Pular para o conteúdo

Notícias

Projeto do Câmpus Lages é um dos contemplados em edital Fapesc/IFSC

CÂMPUS LAGES Data de Publicação: 17 mar 2021 08:33 Data de Atualização: 30 mar 2021 18:29

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC) publicou nesta segunda-feira (15) os projetos aprovados na Chamada Pública FAPESC nº 23/2020, exclusiva aos grupos de pesquisa do IFSC. Dos 11 projetos selecionados, um deles é o da professora Jaqueline Suave, professora do Câmpus Lages do IFSC.

O projeto intitulado "Desenvolvimento de embalagens biodegradáveis para alimentos funcionalizadas com agentes antioxidantes e antimicrobianos" terá 24 meses para sua execução com fomento da fundação a partir do dia 1o de abril deste ano. "Bom, como o próprio nome diz, o objetivo geral é desenvolver embalagens para alimentos que não agridam o meio ambiente e ao mesmo tempo possam ser funcionalizadas, ou seja, auxiliem na conservação do alimento, não apenas protegendo. Para isso, faremos uso de polímeros biodegradáveis e objetivamos diminuir o impacto ambiental causado pelo uso de embalagens e evitar sobrecarga dos aterros sanitários", esclarece a professora.

Os polímeros (materiais para confecção das embalagens) são o PLA poli (ácido lático) e a metilcelulose. Para a funcionalização serão usadas nanopartículas de prata e óleos essenciais que serão extraídos de plantas nativas da Serra catarinense. "Uma das primeiras etapas do projeto é fazer um levantamento das potências plantas, baseado na literatura e também em resultados de pesquisas já desenvolvidas anteriormente no grupo. Depois selecionaremos algumas para os ensaios", completa.

A equipe do projeto faz parte do Grupo de pesquisa Plantas Medicinais do IFSC, que terá o valor de R$ 30 mil para sua execução, além da contratação de um bolsista. Para conferir os outros projetos do IFSC contemplados, clique aqui.

 
CÂMPUS LAGES PESQUISA

Nó: liferay-ce-prod01

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.