Pular para o conteúdo

Notícias

Conheça os projetos de pesquisa desenvolvidos no Câmpus SLO do IFSC

CÂMPUS SÃO LOURENÇO DO OESTE Data de Publicação: 26 jul 2021 14:54 Data de Atualização: 27 jul 2021 16:22

Você pode não perceber, mas a ciência faz parte da vida de todos nós. Ela está no medicamento que compramos na farmácia para aliviar aquela dor de cabeça, no chuveiro que aquece nossos banhos até nos dias mais frios do inverno, no smartphone que usamos para acessar as redes sociais e por aí vai. A lista é enorme.

Mas você já se perguntou, afinal, onde ela é produzida? No Brasil, principalmente nas universidades e institutos federais, inclusive no câmpus. Sim! No Câmpus SLO do IFSC é feito ciência pelas mãos de cientistas de verdade. Os alunos também têm a oportunidade de fazer ciência quando se envolvem em projetos de pesquisas junto com os seus professores.

O IFSC fomenta o desenvolvimento da ciência nos seus 22 câmpus por meio da abertura de editais de financiamento de pesquisas. Assim, os servidores da instituição podem propor e submeter projetos para angariar recursos e viabilizar a execução das pesquisas. Mas antes de serem aprovadas, as propostas passam por uma avaliação. A professora e pesquisadora do Câmpus SLO Daiana Schmidt explica esse processo:

“Os projetos são avaliados por profissionais da área e se eles se enquadrarem nos critérios do rigor científico, metodologia científica, principalmente se têm impacto e relevância tanto para o desenvolvimento regional, quanto para o desenvolvimento da ciência, eles podem ser financiados para os professores desenvolverem suas propostas”, afirma.

A professora deu entrevista à Rádio Nova FM, em São Lourenço do Oeste. Ouça a entrevista na íntegra aqui, realizada em alusão ao Dia Nacional da Ciência e do Pesquisador Científico, comemorado em 8 de julho.

Grupo de Pesquisa no IFSC

No ano passado, o Câmpus São Lourenço do Oeste também passou a ter um grupo de pesquisa com o nome “Inovações tecnológicas, desenvolvimento regional e o agronegócio”. O objetivo do grupo é promover a prática da pesquisa básica e aplicada nos diferentes níveis e áreas do conhecimento, visando o fortalecimento do agronegócio e o desenvolvimento da microrregião Noroeste Catarinense. Esse grupo é certificado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e é composto por professores, servidores técnicos administrativos e estudantes do câmpus. 

Atualmente, todos os projetos de pesquisas que são desenvolvidos no câmpus estão alinhados com esse grupo. Conheça abaixo cada um deles: 

Participação no edital universal (Edital 02/2021/PROPPI)

Projeto aprovado com fomento da reitoria/cnpq:
Fomento: R$ 4.999,50
Bolsa discente: 01 bolsa discente no valor de R $400,00 e duração de 12 meses.
Título do projeto: Avaliação do efeito do extrato aquoso de sálvia (Salvia officinalis L.) como agente de “priming” na qualidade fisiológica de sementes de soja
Docente membro do projeto: Leandro Roberto da Cruz
Discente: Larissa de Lourdes Zezo Catosso
Categoria: Pesquisa Básica
Área de Pesquisa: Fisiologia de Plantas Cultivadas
Linha de Pesquisa: Fisiologia de Plantas Cultivadas
Eixo: Ciências Agrárias
Período de execução: 08/21 a 07/22
Resumo: O priming de sementes é uma técnica amplamente utilizada para aumentar a taxa, a porcentagem e a uniformidade de germinação ou emergência de plântulas através da alteração do vigor e /ou estado fisiológico das sementes. Recentemente, os extratos vegetais têm sido utilizados como agentes de bio-priming devido ao aumento da qualidade fisiológica das sementes e alterações das respostas antioxidativas desencadeadas nas plântulas após o priming. Neste contexto, a sálvia (Salvia officinalis L.), que é uma planta caracterizada pela presença de inúmeros compostos antioxidantes em suas folhas, é um potencial agente de bio-priming para sistemas orgânicos de produção. Desta forma, o objetivo desta proposta é avaliar o efeito do extrato aquoso das folhas de sálvia como agente de priming na qualidade fisiológica de sementes de soja (Glycine max). Para isso, sementes de soja serão embebidas no extrato aquoso de sálvia por 24 horas. Após o priming, as sementes serão submetidas aos testes de qualidade fisiológica (germinação, teste do envelhecimento acelerado e desempenho de plântulas), avaliação morfológica de raiz e parte área de plântulas e determinação da eficiência fotossintética. Os experimentos serão realizados no delineamento inteiramente aleatorizado com cinco repetições. Os dados serão submetidos à análise de variância (ANOVA) e as médias comparadas pelo teste de Tukey (P < 0,05%).

