Pular para o conteúdo

Notícias

Alunos premiados em Olimpíada de Física recebem certificados

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS Data de Publicação: 22 dez 2020 15:11 Data de Atualização: 22 dez 2020 15:32

A conquista foi no ano passado, mas a expectativa pela possibilidade de uma cerimônia presencial de premiação, que anteriormente acontecia entre março e abril, adiou até o último mês deste ano a entrega da premiação estadual da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (Obfep) 2019. “A medalha é muito simbólica e recebê-la é muito gratificante. Porém, devo dizer que o mais importante é a jornada e os conhecimentos ganhos”, afirma o estudante do curso técnico integrado em Mecânica do Câmpus Joinville, Romero Perardt Magalhães Brito, em referência ao certificado digital recebido por e-mail, nesse período de adaptação por causa da pandemia de Covid-19.

Além de Romero, medalhista de bronze na Obfep 2019, outros nove estudantes do IFSC receberam seus certificados digitais equivalentes a quatro medalhas de ouro, quatro de prata e uma de bronze. Do total, sete alunos são do Câmpus Florianópolis, um é do Câmpus Xanxerê e dois são do Câmpus Joinville.

Participante e finalista em várias olimpíadas, Romero encara estes desafios como oportunidade de agregar novas experiências. “Para mim, a física, junto com a matemática, é uma forma muito bela e eficiente de se enxergar e conhecer o mundo”, comenta Romero. “As olimpíadas expandiram em muito os meus horizontes. Recomendo a todos que participem.”

O conselho vem ao encontro dos objetivos da Obfep, que são divulgar a física e descobrir novos talentos. “Do mesmo modo que competições de cantores incentivam jovens a seguirem a carreira artística, competições científicas tentam incutir o desejo de seguir nas ciências exatas ou engenharias, áreas que têm baixíssima procura e têm um papel fundamental na sociedade”, ressalta o professor Julio César Sagás, do Departamento de Física do Centro de Ciências Tecnológicas de Joinville da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), que coordenou a Obfep no estado de 2015 a 2019.

Entusiasta desta vocação das olimpíadas, o professor de física do Câmpus Joinville, Fernando Claudio Guesser, lembra que o conhecimento da física é importante porque vivemos em uma sociedade dependente da ciência e da tecnologia. “Entender esses temas é desejável para compreender e participar dessa realidade”, enfatiza.

Os medalhistas

Ouro:

Marcelo Augusto Vieira Lopes – Florianópolis

Matheus Haas – Florianópolis

Tiago da Silva Henrique  – Florianópolis

Felipe Lorenzzon – Xanxerê

Prata:

João Antônio E Teixeira – Florianópolis

Pedro Remus de Ávila – Florianópolis

Rafael Rodrigues Tello – Florianópolis

Pedro Gustavo Rieck – Joinville

Bronze:

Victor Hugo de Oliveira Mota – Florianópolis

Romero Perardt Magalhães Brito – Joinville

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS CÂMPUS JOINVILLE CÂMPUS XANXERÊ EVENTOS

Nó: liferay-ce-prod01

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.