Pular para o conteúdo

Notícias

Professora do Câmpus Lages fica em segundo lugar em prêmio de Educação Empreendedora

CÂMPUS LAGES Data de Publicação: 10 dez 2021 14:46 Data de Atualização: 10 dez 2021 17:19

A professora do Câmpus Lages do IFSC Mônica Maria Liberato, da área de administração, foi premiada com o segundo lugar na categoria Ensino Superior na segunda edição do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora. A premiação foi oferecida pelo Sebrae do Sergipe e entregue no último dia 29.

O reconhecimento veio por meio do projeto Consultoria em Empregabilidade. Uma atividade itinerante (a cada semestre acontece uma comunidade) e que tem o objetivo de melhorar os índices de empregabilidade entre jovens da periferia da Grande Aracaju, melhorando assim, a qualidade de vida da comunidade. O projeto é de autoria da professora e foi aplicado numa universidade particular da capital sergipana.

No projeto, os alunos são capacitados em consultoria de RH e empregabilidade, depois divididos em equipes (consultoria em elaboração de currículo, consultoria em entrevista de emprego, consultoria em empreendedorismo através da abertura do Microempreendedor Individual (MEI), técnicas de dinâmica de emprego e consultoria em dúvidas trabalhistas). Então, cada equipe faz um planejamento e cria material de apoio para o seu serviço. A professora fica responsável em selecionar a comunidade, fechar uma escola na comunidade para a realização do evento e dar apoio às equipes.

"Ao participar do evento o jovem tem a oportunidade de ampliar sua empregabilidade, receber dicas de como se portar em uma entrevista de emprego, aprende a elaborar um currículo assertivo, além de sair com seu currículo impresso. Ainda, para os que têm interesse em abrir um negócio, há a possibilidade de tirar dúvidas do MEI e dicas de plano de negócios", completa a professora.

Com a pandemia a aplicação do projeto ficou prejudicada, pois tem sua função de estar presente nas comunidades. Porém, a professora conta que a ideia é colocar em prática a atividade no IFSC.  "Quando retornaram as atividades presenciais eu pretendo colocar em prática aqui no IFSC. Além do lado empreendedor, é um projeto que tem muito o lado social. O foco principal é contribuir com os jovens das comunidades.". O projeto premiado teve mais de 200 jovens atendidos.

"É uma sensação de que estou no caminho certo.  Estou muito feliz com esse resultado pois é importante essa valorização de nosso trabalho.  Esse incentivo faz a gente querer ser um profissional  cada vez melhor, finaliza a professora.

CÂMPUS LAGES INSTITUCIONAL

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.