Pular para o conteúdo

Notícias

Projeto desenvolve jogos lúdicos para idosos

EXTENSÃO Data de Publicação: 01 jun 2021 16:09 Data de Atualização: 01 jun 2021 17:04

O projeto de extensão “O jogo como estratégia de enfrentamento ao isolamento social de idosos” do Câmpus Gaspar desenvolveu e adaptou quatro jogos lúdicos que estão sendo distribuídos para a Secretaria da Família de Blumenau e para a Secretaria de Assistência Social de Gaspar.

“A proposta surgiu de um projeto maior em que estudamos o papel da ludicidade no processo de envelhecimento ativo e a partir dele pensamos em disseminar jogos como estratégia de enfrentamento ao isolamento social de idosos por conta da Covid-19 de maneira a desenvolver ações que promovam o envelhecimento ativo por meio de atividades lúdicas. Os materiais desenvolvidos têm relação direta com os Temas Contemporâneos Transversais (TCTs) propostos pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), no que tange ao processo de envelhecimento, respeito e valorização do idoso, saúde, educação em direitos humanos e trabalho e vida familiar e social”, explica o professor do Câmpus Gaspar Anderson Honorato, que é o coordenador do projeto.

Já foram distribuídos 160 kits do jogo “Memoforca”, que é uma fusão do jogo da memória e da forca. O objetivo do jogo é desenvolver a memória, a coordenação motora, a visão, a função executiva do cérebro e o processamento de informações. “O intuito é fazer com que o idoso saia de sua zona de conforto e exercite o cognitivo de forma fácil, simples e divertida. O que pode contribuir também para estreitar as relações interpessoais com os familiares”, explica o professor. 

Foram criados e adaptados outros três jogos que, em breve, também serão distribuídos, são eles: “engana bobo” com o tema folclore,  pictureka e o jogo de damas personalizado tendo como tema a cultura alemã e italiana. 

EXTENSÃO CÂMPUS GASPAR

Nó: liferay-ce-prod01

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.