Pular para o conteúdo

Notícias

Câmpus SMO conquista sete medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

ENSINO Data de Publicação: 23 dez 2020 08:51 Data de Atualização: 23 dez 2020 10:25

Dos oito participantes do Câmpus São Miguel do Oeste, sete conquistaram medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Entre eles, cinco são estudantes dos cursos técnicos integrados do IFSC e dois são alunos de escolas da região, que não iriam participar da prova da OBA, e disputaram a competição pelo IFSC via projeto de extensão AstroIFSC - Grupo de Estudos de Astronomia. No total, foram duas medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze.

O resultado foi divulgado na última semana. O evento ocorreu nos dias 12 e 13 de novembro, em fase única e de forma virtual devido à pandemia de Covid-19. Além de São Miguel do Oeste, estudantes de outros quatro câmpus do IFSC também faturaram medalhas. Veja mais aqui.

A OBA é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), com a participação de estudantes da educação básica. O objetivo é estimular o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins.

“Esse resultado reflete o empenho dos alunos em adquirir conhecimento, a dedicação familiar em incentivar os estudos, a busca por novos conhecimentos e agora com as medalhas, a satisfação de ver o resultado do seu próprio esforço. A pandemia veio e dificultou algumas coisas, mas trouxe à tona um lado novo de aprender, um lado onde a família mostra sua importância, um lado onde o aluno é um agente maior em sua aprendizagem, um lado em que a tecnologia que antes distanciava, agora nos deixa próximos, mostrou que sempre é possível se adaptar e evoluir em relação às adversidades”, pondera o professor de física do câmpus Evandro Luis da Cunha.

Mostra Brasileira de Foguetes

A Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG) é outra competição que ocorre concomitante à OBA. Nela, o câmpus foi representado por uma equipe formada pelos estudantes Daniel Gasperin, Jordana Gonzatto e Luiza Garlet Paglioza, do curso técnico integrado em Agropecuária. Já na etapa local, eles conseguiram um alcance de 185m e com isso, além de levarem medalha de ouro, se classificam para uma etapa nacional, chamada de Jornada de Foguetes, que ainda está sem data definida. O grupo é o mesmo que conquistou troféu em 2019 na etapa nacional desse evento em Barra do Piraí-RJ.

“Ano passado a gente conseguiu ir para a fase nacional, que foi um feito muito grande para nossa região, especialmente porque outros alunos já haviam se classificado em anos anteriores, mas não conseguiram ir para a fase nacional por uma questão de custos, então a gente correu atrás, fez vaquinha virtual, buscou apoio de empresas e conseguimos participar e trazer para São Miguel do Oeste o troféu de campeão”, lembra Daniel Gasperin, estudante do terceiro ano do técnico integrado em Agropecuária, que ainda relata sobre a expectativa para a edição de 2020: “Agora para a etapa nacional, a gente tá se preparando, buscando conhecimentos diferenciados para implementar nosso foguete e aí sim conseguir distâncias ainda maiores”. 

Confira os premiados do Câmpus SMO

Daniel Capelini Barbosa - Medalha de ouro (Projeto AstroIFSC)
Bruno Luiz da Cunha - Medalha de ouro (Projeto AstroIFSC)
Daniel Gasperin - Medalha de prata
Gabriela Camila Corti - Medalha de prata
Graziela Franco Assumpção - Medalha de prata
Aline Barbieri - Medalha de bronze
Marrony Rufino Busnelo - Medalha de bronze 

Premiados em outros câmpus

Em cinco câmpus do IFSC houveram alunos premiados. Estudantes dos câmpus Caçador, Criciúma, Florianópolis, Joinville e São Miguel do Oeste receberam medalhas na OBA 2020. Confira aqui

 

ENSINO CÂMPUS SÃO MIGUEL DO OESTE

Nó: liferay-ce-prod01