Pular para o conteúdo

Notícias

Segunda fase do Censo Covid-19 inicia com ligações telefônicas à comunidade acadêmica

INSTITUCIONAL Data de Publicação: 28 ago 2020 11:39 Data de Atualização: 10 set 2020 15:43

Conhecer em detalhes as necessidades de inclusão digital, assistência estudantil, saúde mental, alimentação e arranjo familiar, entre outros aspectos relacionados ao bem estar e ao processo de ensino-aprendizagem no contexto de pandemia é o objetivo principal do Censo Covid-19, questionário dirigido à comunidade acadêmica, e que inicia nova fase.

Essa nova etapa, que segue até 25 de setembro, visa ampliar a aplicação do Censo, através de equipes pesquisadoras formadas por discentes e um servidor responsável. Com a informação referente aos alunos que não realizaram o preenchimento do questionário (etapa 1), eles farão, por meio de ligação telefônica, contato com o estudante para falar do Censo, incentivando o discente a participar da iniciativa, responder o questionário, quando o aluno entrevistado não tem condições de responder por conta própria.

“As planilhas não contêm informações sensíveis e o coordenador (servidor) organiza o trabalho para o melhor atendimento”, destaca o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional (Prodin), Egon Sewald Junior. 

Ele ressalta que o aluno “entrevistado” só encaminha seus dados após o aceite ao Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). “Os dados, que só serão solicitados após aceitar o TCLE, ficam sob os cuidados da Prodin, sem repasse a órgãos externos. A não aceitação do TCLE encerra a pesquisa, sem a resposta das demais questões”, esclarece o pró-reitor.

Como saber que a ligação é do IFSC?

1) As ligações serão pela plataforma Skype e por conta disso podem aparecer números de telefone como “000”;

2) O servidor ou aluno irá se apresentar e perguntar para você confirmar parte do seu CPF. E alerta para não repassar nenhum código que possa a vir receber no seu celular.

Entenda melhor a segunda fase

As ligações podem ser feitas por alunos e servidores componentes das equipes, bolsistas ou voluntários. Ao receber a ligação, o aplicador faz a identificação e a checagem de dados, para possibilitar o preenchimento. Os aplicadores devem preencher as informações diretamente no formulário e, conforme orientação recebida, não devem guardar dados em nenhum formato.

O edital (03/2020) selecionou 24 equipes, onde as equipes são responsáveis pela aplicação em seus câmpus – uma por câmpus, exceto Câmpus Florianópolis que são três grupos em atividade. Os dados serão processados e apresentados em relatório a ser divulgado ao público (comunidade acadêmica e externa) e subsidiarão políticas para minimizar os impactos da pandemia.

A realização do Censo IFSC Covid-19 recebeu parecer favorável da Procuradoria Geral Federal (PGF) e dos comitês gestores de Segurança da Informação (CGSIC) e de Tecnologia da Informação e Comunicação (CGTIC). 

É estudante e ainda não respondeu? Acesse o formulário do Censo Covid-19  aqui.

 

INSTITUCIONAL