Pular para o conteúdo

Notícias

Confira entrevista com egresso do curso técnico em Agronegócio do Câmpus SLO

CÂMPUS SÃO LOURENÇO DO OESTE Data de Publicação: 29 jun 2021 21:04 Data de Atualização: 30 jun 2021 11:22

Ivaldo de Freitas se formou técnico em Agronegócio no Câmpus São Lourenço do Oeste do IFSC em 2020. Atualmente, trabalha como técnico e representante de vendas na área e diz se sentir preparado para exercer a atividade. “Me sinto mais preparado para visitar clientes, sugerir soluções para problemas observados e encontrados no campo, dar melhores orientações, sugerir o uso dos recursos disponíveis nas propriedades e demais ações que podemos contribuir para progresso do produtor rural”, afirma.

Das experiências quando estudante, destaca a participação em um projeto de extensão e na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) do IFSC. Ao final, Ivaldo também deixa um conselho para os calouros. Confira abaixo a entrevista completa:

Quais são suas lembranças favoritas das aulas?

As lembranças favoritas creio ser o empenho de cada aluno em buscar o saber, sendo que ali tínhamos produtores rurais, representantes comerciais, jovens procurando seu primeiro trabalho, alguns que não tinham vínculo diretamente ao ramo do Agronegócio, mas, mesmo assim, o empenho e dedicação era observado diariamente no decorrer do curso.

Durante a formação, em quais atividades você se envolveu?

Durante a formação, foram desenvolvidas atividades de campo junto com os professores, palestras dos mais diversos temas com profissionais da área que auxiliaram no entendimento de alguns temas estudados em sala de aula. Porém, as visitas técnicas nas propriedades aqui da região Oeste de Santa Catarina foram de maior importância, pois tivemos a oportunidade de ver in loco projetos de pecuária de leite, criação de suínos, produção de mel e produtos artesanais vindos da agricultura familiar.

Você participou de algum evento organizado pelo IFSC? Como foi a experiência?

Nós, como acadêmicos, participamos da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2019, onde apresentamos o projeto MANEJO ALIMENTAR DA VACA PRODUTORA DE LEITE, no qual foi levado uma amostra de produtos que compõem a alimentação diária de um animal produtor de leite, tais como: silagem, feno, pré secado, rações pré-parto, rações para produção e alguns produtos para higiene e limpeza dos tetos e sistema ordenha. O evento era aberto para visitação de alunos dos colégios públicos e privados do município, e demais entidades. Nossa apresentação gerou grande interesse do público pelo tema exposto. A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é realizada com participação de todos os cursos disponibilizados pelo câmpus, desta forma tinham vários temas expostos para visitação. Também participei da organização do projeto de extensão “Webinar IFSC: pecuária leiteira em foco”. Foi um evento on-line, realizado durante a pandemia da Covid-19, onde foi realizado um ciclo de palestras sobre a bovinocultura de leite, com profissionais renomados na área. Organizar o evento para produtores rurais da região, conjuntamente com os professores do IFSC me trouxe muitas experiências positivas, que atualmente contribui para minha vida profissional.

Atualmente você trabalha na área de formação do curso? Qual foi o impacto do IFSC na sua vida profissional?

Atualmente, trabalho no ramo do Agronegócio, junto a empresa ALTA GENTICS, sou técnico e representante de vendas da linha de produtos para reprodução bovina e criação de bezerras. O curso foi muito importante, para mim, pelo fato de explanar temas que têm ligação direta com a parte reprodutiva dos animais (manejo alimentar, sistemas de criação, sistema digestivo de ruminantes, controle sanitário, manejo inicial, criação de bezerras e por aí vai). Nos dias atuais, com o curso concluído, me sinto mais preparado para visitar clientes, sugerir soluções para problemas observados e encontrados no campo, dar melhores orientações, sugerir o uso dos recursos disponíveis nas propriedades e demais ações que podemos contribuir para o progresso do produtor rural.

Que conselho você daria para quem está no início de um curso no IFSC?

O conselho seria, para cada pessoa que tem um objetivo profissional na sua vida, o estudo é o caminho mais curto para alcançarmos, independente da área ou ramo que desejamos seguir, o IFSC é uma grande porta de acesso, através de todo seu corpo técnico, que não medirão esforços para que você, aluno, seja bem acolhido desde o primeiro dia de aula e, ao término, será uma pessoa mais preparada para seguir seu sonho profissional.

CÂMPUS SÃO LOURENÇO DO OESTE AVISOS

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.