicas de laboratório da área de Alimentos, Josiéli de Oliveira dos Santos Veiga (coordenadora) e Daiana Alves Machado, e pelas as professoras de química, Juliana Aparecida da Silva e Maria Bertilia Oss Giacomelli, e conta com o apoio do coordenador de Assuntos Estudantis, Cleber Roberto Stange.

Critérios técnicos

A produção do álcool em gel foi realizada no Laboratório de Análises Físico-Químicas do Câmpus Canoinhas, que dispõe de equipamentos e vidrarias necessários, além dos equipamentos de proteção individual e coletiva. Todo processo seguiu os padrões de boas práticas de fabricação, as orientações da Nota Técnica Nº 3/2020 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que autoriza a produção, distribuição e doação de produtos à base de Álcool Etílico 70% INPM neste período de pandemia, e as indicações da Vigilância Sanitária do município.

EXTENSÃO CÂMPUS CANOINHAS INSTITUCIONAL