Pular para o conteúdo

Notícias

Informativo faz diagnóstico e aponta caminhos para a viticultura em Urupema

EXTENSÃO Data de Publicação: 21 dez 2020 19:34 Data de Atualização: 21 dez 2020 19:44

Alunos do curso Superior de Tecnologia de Viticultura e Enologia do Câmpus Urupema produziram um documento com o diagnóstico da viticultura na cidade. O Informativo de Extensão do IFSC Urupema - Uma Análise da Viticultura em Urupema/SC faz parte da disciplina Atividades de Extensão I, que tem carga horária exclusiva para extensão, atendendo a curricularização da extensão no curso.

Os resultados apresentados no relatório foram obtidos por meio do preenchimento de um formulário, aberto entre os meses de junho e julho deste ano, respondidos por produtores da região. Com as respostas foi possível traçar um perfil dos produtores rurais, as características das propriedades como tamanho e principais culturas, quantos moradores habitam na propriedade e os objetivos de cada produtor ao cultivar uvas e produzir vinhos.

Uma das coordenadoras da atividade, a professora Carolina Pretto Panceri, ficou surpresa com os resultados do relatório. "Um grande percentual dos produtores participantes indicaram produzir uva na sua propriedade, especialmente para consumo próprio. Além disso, a pesquisa identificou a demanda dos produtores de Urupema por maiores informações e conhecimento na área da viticultura. Isso demonstra que as atividades de extensão curricularizadas no curso superior de Tecnologia em Viticultura e Enologia possuem um vasto campo para atuar, aproximando-se destes produtores e atendendo suas demandas técnicas", explica.

A lacuna também foi identificada pelos alunos participantes da produção do relatório, como é o caso da Fernanda Cristina Moser. "Eu levei essa experiência como uma oportunidade de conhecer a região, as dificuldades dos agricultores, entre diversas outras coisas que contribuíram para meu aprendizado, que vai além da sala de aula. Tive a oportunidade de ser uma extensionista por alguns dias e isso foi muito gratificante para mim", conta Fernanda.

Ainda segundo a aluna, o trabalho teve um papel importante para a convivência da turma. "Esse trabalho também uniu mais a nossa turma, já que éramos todos desconhecidos e nos mostrou que se trabalharmos em grupo podemos adquirir melhores resultados. Cada um tem uma maneira de ver as coisas, de fazer algo que o outro não sabe e isso agrega muito no resultado final", acrescenta.

Próximos passos

Os participantes pretendem apresentar o relatório às autoridades municipais e assim poder contribuir com a comunidade. "Enviaremos à Prefeitura Municipal de Urupema, em especial para a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, que nos auxiliou no início da atividade contribuindo para a definição do objetivo do diagnóstico. Esperamos poder realizar novo levantamento em todas as cinco comunidades do município de forma mais efetiva, para ampliar o entendimento da viticultura realizada em Urupema e assim propormos ações de extensão", completa a professora Carolina.

Na mesma linha, Fernanda destaca os benefícios que o relatório pode trazer. "O que mais me marcou foram os relatos dos agricultores afirmando que seu principal motivo para não implantarem videiras em suas propriedades era o medo, falta de conhecimento e auxílio. Coisas que poderiam ser resolvidas com incentivo e apoio a eles", finaliza.

O relatório foi apresentado na 1a Mostra Científica 3', realizada durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, realizada conjuntamente entre os câmpus Lages e Urupema, e ficou com o segundo lugar no evento.
 

EXTENSÃO CÂMPUS URUPEMA

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.