Projeto classificado:
Título: Desenvolvimento de um Software para Gestão de Propriedades Leiteiras
Docentes membros do projeto: Daiana Schmidt, Daniel Fernando Carossi e Vinicius Dal Bem
Categoria: Pesquisa Aplicada
Área de Pesquisa: Ciência da Computação
Linha de Pesquisa: Inovações na Pecuária
Eixos: Ciências Agrárias e Informática
Período de execução: 08/21 a 07/22
Resumo: A mesorregião Oeste de Santa Catarina destaca-se na pecuária leiteira a nível nacional. Com os melhores índices de produtividade do país, ainda observa-se um potencial de crescimento de cem por cento em relação aos patamares Americanos. No entanto, a deficiência na coleta de informações e análise dos indicadores zootécnicos fragiliza o planejamento estratégico da atividade, compromete a lucratividade e impossibilita o desenvolvimento das premissas da sustentabilidade. Desta forma, o objetivo deste projeto é desenvolver um software para o gerenciamento de propriedades produtoras de leite, integrando dados zootécnicos e de viabilidade financeira para auxiliar os produtores e profissionais da assistência técnica na tomada de decisão. Será utilizado o modelo de processo de software incremental, que consiste em etapas sequenciais de prototipação e validação junto à área finalística. Através de um mapeamento realizado com os produtores da região, serão definidas as funcionalidades, telas e grau de automatização da solução. Espera-se desenvolver uma solução capaz de integrar informações de todo o sistema produtivo da propriedade, gerando indicadores claros sobre a gestão do rebanho, status produtivo, e demonstrando pontos de estrangulamento da produção da propriedade, bem como possibilitar um alto grau de consciência situacional ao produtor, dando suporte à produção leiteira nos vários cenários de produção regional.

Projeto classificado:
Título: Aplicação do problema LASSO à reconstrução de imagens
Docente membro do projeto: Marina Geremia
Categoria: Pesquisa Básica
Área de Pesquisa: Matemática Aplicada
Linha de Pesquisa: Otimização
Eixos: Matemática e Informática
Período de execução: 08/21 a 07/22
Resumo: O aprendizado de máquina se destacou nas últimas décadas e tem sido objeto de intenso estudo científico. Suas aplicações se estendem às mais diversas áreas do conhecimento humano. Este projeto visa o estudo e emprego do aprendizado de máquina, em particular, do problema LASSO. Este problema possui relevância científica, uma vez que sua aplicabilidade em problemas de larga escala é bastante difundida e explorada. Nesta proposta, estudaremos o problema LASSO e sua aplicação na área de reconstrução de imagens, especificamente imagens reais desgastadas pelo tempo que compõem a identidade histórica da cidade de São Lourenço do Oeste.

Participação no edital PIBIC EM 

Projeto aprovado com fomento da reitoria:
Bolsa discente: 02 bolsas discentes no valor de R$ 100,00 e duração de 12 meses.
Título do projeto: Análise do perfil do microempreendedor individual (MEI) cadastrado nos municípios que compõe a AMNOROESTE
Docentes membros do projeto: Marina Geremia e Gabriel Mathias Ferrari
Categoria: Pesquisa Básica
Área de Pesquisa: Planejamento em ciência e tecnologia
Linha de Pesquisa: Gestão e Negócios
Eixos: Administração e Matemática
Período de execução: 08/21 a 07/22
Resumo: Esta proposta de pesquisa consiste na análise dos dados de cadastro dos microempreendedores individuais dos municípios que compõem a associação de municípios do noroeste de Santa Catarina (AMNOROESTE). A avaliação destas informações, neste projeto, se dará via estatística descritiva. O objetivo principal deste projeto de pesquisa é mapear o perfil do microempreendedor individual desta região e a partir do delineamento destes profissionais promover a oferta de cursos de capacitação que tenham um impacto direto em suas atividades. Além disso, este estudo poderá ser disponibilizado às agências financeiras e aos gestores públicos da região para que possam nortear políticas públicas que atinjam esta parcela significativa da nossa população.

Participação no edital PI 

Projeto com fomento da reitoria:
Bolsa discente: 01 bolsa discente no valor de R$ 400,00 e duração de 01 mês.
Título do projeto: Estudo da viabilidade financeira da cunicultura pet em uma propriedade familiar no município de Campo Erê (SC)
Docente membro do projeto: Daiana Schmidt
Discente: Izabela Costa Richter
Categoria: Pesquisa Aplicada
Área de Pesquisa: Agronomia
Linha de Pesquisa: Produção Agropecuária
Eixos: Ciências Agrárias
Período de execução: 07/21 a 03/22
Resumo: A cunicultura Pet é o ramo da Zootecnia que trata da criação produtiva, econômica e racional do coelho comercialização como animais de companhia. Esta atividade vem crescendo de forma elevada nos últimos anos, e oportunizando aos produtores rurais uma estratégia de diversificação da propriedade e, consequentemente, uma fonte de renda adicional. No entanto, o conhecimento dos custos de produção é condição essencial para a sua implantação e/ou impulso da atividade. Desta forma, o objetivo do presente trabalho consiste em calcular a viabilidade financeira da cunicultura pet em uma propriedade familiar, tendo como principal questionamento: a cunicultura pet na propriedade pesquisada, localizada no município de Campo Erê (SC) é financeiramente viável? Para responder esta pergunta serão coletados os dados durante nove meses (julho de 2021 a março de 2022) e calculado o custo total de produção (custos fixos e custos variáveis), as receitas e o lucro pelo método do custeio de absorção. Ademais, será realizado um levantamento bibliográfico do tema para melhor compreensão do atual cenário desta atividade no Brasil. Espera-se que, dentro das condições da propriedade, a atividade possa proporcionar resultados financeiros favoráveis ao produtor.

 

CÂMPUS SÃO LOURENÇO DO OESTE AVISOS

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.