Pular para o conteúdo

Notícias

Podcast do Câmpus Araranguá aborda práticas educacionais inclusivas no IFSC

EXTENSÃO Data de Publicação: 07 dez 2021 09:12 Data de Atualização: 07 dez 2021 12:05

Uma série de podcasts produzido por estudantes do Câmpus Araranguá está apresentando e discutindo práticas educacionais inclusivas desenvolvidas no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Com o título “Caçadores de Inclusão”, a série pretende disseminar práticas exitosas realizadas nos câmpus e sensibilizar a sociedade para a importância do tema.

Os episódios podem ser ouvidos no Spotify ou no Google Podcasts.

O projeto é coordenado pela servidora Karoline Gonçalves Nazário, também coordenadora de Extensão e Eventos do Câmpus Araranguá. A ideia partiu da dissertação desenvolvida por Karoline no Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), com o título “Educação Profissional Inclusiva: o podcast como recurso educacional e de disseminação de práticas inclusivas”. O podcast era o recurso educacional proposto pelo trabalho de pesquisa.

“Nosso objetivo é produzir uma série com dez episódios que irão tratar sobre práticas educacionais inclusivas que estão sendo realizadas no IFSC, especialmente nos câmpus Araranguá, Gaspar e Xanxerê, por serem os câmpus com mais práticas inclusivas desenvolvidas nos últimos anos”, explica Karoline. “Vamos falar sobre trais práticas inclusivas, conversar com coordenadores e alunos que participaram e conversar com as pessoas atendidas, seja recebendo um equipamento como uma cadeira de rodas ou participando de uma ação para promover o debate sobre inclusão”, afirma.

Além do episódio de abertura, em que são explicados os objetivos do projeto e apresentados os integrantes, a série já conta com seis programas no ar. Eles apresentam o tema, os debates e a legislação envolvendo as práticas educacionais inclusivas, discutem capacitismo e os termos mais adequados a serem utilizados, falam de transtorno do espectro autista, de sala de aula inclusiva e também exploram as experiências desenvolvidas no Câmpus Palhoça Bilíngue.

Produzem o podcast cinco estudantes do Câmpus Araranguá que foram contemplados no Edital Protagonismo Discente de 2021: Cristina Spolti Lorenzetti (Licenciatura em Física), Eduarda Reus Padilha (Técnico Integrado em Eletromecânica), Filipe Borges Alves (Técnico Integrado em Eletromecânica), Jackeline da Rosa Mattos (CST Design de Moda) e Joiceline Santos Machado (Licenciatura em Física).

“A educação inclusiva é um tema de extrema importância para a sociedade, mas ainda pouco conhecida. No nosso Câmpus, as práticas inclusivas estão muito presentes, porém na comunidade externa elas são pouco conhecidas, e com o podcast acredito que vamos ter a possibilidade de levar as informações aqui de dentro para além dos portões, servindo de exemplo para outras escolas e talvez ajudando-as a exercer as mesmas práticas”, afirma a aluna Jackeline.

Novidades sobre o Caçadores de Inclusão também podem ser acompanhadas no Instagram do projeto.

 

EXTENSÃO CÂMPUS ARARANGUÁ

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.